2011

UMA ESPERANÇA

ESPERANÇA - Teatro CristãoAs pessoas têm sonhos, expõem estes sonhos ao público em forma de pequenos monólogos.
O Diabo se apresenta para a plateia e espalha um ar de incerteza e dúvidas sobre os personagens sonhadores.
Jesus aparece para restabelecer a esperança

Estilos: 
Diversos: 

UM SORRISO EM CADA CORAÇÃO

DIA DAS MÃES - Teatro CristãoUM SORRISO EM CADA CORAÇÃO
Vitório, o personagem que conduz a ação, veste-se bem.
Sua camisa branca de mangas compridas mostra a sua elegância.
O cenário principal é um grande livro (mais de 2 metros de altura) de onde saem as cinco per­sonagens-flores.
Cinco fantasias imitando as flores que as crianças representarão; um carrinho de mão, de madeira.

Estilos: 
Diversos: 

O SEQUESTRO

O SEQUESTRO - Teatro CristãoO SEQUESTRO

Uma mãe cristã, viúva, tem a filha roubada por uma cigana.
No acampamento cigano ela é educada por outra cigana, esta que tenta seguir os ensinamentos Cristãos.
Muito tempo depois, a menina que fora roubada, sem saber vai pedir algum alimento na casa de sua mãe...

Durante todo o tempo os ensinamentos de sua mãe a acompanharam.

Estilos: 
Diversos: 

MÁSCARAS

MÁSCARAS - Teatro CristãoMÁSCARAS
Em uma igreja, as aparências eram de espiritualidade, respeito, santidade...

Mas um marginal tem um encontro com Cristo, muda de vida e...

A farsa da imagem de pureza “dos irmãos” começa a aparecer.

Quando este ex-marginal está se sentido enganado, quase perdendo as esperanças, os “crentes velhos” têm uma experiência com Deus.

Há outra peça com o mesmo nome MÁSCARAS

Há outra cujo nome é A MASCARA

Estilos: 
Diversos: 

CLAMOR

FAMÍLIA - Teatro CristãoUma família completamente abalada, a mãe é abandonada pelo marido, ela fica sem chão e procura esquecer seus problemas no álcool. Uma filha paralitica que não se conforma por não poder andar, um filho problemático que é dependente químico e outra filha que é fiel a Deus, e esta na casa de dEle, mas esta com sua fé abalada… E o inimigo irá colocar vários obstáculos para que ela desista de ver sua família Edificada!

Personagens:

Carmem “ mãe alcoólatra’’-
Júlia “filha evangélica’’ –
Sarah “ paralitica’’ –
Denize “ amiga da igreja de Júlia”-
Ricardo “ filho viciado em drogas’’-
Jorge “ marido’’-

Vídeo da montagem da peça CLAMOR

Estilos: 
Diversos: 

JESUS RESSUSCITOU

Jesus Ressuscitou - Teatro CristãoJESUS RESSUSCITOU
Esquete de páscoa. A menina que procura Jesus, e como no passado foram buscá-Lo no sepulcro, a menina O busca pela igreja. Como outrora, há decepção ao não encontrá-lo no primeiro momento, MAS o Senhor aparece.
É uma esquete super simples do Emílio Carlos, mas dá uma riqueza de mensagem e de interpretação....

Datas: 
Estilos: 
Idades: 
Diversos: 
Autores: 

A TURMA DO LOUVA-A-DEUS 2

A Turma do Louva-a-Deus - Teatro CristãoMais uma história que se passa no Jardim Terrinha, onde, insetos conversam entre si e com as crianças. História rica e divertida cheia de conceitos bíblicos, de relacionamentos, respeito, natureza e louvor a Deus.
A maioria dos personagens já são conhecidos da outra história(peça) A TURMA DO LOUVA-A-DEUS
Personagens: Ritinha Joaninha, Baratowsky, Fanho Gafanhoto, Besourico, Formiguto, Formiguenta, Formigalegre, Formigamiga, Louva-a-Deus, Esperança, Dedé Coleiro, Libeltone Tamanduá

JULGAMENTO PASCAL

Imagem Principal: 

Este julgamento é sobre a veracidade da ressurreição de Jesus Cristo, já lançam dúvida sobre Sua ressurreição desde que ela ocorreu. Nesta peça não se sabe como, mas estão presentes alguns personagens da época da crucificação de cristo e outros de hoje. Durante um julgamento, são ouvidos personagens da Bíblia que são questionados sobre a ressurreição de Jesus, uma pessoa da época atual também da seu testemunho sobre Jesus e como Ele age em sua vida, o Juiz pergunta aos jurados (público) se acreditam na ressurreição de Jesus, e o caso é encerrado.
Personagens: Juiz; Advogado; Salomé; Maria Madalena; Caifás; Pedro; Pessoa.
Tempo aproximado: 30 minutos

Datas: 
Temas: 
Diversos: 

DEUS É BEM BOM

DEUS É BEM BOM - Teatro CristãoDEUS É BEM BOM; Adaptação para o teatro da história dos pescadores e do Rei. Era um casal de pescadores que vivia repetindo que “Deus é bem bom”, de tanto ouvi-los repetir, as pessoas ficavam incomodadas.
Um dia o rei e um de seus empregados armaram uma cilada para o casal, deram-lhes uma joia com a ordem de guardá-la. Se não a guardassem seriam mortos. O empregado do rei espia, rouba, joga ao mar...

Tipo: peça em 8 cenas. Se você não tem um palco com cortinas divida a área da encenação em 3 partes: praia + casa dos pescadores (à direta), mercado (no centro) e palácio do Rei (à esquerda). Os personagens se movem pelos espaços de acordo com as cenas e assim, mesmo sem cenários é possível apresentar a história.
Personagens: 5. Narrador; Pescador (chinelo, camisa social quadriculada, short ou calça); Mulher (saia florida, blusa com mais flores e chapéu de palha); Rei (beca vermelha e coroa); Empregado (camisa, calça, botas e chapéu).

Estilos: 
Temas: 
Diversos: 
Autores: 

A MÃE DE TODOS OS DIAS

DIA DAS MÃES - Teatro CristãoPequeno relato de uma vida diária.

Uma mãe que cuida da casa, as filhas que não querem se envolver com as coisas da casa.

A mãe que se entristece com a incompreensão.

O desafio a mudança de atitude a partir do momento das homenagens.

Cenário: uma sala e uma cozinha

Personagens: Mãe e duas filhas(Daniela e Fernanda)
Objetivo: Mostrar ao filhos que não é só nos dia das mães que a mãe tem que ser amada.

Este texto está na web, com vários títulos diferentes, as vezes sem título nenhum...

Estilos: 
Diversos: 

O DISFARCE DE ANANIAS E SAFIRA

A MÁSCARAO Disfarce de Ananias e Safira

Ás vezes a máscara deixa de ser um mero adereço e passa a se tornar um símbolo de caráter enganoso.

Vemos isso nas histórias em quadrinhos a máscara não esconde somente a identidade, mas transforma a vida de quem a possui.

Os super-heróis as colocam e se transformam naquilo que não são na frente dos outros. A máscara é um modo de disfarce que não deixa as pessoas saberem quem somos nós (esconde a identidade).

Atualização do nome desta peça

Baseada no relato Bíblico de Atos 5: 1...

Há também duas peças cujo nome é 1ª MÁSCARAS e a 2ª MÁSCARAS

Estilos: 
Diversos: 
Autores: 

OVELHA FERIDA

Ovelha Ferida - Teatro CristãoLuiz tenta afogar as mágoas num bar.
Pastor de ovelhas(chama Luiz de ovelha) tenta levá-la ao rebanho.
Atriz, fantasiada de ovelha chega no bar, pois o carro quebrou, convida Luiz pra representar outra ovelha
Personagem fantasiado de Lobo vai ao bar beber e o convida para uma festa com emoções mais fortes...
Luiz pede socorro

TEXTO REGISTRADO no Escritório de Direito Autoral

SEM JESUS NÃO HÁ OUTRA SAÍDA

Sem JESUS não há Outra Saída! Teatro CristãoSem JESUS não há Outra Saída!
A família que tenta manter-se unida, pai desempregado, pai e mãe pedem ao filho que evite envolvimentos negativos...
Filho revoltado, explosões de violência gratuitas com os pais, causadas pelas drogas.
Envolvimento com traficante, paga o preço, os pais perderam.

(Qualquer semelhança com a vida real NÃO é mera coincidência)

Esta peça foi escrita a partir da Musica Naquela Sala, do grupo Ao Cubo

Dividimos as cenas no palco, com ajuda de luzes ficou muito legal...
Vários irmãos se emocionaram muito, principalmente as mães, pois essa peça mostra uma realidade absurda no mundo atual...

Estilos: 
Temas: 
Idades: 
Diversos: 

UMA NOITE

UMA NOITE(De Drogas e Violência) - Teatro CristãoO texto aborda a realidade dentro das favelas do Rio de Janeiro. Ou de qualquer outra cidade grande. Drogas, tráfico, violência e conversão.
A historia gira em torno dos preparativos para um grande baile funk que irá acontecer na comunidade. Todos os personagens estão envolvidos nesse acontecimento. A história mostrará a vida de cada um. Todos tem ligação com o tráfico de drogas e alguns são viciados.
Através da evangelização, alguns aceitaram a Cristo, outros morreram.
A peça tem 9 atos, porém na realidade são mostradas 3 situações. Antes do baile, durante o baile e após o baile. Cada uma dessas 3 cenas é mostrada 3 vezes, em 3 perspectivas diferentes, cujo foco em cada cena será alguém ou uma situação que estará acontecendo.

Estilos: 
Temas: 
Diversos: 

AVENTURAS DE UM NOVO CONVERTIDO

AVENTURAS DE UM NOVO CONVERTIDO - Teatro CristãoAVENTURAS DE UM NOVO CONVERTIDO


Um jovem (Carlos) que sentia desejo de estar mais perto de Deus, recebe um convite e vai a uma igreja.

Chegando lá não entende o “dialeto”, as palavras que ele conhece têm outros significados.

Eufóricos os irmãos o deixam Carlos tonto, derrubam-no, ao cair bate a cabaça e desmaia... Carlos foge de fininho da igreja...

TEXTO REGISTRADO no Escritório de Direito Autoral

HÁ LIBERDADE NA PRAÇA

HÁ LIBERDADE NA PRAÇADrogas, envolvimentos, violência, tráfico!

Disputa pela boca!

Zombaria com os crentes...

Carlos que estava envolvido com o ponto de tráfico e por conta disso quase foi morto, ouve falar de salvação e muda de vida...

Estilos: 
Diversos: 
Autores: 

QUANDO CRISTO VOLTAR

QUANDO CRISTO VOLTARO tema é controverso, há: pré milenistas; pós milenistas; milenistas e amilenistas(tem mais algum?). Pra tornar a peça mais polêmica, quase toda ela é o diálogo do "anjo da guarda", e seu protegido, mas a lição da peça é algo como "esteja preparado, tu não sabes que momento serás chamado".
A peça acontece em um sonho, digo pesadelo.
O Fabrício é o personagem central, que “acordou” depois de ter morrido e não acredita que morreu.
Descobre outras pessoas que morreram, algumas que se salvaram, outras não.
Pra complicar ele descobre que está entre os que morreram e estão condenados, eternamente. O desespero!
Como tudo era um sonho, seu sono está agitado e sua mãe o acorda.

Estilos: 
Diversos: 

SONHOS ROUBADOS

SONHOS ROUBADOS - Teatro CristãoO que é o sonho?

Qual a leitura que a Bíblia, a filosofia, a psicologia, a ciência, a mitologia grega e o próprio homem
fazem do sonho?

O texto dividido em 3 partes fala do sono, do sonhos e a realidade do despertar.

Na primeira parte traça um paralelo ao momento em que se está prestes a dormir, onde os pensamentos vêm a cabeça, se misturam gerando um caos que nos deixa inquietos. Na segunda parte, o
homem está confuso se está acordado, quando de fato dorme. Na 3o parte ele acorda e se dá conta

que sua vida não passa de sonhos não realizados e diante de tal tomada de consciência ele apresenta
seu questionamento final e é surpreendido pela resposta que a vida lhe dá.

Estilos: 
Diversos: 

Páginas