O NASCIMENTO DE JESUS

Versão para impressão
O NASCIMENTO DE JESUS, no estábulo

Esta peça pode ser apresentada por crianças pequenas, cada pequeno ator sentirá a alegria da maravilhosa experiencia de atuar ainda mais recriando o ambiente da rica e enriquecedora história bíblica.

NARRADOR:     Naqueles tempos o Imperador Romano era Augusto. Augusto ordenou  um censo. Ele queria saber quantas pessoas faziam parte do seu Império.
SOLDADO ROMANO:   Todos os habitantes do império devem ir a cidade de origem de sua família para atualizar o cadastro no censo.
NARRADOR:   José e Maria começam uma grande viajem, partem de Nazaré e vão para Belém, que era a cidade dos ancestrais da família de José.
(Abre-se a cortina, aparece José caminhando ao lado de um burrinho que leva a Maria, montada, musica ao fundo Burrinho de Belém )
JOSÉ:   Maria, está muito cansada?
MARIA:    Sim, bastante cansada. É muuuuito grande esta estrada até Belém.
JOSÉ:  É… A noite está se aproximando, precisamos encontrar um local para descansar.
MARIA:    Veja, ali tem uma pousada. Vamos ver se tem local para passarmos a noite.
(Maria fica junto com o burrinho e José fala com o dono da pousada)
DONO DA POUSADA:    Boa noite
JOSÉ:   Boa noite. Gostaria de saber se tem algum lugar para passarmos a noite. Estamos há muito tempo viajando. O cansaço é extremo.
DONO DA POUSADA:    Desculpa. Não sobra nenhuma cama. Com o censo a cidade está cheia de viajantes que procuram locais para dormir.
JOSÉ:   Olha só, minha esposa está muito cansada e o nosso filho está por nascer.
DONO DA POUSADA:    Sinto muito. A pousada está cheia. Mas, se quiserem podem dormir no estábulo. É a única coisa que posso oferecer.
JOSÉ:   Obrigado, bom homem. Maria, já temos onde dormir.
(Caminham para o estábulo)
DONO DA POUSADA:    Não é grande coisa. Mas o calor do gado vai nos ajudar durante a noite.
(O Dono da Pousada sai, o burrinho fica junto com o gado)
JOSÉ:    Deite-se, Maria. Está sentindo frio?
MARIA:   Um pouquinho, José.
JOSÉ:    Vou colocar esta coberta em ti.
(Apaga-se a luz. Fundo musical “Noite de Paz”, suave) Noite de Paz

(Com uma vela)
NARRADOR:  Aconteceu que, enquanto estavam no estábulo chegou a hora do parto, para Maria.
Ali mesmoMaria deu a luz ao primogênito;  Maria o enrolou em panos e o deitou na mangedoura.
(Ouve-se “aleluia”)
(A luz se acende, aparece a entrada do estábulo, e um anjo carregando uma estrela)
JOSÉ:    Que bonito o nosso filho! Não acha Maria?
MARIA:   Sim, José. Me ajuda a cobri-lo que já está esfriando.
(Entram os pastores)
(Trilha sonora, musica sobre os pastores de Belém)
NARRADOR:   Perto do estábulo estavam alguns pastores que cuidavam seus rebanhos, e estavam quase congelando. Conforme eles contam, naquela noite um anjo se apresentou.
(Da lateral do palco surge um ânjo para falar com os pastores)
ANJO:   Não tenham medo. Estou lhes trazendo boas novas de grande alegria, que são para todo o povo:
Hoje, na cidade de Davi, lhes nasceu o Salvador que é Cristo, o Senhor.
Isto lhes servirá de sinal: encontrarão o bebê envolto em panos e deitado numa manjedoura.
(Surgem dois anjos das laterais)
ANJOS:    "Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens"
(Saem os anjos e ficam no fundo do palco enquanto se escuta a canção natalina “Cantam anjos harmonias”) Cantam Anjos Harmonias

PASTOR:   Vamos todos para Belém!?
PASTORES:    Sim, vamos logo!
PASTORA:   Esperem!  Eu quero levar um presente pra este menino.
Sim vamos levar nossos melhores presentes.


(Os pastores chegam no estábulo e colocam os presentes no chão debaixo da manjedoura)
(A estrela desliza e para sobre o estábulo)
NARRADOR:   Uns  reis que vieram do oriente, chegaram em Belém, seguindo uma estrela que os guiava.
(Aparecem Melquior, Gaspar e Baltasar)
MELQUIOR: Vejam, a estrela parou sobre essa estrebaria.
GASPAR:   Vamos nos aproximar.
BALTAZAR:    Sim, vamos.
(Ao chegar no estábulo, logo se ajoelham em frente do menino)
MELQUIOR:  Eu te ofereço ouro.
GASPAR:   Eu te trago incenso.
BALTASAR:    E eu te trago mirra.
MARIA e JOSÉ:   Muito obrigado por seus presentes
(Os Magos ficam de um lado do de um lado do estábulo)
(Os pastores cantam o hino natalino)
Fim

 

BURRINHO DE BELÉM (Burrito Sabanero)
Com meu burrinho vou andando
A caminho de Belém (bis)
Vem que vem, vem que vem,
A caminho de Belém. (bis)
O Sol que nasce amarelinho
Ilumina meu caminho (bis)
Vem que vem, vem que vem,
A caminho de Belém. (bis)
Na estrada vou cantando,
Meu burrico vai trotando. (bis)
Vem que vem, vem que vem,
A caminho de Belém. (bis)

(Ponte)
Tuc, tuc, tuc, tuc.
Tuc, tuc, tuc, tá!
Vamos nessa meu burrinho,
Pois não posso me atrasar.
Tuc, tuc, tuc, tuc.
Tuc, tuc, tuc, tá!
Vai depressa meu burrinho,
Vamos ver o bom Jesus.

 

NOITE DE PAZ
Harpa Cristã

Noite de paz, noite de amor;
Tudo dorme, em derredor!
Entre os astros que espargem a luz
Bela, indicando o menino Jesus,
Brilha a estrela da paz,
Brilha a estrela da paz.

Noite de paz, noite de amor;
Ouve o fiel pastor
Coros celestes que cantam a paz,
Que nesta noite sublime nos traz,
O nosso bom Redentor,
O nosso bom Redentor

Noite de paz, noite de amor;
Oh! Que belo resplendor
Paira no rosto do meigo Jesus!
E no presépio do mundo, a luz!
Astro de eterno fulgor,
Astro de eterno fulgor.


ESTRELA DA ALVA
Estrela da Alva,
Cristo Jesus,
Sol da Justiça,
Do dia a luz!
As densas trevas,
Vem dissipar,
E nossas almas Iluminas.

[2]
Dos mortos, vida,
E salvação
Dos que, contritos,
Buscam perdão;
Tu, que consolo
Aos tristes dás,
Vem, mesmo agora,
Vem dar-nos paz!

[3]
Ó Rei divino!
Supremo Deus!
Dono da terra,
Do mar e céus!
Vem o pecado
Já subjugar,
E, soberano,
Em nós reinar.

 

 


EIS DOS ANJOS, A HARMONIA


Eis dos anjos,a harmonia!
Cantam glória ao Rei Jesus.
Paz aos homens!Que alegria!
Paz com Deus em plena luz.

Ouçam,povos exultantes,
Ergam hinos triunfantes,
Aclamando o seu Senhor:
Nasce Cristo,o Redentor!

"Toda a Terra eos altos céus
Cantem sempre glória a Deus!"

Cristo,eternamente honrado,
Do seu trono se ausentou,
E entre nós foi humanado
Deus conosco se mostrou.

Que gloriosa divindade!
Que sublime humanidade!
Salve,glória de Israel,
Luz do mundo,Emanuel!

"Toda a Terra e os altos céus
Cantem sempre glória a Deus!"

Cante o povo resgatado
Glória à Deus,Senhor da paz
Pois,em Cristo revelado
Vida e luz ao mundo traz.

Nasce,a fim de renascermos,
Vive,para revivermos
Rei,profeta e salvador!
Louvem todos,o Senhor!

"Toda a Terra e os altos céus
Cantem sempre glória a Deus!"

 

 

Datas: 
Idades: 
Diversos: 
nº de personagens: