O MUNDO ENCANTADO DOS DESENHOS ANIMADOS

Versão para impressão
Personagens dos desenhos animados

Ensina a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele. Provérbios 22:6

Os desenhos animados distraem e envolvem as crianças por longos períodos.
As histórias trazem filosofias no meio do entretenimento.
O desafio aos pais é “conhecer” o que está sendo ensinado às crianças. Conhecendo estes ensinos o dever é confrontá-los com os ensinos bíblicos.

(Peter Pan entra em cena, saltitando e cantando).
PETER PAN:   Eu sou o Peter Pan! Eu sou o Peter Pan!
Quem for como eu, não ficar velho não!
Eu sou o Peter Pan! Eu sou o Peter Pan!
Quem for como eu não ficará velho não!
Tudo bem, amiguinhos?
Vocês me conhecem, não é?
Não me conhecem?!
Ah, mas com certeza os papais e as mamães de vocês me conhecem!
Eu sou o Peter Pan! Eu sou um menino diferente dos outros!
Vocês sabiam que, além dessa roupa verde que eu tenho, outra coisa me faz um menino diferente dos outros!
Eu nuuuuuuuuunca fico velho! Pois é!
Eu não envelheço!
E quero convidar vocês a ficarem como eu!
Vocês querem ou não querem nunca envelhecer? Imagina, ficar criança para sempre.
Nós vamos ficar brincando até quando tivermos cinquenta, sessenta, setenta, cem anos de idade!
Que tal?
É, meus amiguinhos! Na maioria dos contos de fadas é assim.
Vocês vê tudo de bom nesses contos! É só se inspirar neles que  vocês vão ser umas pessoas felizes para sempre!
E olha que continua essa ideia, mesmo nos desenhos de hoje?
Querem ver?
Quem já viu Frozen aí?
Vocês gostam desse desenho?
Ah, claro que gostam!
Vou até cantar aquela música, e eu tenho certeza que todos vão cantar comigo, quer ver?
"Livre estou, livre estou, não posso mais segurar..."
(Todos começam a cantar a música, quando entra em cena a menininha do desenho Divertidamente.)
ALEGRIA:  Oooooooooiiii!!!!
PETER PAN:   Ei! Quem é você!
ALEGRIA:  Ué, Peter Pan? Não está me reconhecendo?
Você tem que se atualizar mais, hein?
Não é só o desenho da Frozen que é atual não.
Há outros desenhos fazendo sucesso por aí com a criançada!
Eu aposto que os nossos amiguinhos que estão me vendo me reconhecem.
PETER PAN:   Ah, agora eu estou reconhecendo. Esse vestidinho verde... Esse cabelinho azul...
Já sei! Você é a "Alegria" do desenho Divertidamente.
Um desenho bem lindinho que mostra o pensamento de uma adolescente. Acertei?
ALEGRIA:  Acertou, Peter Pan!  Cuidado, hein?! Você tem que se atualizar sempre, porque senão te passam pra trás!
PETER PAN:   Ô! Eu que sei! Tinker Bell está pra provar isso, pois agora a antigamente chamada Sininho passou a ser personagem principal!
A criançada nem mais fala de mim como antigamente!
ALEGRIA:  Pois é! Mas nós temos muito em comum, não é mesmo, Peter Pan?
Somos a alegria da garotada!
PETER PAN:   Isso aí! Afinal, qual criança que não gostaria de ficar criança pra sempre!
ALEGRIA:  Por isso temos que mostrar pra ela que a vida é...
PETER PAN e ALEGRIA:  SÓ ALEGRIA!!!!
PETER PAN:   Mas eu tenho algumas dúvidas sobre você, "Alegria"  do desenho Divertidamente.
ALEGRIA:  Ah é! Pois fique sabendo que eu também tenho dúvidas sobre se uma criança pode mesmo ficar sendo criança pra sempre, Peter Pan!
PETER PAN:   Ah, mas isso é explicado claramente no meu desenho. Não é como algumas coisas que tem no desenho animado que você faz parte que a gente não sabe o significado.
ALEGRIA:  Como por exemplo o que, Peter Pan?
PETER PAN:   Esse seu cabelo azul. Por que desse cabelo azul?
Você está querendo influenciar as meninas a pintarem cabelo de azul para estarem parecido com algum filme que passa alguma mensagem que está em desacordo com o que Deus ensina às crianças?
ALEGRIA:  Ah, isso eu não posso contar, Peter Pan!
Deixa elas pintarem o cabelo de azul, ué?
Elas não estão alegres assim?
O que importa é que elas estejam alegres. Além do mais... elas só vão saber a razão disso quando elas tiverem numa situação bem influenciada pelas mensagens dos nossos filmes.
Mas é só essa a dúvida?
PETER PAN:   Não. Tenho  mais uma dúvida. Eu queria saber porque você numa hora faz 'argh'! quando aparece um...
(De repente entra em cena um personagem com uma cabeça grande. É o MEGAMENTE).
MEGAMENTE:   Tcharãn!
PETER PAN:   Ai, meu Deus, que susto!
ALEGRIA:  Ôu! Assim você acaba com a minha alegria!
MEGAMENTE:   Ora,ora! Não estão me reconhecendo?
ALEGRIA:  Não! Mas que todo mundo que te conhece te reconhece de longe, disso eu tenho certeza!
PETER PAN:   Ah! Acho que eu estou te reconhecendo!
MEGAMENTE:   Então diga logo quem eu sou!
PETER PAN:   Você é um anti-herói que derrota, ou ao menos parece derrotar, um herói que anda sobre as águas numa cena, e em outra dar entender que morreu, mas que está vivo em algum lugar, como se estivesse sugerindo que ele se escondeu para dar lugar ao seu reinado!
MEGAMENTE:   Opa! Espera aí! Vai devagar, porque senão as crianças vão pensar que o meu desenho e o meu governo, que você chama de reinado, é uma propaganda do governo do anticristo.
PETER PAN:   Mas não é isso que tem no seu desenho animado, meu caro MEGAMENTE!
MEGAMENTE:   Puxa! Finalmente falou o meu nome! Ê Ô Ê Ô, Megamente é o terror!Ê Ô Ê Ô, Megamente é o terror!  
Estou aí na área! Para mostrar para meninada que todo o mal tem um pouco de bem, e que todo bem tem um pouco de mal!
ALEGRIA:  Mas será que isso é verdade?
MEGAMENTE:   Se é verdade eu não sei, mas, segundo a filosofia dos criadores do meu desenho, isso é uma boa.
PETER PAN:   "Filo" o que?
MEGAMENTE:   Filosofia! Estão vendo, meus amiguinhos! Fica vendo toda hora desenho animado e esquece de estudar.
PETER PAN:   Ah, Megamente! Eu não preciso ser tão cabeçudo! Você bem sabe que eu sou o Peter Pan, e não envelheço nunca. Por isso, não preciso ter preocupações tais como estudar, trabalhar etc. Não vou envelhecer mesmo. Mas tenho uma dúvida sobre você e seu desenho. Você pode me esclarecer?
ALEGRIA:  Peter Pan: o rei das dúvidas.
PETER PAN:   Ô alegria de cabelo azul. Pára de cansar a minha beleza, hein?!
Meu caro Megamente. Por acaso você veio do céu ou veio do espaço sideral.
No seu desenho, tanto o seu rival como você vieram do espaço.
Por acaso o criador do desenho animado que você faz parte queria dizer que vocês vieram do mesmo lugar, ou seja, do céu?
MEGAMENTE:   Olha aqui, seu Pede Pão!
PETER PAN:   (zangado) O meu nome é Peter Pan!
MEGAMENTE:   Isso! Peter Pan! Bom, isso não é assunto pra a gente tratar agora! As mensagens contidas nos desenhos que fazemos parte só irá fazer efeito depois!
ALEGRIA:  Foi isso que eu tentei explicar para essa criança boba!
PETER PAN:   Ei, quem é você pra chamar de bobo, sua alegria falsa.
MEGAMENTE:   Estão vendo, crianças. Um que se diz ser criança pra sempre agindo como um reclamão e duvidoso, e uma alegria que tem cabelo azul mais ridícula que nem parece alegria.
(Os três começam a discutir. Eis que entra em cena a Coelhinha Judy, do desenho Zootopia, fazendo a discussão parar. Ela entra saltitando).
JUDY:   Enquanto vocês ficam discutindo, estou aqui dando meus pulos para que em um só desenho possamos reunir  o máximo de personagens para a criançada ser influenciada de verdade pelos nossos valores que parecem tão fofinhos como eu. Não perco meu tempo com discussões bobas como vocês.
PETER PAN:   Mas você é uma coelhinha muito fofinha mesmo.
ALEGRIA:  (suspira) Ah... Essa coelhinha linda fez minha alegria voltar!
MEGAMENTE:   (intrigado) Mas ela tem uma personalidade muito forte!  E por que todos nós precisamos nos reunir num só lugar? Não somos todos personagens de desenhos diferentes?
PETER PAN:   Sabe que eu também não entendi porque que nós todos estamos nos encontrando!
ALEGRIA:  Novidade você não entender as coisas, Peter Pan, que estão acontecendo! Mas... está aí uma dúvida que eu também estou tendo que está acabando com minha alegria.
JUDY:   Só vocês que não entenderam!
PETER PAN:   Ora, coelhinha bonitinha! Então nos explique!
JUDY:   Então parem de discussões bobas e vamos nos unir! É só vocês pensarem! Todos os nossos desenhos estão formando os valores da criançada! Desde o seu tempo, caro Peter Pan!
PETER PAN:   (alegre) Ela me conhece!
JUDY:   Claro que eu te conheço! Sou uma policial! Uma policial investigativa! Tive investigando todos os desenhos animados!
Há muitos personagens para chegar nessa reunião que os autores de desenhos animados marcaram.
Estão pra chegar todos os personagens: desde a Branca de Neve até as irmãs do desenho Frozen.
Todos! Mas se ficar nessa desunião, o plano deles (e meu) não vai dar certo!
Se apenas com quatro personagens já está essa brigalhada toda!
PETER PAN:   Bom, coelhinha. E qual o plano? E qual é o seu nome mesmo?
JUDY:   Meu nome é Judy. Você deve ter visto no meu desenho Zootopia  e tudo que o autor deste desenho astutamente fez para confundir a cabeça da criançada, misturando alguns valores bons com ruins.
Ao mesmo tempo que o desenho fala de igualdade, que é um valor bom, ele mostra essa igualdade para fazer propaganda do gosto por uma vida de pecado.
Por exemplo: sugere que quem gosta de um tipo de droga aí não fica com problema de memória.
Mostra alguns animais que são machos agindo como fêmeas.
Sem contar que fica mostrando arco íris onde não é pra mostrar além de colocar como vilão uma ovelha para tentar mostrar que ovelha é um bicho falso.
PETER PAN:   Eu vi tudo isso. Mas essa camuflagem é a característica de todos os nossos desenhos!
ALEGRIA:  E isso tem que continuar para que alegria das crianças continuem!
MEGAMENTE:   Nem que seja uma alegria ridícula de cabelo azul como se o azul fosse a cor mais forte.
ALEGRIA:  Ora, Megamente! Você também tem a pele azul!
PETER PAN:   Chega dessa briga vocês dois! Vamos ouvir a proposta da Coelhinha Judy do Zootopia!
JUDY:   Então ouçam! Vocês sabiam que existem um grupo de adultos participativos na educação das crianças, adultos corajosos que não tem medo de quem quer proibir a total independência das crianças, que não deixam essas crianças sozinhas assistindo aos nossos desenhos livremente, fazendo o tempo todo comentários para explicar cada significdo escondido dos desenhos que nós estrelamos!
MEGAMENTE:   Existe um grupo que não deixa as crianças ver os desenhos livremente?
JUDY:   Claro que sim, seu Megamente! Ficou tanto tempo combatendo o Metro Man que não se atentou a isso!
Você não quer que seus rocks do seu desenho animado, mesmo que tenha letras do mal, entrem na cabeça da meninada sem o blá-blá-blá desses adultos chatos!
MEGAMENTE:   Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim! Nã-nã-nã-nã-nã-nã, é o Crazy Train!
JUDY:   Então! Vamos nos unir!
Vamos nos unir num só desenho e fazer com que os nossos nomes sejam, DE UMA VEZ SÓ E COM MUITO MAIS FORÇA, conhecidos na mente das crianças!
PETER PAN:   Que legal! Só assim as crianças serão de uma vez independentes dos adultos.
E finalmente serão como eu: crianças para sempre!
E nesse desenho, todas as crianças vão assistir, já que nele terão todos os personagens!
JUDY:   Todos não! Só os personagens que servem pra fazer lavagem cerebral nas crianças, com muito Liberalismo, muito Panteísmo, divertindo a mente para que ela fique uma megamente, como nós quatro!
ALEGRIA:  Ah, então eu também posso estar nesse plano, porque eu não sou uma alegria verdadeira!
Eu sou uma alegria de cabelo azul!
JUDY:   Claro que pode entrar!
E para começar esse plano, vamos fazer uma ciranda para chamar a atenção de todos os outros personagens que eu citei!
Vamos girar!
Girar e cantar bem alto, até que todos esses personagens se unam com a gente para que possamos nos reunir para a produção desse desenho!
MEGAMENTE:   E qual será o nome desse desenho?
JUDY:   O nome será: BABEL PARA CRIANÇAS!
PETER PAN, ALEGREIA e MEGAMENTE:   BABEL PARA CRIANÇAS!
JUDY:   Sim! BABEL PARA CRIANÇAS!
(Peter Pan, Alegria, Megamente e Judy cantam três vezes a seguinte paródia, com base na melodia da cantiga de roda "ciranda cirandinha":
CIRANDA, CIRANDINHA, VAMOS TODOS CIRANDAR, A BABEL PARA AS CRIANÇAS VAI MESMO ARREBENTAR!".
Os três estão cirandando de mãos dadas, até que entra um personagem, a saber,  Jesus Cristo, após a ciranda de fato "arrebentar", com cada um dos quatro personagens caindo).
JESUS CRISTO:   É.  Essa ciranda de fato arrebentou!
Vocês viram?
Cada personagem desses desenhos caiu.
Passou.
Mas uma coisa não passa.
A Palavra de Deus!
Esta não é desenho animado!
É a VERDADE! É a PALAVRA do meu e do seu PAI, que criou todas as coisas!
Só que pra deixar de ver desenhos animados?
Não! Mas é pra vê-los só depois de conhecer a Palavra do Papai do céu, pra vocês saberem o que é certo e o que é errado nesses desenhos!
Senão, vocês vão pensar que tudo que tem nesses desenhos, que são muito bem feitos, é certo!
Mas nem tudo é certo!
Pergunta só pro papai e pra mamãe!
Mas antes, fala para eles também conhecerem a bíblia, que é a Palavra de Deus!
E vamos orar para que os moços que fazem os desenhos também leiam e gostem de Deus, o nosso Papai do Céu.
Se eles gostarem, os desenhos que a gente gosta tanto, vão passar mensagens boas pra gente, e até cantarem assim.
(Peter Pan, Alegria, Megamente e Judy [que se levantaram], junto com Jesus, cantando outra paródia da música Ciranda Cirandinha, dessa vez com a seguinte letra):
TODOS:   CIRANDA, CIRANDINHA, VAMOS TODOS CIRANDAR, SEM ESQUECER DE LER A BÍBLIA PRA ENTÃO PODER OLHAR OS DESENHOS ANIMADOS DO CINEMA E DA TV. A MENSAGEM BOA EU QUERO E A RUIM VOU ESQUECER!

FIM

Glória a Deus

Idades: 
Diversos: 
nº de personagens: