BUÁÁÁÁÁÁ

Versão para impressão
Rabisco de um desenho de choro

Peça infantil que conta a história de um menino muito malvado. Só queria aprontar com os amiguinhos, quebrava brinquedos, roubava, machucava...
Ninguém mais queria brincar com ele. Com a intervenção da avó, ele pede desculpa, e ela é aceita.

No texto não tem as palavras, Deus, Jesus, Salvação... mas há lições de arrependimento e perdão.

Personagens: Caroquinha, Pirulitinha, Lolinha, Sapequinha, Vovó e Chiquim
CAROQUINHA – (Entrando) Buááááááááá!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Buáááááááá!!!!!!!!!!!!!!
PIRULITINHA – (Entrando com um enorme pirulito e percebe a Caroquinha chorando)
Caroquinha, porque você está chorando assim?
CAROQUINHA – É o Chiquim...
PIRULITINHA - E o que ele fez?
CAROQUINHA – Ele quebrou minha boneca...
PIRULITINHA – Não é possível, o Chiquim nunca muda! Que menino custoso!
LOLINHA – (Entrando) Buáááááááááááá!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
PIRULITINHA – Não é possível! O que aconteceu Lolinha?
LOLINHA – O Chiquim...
PIRULITINHA – O que o Chiquim aprontou dessa vez?
LOLINHA – (Chorando) Ele me deu um beliscão e saiu correndo!
CAROQUINHA – Lolinha, ele quebrou minha boneca!
LOLINHA – Esse moleque ta cada vez mais custoso!!!!!
PIRULITINHA – Precisamos fazer alguma coisa!
SAPEQUINHA – BU – BU –BU... (Todos olham prá ela... 2 segundos de silêncio) Buááááááááááááááááááááááááááááááááááá!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
PIRULITINHA – O que houve Sapequinha?
SAPEQUINHA – Foi o...
TODAS – Chiquim!!!!!!!!!!!!!!!!!!
SAPEQUINHA – Quem contou prá vocês? Ele amarrou o rabo do meu gatinho no cano de escapamento do fusca do vovô!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
CAROQUINHA – O que aconteceu com o gatinho?
SAPEQUINHA – Eu consegui salvar ele a tempo... quase que ele vira carne moída!
LOLINHA – Precisamos fazer alguma coisa, isso não pode ficar assim!
PIRULITINHA – Eu vou lá falar com ele. Ele vai me ouvir... (sai )
SAPEQUINHA – Tomara que a Pirulitinha consiga dar um jeito nesse menino custoso.
PIRULITINHA – (Voltando sem o pirulito) Buuuuuáááááááááá!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
CAROQUINHA – O que aconteceu?
PIRULITINHA – O Chiquim tomou meu pirulito!!!!
(Entra s vovó)
VOVÓ – Que choradeira é essa? O que está acontecendo?
PIRULITINHA – O Chiquim tomou meu pirulito vovó!
CAROQUINHA – Vovó, ele quebrou minha boneca!
LOLINHA – Ele me beliscou!
SAPEQUINHA – E o Chiquim quase matou o meu gatinho...
VOVÓ – Não fiquem assim minhas crianças. O Chiquim vai ter o que merece. A vida vai ensiná-lo muitas lições. O importante é que vocês são crianças lindas e felizes e nada vai tirar essa felicidade de vocês. E tem mais, amanhã é o Dia das Crianças e vocês vão se divertir muito!!!!!! Faz assim, vão lá no mercado e comprem novos pirulitos!
(As crianças saem fazendo festa e entra o Chiquim)
CHIQUIM – Oi vovó?
VOVÓ – Chiquim meu filho, você apareceu bem na hora, preciso de uma palavrinha com você!
CHIQUIM – Pode falar vovó...
VOVÓ – Meu filho, você está aprontando muito. Todas as crianças estão reclamando de você.
CHIQUIM – Eu não estou aprontando nada vovó, apenas faço brincadeiras.
VOVÓ – Brincadeiras? Da beliscões, roubar pirulito de sua amiguinha, quebrar a boneca e muito mais.
CHIQUIM – É demais, não é vovó?
VOVÓ – Olha Chiquim. Desse jeito, ninguém vai querer ser seu amigo. Vai acabar ficando sozinho.
CHIQUIM – (Balançando os ombros) Tô nem aí vovó. Eu quero mais é brincar.
VOVÓ – Lembra o que a vovó está dizendo. Vai acabar ficando sozinho.
CHIQUIM – Vovó, amanha eu vou ganhar uma bola bem linda! (Vão saindo)
Cena 2: O Dia da Criança
(As meninas entram em cena com brinquedos e felizes, depois o Chiquim com uma bola bem grande e bonita)
CHIQUIM – Oi, vejam a bola colorida que eu ganhei! Vamos brincar?
LOLINHA – Afaste-se do meu brinquedo!]
PIRULITINHA – Ele vai quebrar.
SAPEQUINHA – Não queremos brincar com você. Vamos embora !
CAROQUINHA – Prá bem longe desse menino custoso!
(Toca uma musica triste e o Chiquim fica sozinho no palco. Chega a vovó)
VOVÓ – Chiquim, que tristeza é essa? Hoje é o dia da Criança, vai se divertir!
CHIQUIM – Tenho um coração, de um menino maldoso. Só faço o que não é bom, e também sou preguiçoso. Gosto de mentir e estragar o que trago comigo. Mas agora estou só, não consigo ter amigos.
VOVÓ – Não foi por falta de aviso.
CHIQUIM – Ganhei essa bola colorida, mas ninguém quer brincar comigo.
VOVÓ – Meu filho, todos tem medo de você. Mas não fique assim. Você pode mudar essa situação.
CHIQUIM – Como vovó? Quero meus amiguinhos de volta.
VOVÓ – Que tal começar com um pedido de desculpas? É um bom começo!
(Entras as meninas felizes para mostrar seus brinquedos para a vovó)
VOVÓ – Meninas, tem alguém aqui querendo falar com vocês.
SAPEQUINHA – O Chiquim?
LOLINHA - Não queremos falar com ele!
PIRULITINHA – Ele é um menino muito mal.
VOVÓ – Ei, que tal ouvir o que ele tem prá dizer?
(Cruzam os braços e fazem cara de desprezo)
CHIQUIM – Eu queria pedir desculpas pelas minhas malvadezas. Eu não quero ficar sem vocês. Quero brincar de novo com vocês, é muito triste ficar sozinho. Eu estou arrependido. Me perdoe!
VOVÓ – Meninas, ele está reconhecendo que errou. Que tal nesse dia tão alegre perdoar seu amiguinho hem?
CAROQUINHA – Você promete que nunca mais vai fazer maldades com a gente?
CHIQUIM – (COM O DEDO CRUZADO NAS COSTAS) Prometo! Nunca mais vou fazer maldades!
(A vovó vê os dedos cruzados e puxa a orelha dele)
VOVÓ – Como é que é?
CHIQUIM – (descruza os dedos) Ai...ai! Eu prometo! Eu prometo!
(Se abraçam)
TODOS – (para o publico) Feliz Dias das Crianças!!!!!!!!
Escrita em 10/2008
 
Visite o blog do autor. Dicas e exercícios de teatro Baratas de Palco
 
Se montar esta peça, faça contato com o autor, diga-lhe como foram o trabalho e os resultados. Jaime Junior
Diversos: