Textos de teatrais para desenvolver o teatro na igreja, peças de teatro evangélico.

O maior conteúdo gratuito para o teatro nas igrejas.


ESPERAR EM DEUS

Chegou um cara diferente na igreja.
As meninas estão ligadas, empolgadas... seria medo de ficar pra titia?
Personagens: Carla, Simone, Andréa, Fernanda, Márcia Sérgio, Luciano , Renato

CARLA: Márcia, você viu o rapaz novo que chegou na igreja ?
SIMONE: Ah, eu vi, é muito lindo né ? Ele se chama Luciano é primo do Sérgio, veio de SP pra morar aqui e chegou ontem e tem 23 anos. Ui... quanta benção tudo junto
CARLA: Ah é, como você é ligeira hein ?
MÁRCIA: só pra isso mesmo, porque quando o assunto é trabalhar para Deus você fica longe
CARLA: e você irmãzinha se não se preocupar com isto, vai morrer solteira com este papinho "eu vou esperar em Deus"
FERNANDA: Credo Carla, não fale assim com ela
CARLA: tá, tá, desculpa Márcia pela grosseria, mas as vezes parece que você vive em outro planeta
FERNANDA: acho que você é que está sendo a ET aqui, saiba esperar em Deus, não precisa ficar demonstrando o seu desespero.
SIMONE: Quem tá desesperada aqui ? Coitada... estamos sossegadas
MÁRCIA: mas vocês parecem urubus em cima de carniça, não dão tempo nem para o garoto chegar, já querem...
SIMONE: e você não ?
MÁRCIA: Não, prefiro esperar em Deus...
CARLA: mas nós estamos esperando também, tanto que Deus manda estas bençãos para os nossos olhos
SIMONE: É mesmo, a bíblia fala que não é bom que o homem viva só , então vamos fazer o que a Bíblia manda e eu já vou começando fazendo uma campanha, ele vai ser meu
FERNANDA: Misericórdia Simone, não é assim... você tem que orar e entregar nas mãos de Deus
CARLA: e você, sabe tão bem que está aí encalhada igual a nós.
FERNANDA: Pode até aparecer, mas quero que venha de Deus
MÁRCIA: Vamos Fernanda, nós temos que ir agora, senão não vai dar tempo de ligarmos para o Sérgio
SIMONE: hum hum Sérgio ? Sei... e dizem que estão esperando em Deus... é brincadeirinha
FERNANDA: Tchau
CARLA: e vem falar de nós ? E elas que vão atrás dos meninos... e também acho que esse rolo da Fernanda com o Sérgio é só "ficar", eles não assumem nada de uma vez
SIMONE: Hi, ali é fogo de palha, não dura muito... ele não tem nada haver com ela...
(Carla apontando pra quem está chegando)
Chega Luciano e Sérgio
SÉRGIO: paz, paz, tudo bem com vocês?
CARLA: (toda derretida) hã, hã,
SÉRGIO: Esse é o Luciano meu primo, ele veio morar em Curitiba
SIMONE: paz Luciano, seja bem-vindo em nossa cidade
CARLA: O que você está achando daqui?
LUCIANO: pelo pouco que vi a cidade é realmente bonita
SÉRGIO: Cadê a Fernanda?
CARLA: e você vai ficar na nossa igreja né?
(chega casal Andréia e Renato)
LUCIANO: ah sim...
Simone não se contendo de euforia
SIMONE: ai que benção pra nós...digo, pra igreja né?
Carla cochichando
CARLA: hiii olha quem está chegando
(se cumprimentam)
RENATO: Paz pessoal, tudo bem ?
SÉRGIO: tudo na paz, esse aqui é o meu primo de SP, veio morar pra cá, é uma benção na família, se formou em teologia e é um grande professor da escola dominical
SIMONE: que benção ui...
Andréia a repreendendo
ANDRÉIA: sossega irmãzinha...
RENATO: eu e a Andréia estamos indo dar uma passadinha na casa do Pr, vamos com nós?
SÉRGIO: Legal, vamos sim, será bom pra você cara (Luciano) conhecer o pr.
LUCIANO: é verdade, vamos sim. Garotas foi bom conhecer vocês
As duas: Igualmente
(se despedem)
CARLA: Misericórdia, que menina mais sem sal
SIMONE: Deus sabe que não é por mal, mas como é que o Renato lindo e maravilhoso foi namorar uma garota nojenta.
CARLA: Eu acho que ali não tem futuro, eles não tem nada haver um com o outro.
SIMONE: e tá sissi..
CARLA: sissi o o que??
SIMONE: Sissi achando horas, pensa que é mais perfeita
CARLA: Ai não, olha quem está chegando
SIMONE: Não acredito...
(Chega Fernanda e Márcia se cumprimentam)
SIMONE: (fingindo ser querida) Márcia você não ficou chateada com nós né? Eu fico com o coração pesado, só em pensar que você poderia ter ficado chateada.
MÁRCIA: Se eu não te conhecesse, eu poderia ficar...mas nem se preocupe , estou muito bem
FERNANDA: vocês viram o Sérgio passar por aqui ?
CARLA: Tá atrás de homem que feio...rs
MÁRCIA: Não é isso, é que estamos querendo organizar de ajudar os orfanatos e marcamos que deveríamos fazer uma reunião hoje...vocês não querem participar ?
SIMONE: Eu? Ah, não , acho que não é isso que Deus tem pra minha vida, 1º eu preciso me casar, aí sim eu oro e vejo o que Deus tem.
FERNANDA: Simone, cuidado com o que você está falando, lembre-se que em 1º lugar é Deus e as demais coisas serão acrescentadas. você nunca participa de nada, nunca quer se envolver com as coisas de Deus, só pensa em sair com o pessoal depois do culto.
MÁRCIA: Então Carla, quer nos ajudar ? nós vamos precisar de toda ajuda..
CARLA: Não, não obrigada.. nós temos outras coisas pra fazer
MÁRCIA: porque vocês não participam da obra, a igreja tem louvor, teatro, evangelismo tantas outras coisas, e você nunca querem. Sabe quando Deus enviará um namorado para vocês ?
SIMONE: Ah, eu sei, quando eu orar bastante...
FERNANDA: É correto você orar sim, mas desde que este seu pedido não se torne o centro da sua vida. Em João 9: 31 diz : sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém for temente a Deus, e fizer a sua vontade, a esse ele ouve., Deus deve ser o centro da sua vida. O pastor já nos ensinou tanto, e vocês fazem tudo ao contrário.
CARLA: tá, tá Fernanda, deu pra ser pastora, vai para um seminário...
SIMONE: e você tava procurando o Sérgio né? Então vai atrás dele, ele foi á pra casa do pastor.
MÁRCIA: Hum legal, vamos até lá, assim a gente já aproveita e conversamos com ele sobre as nossas ideias com o orfanato.
FERNANDA: É mesmo, paz meninas, tchau.. se mudarem de ideia falem comigo e pense no que falei.
(elas sai)
Carla (fala indignada): O que você fez???
SIMONE: O que foi ??
CARLA: Eles vão pra casa do pastor??
SIMONE: Tá e daí...
CARLA: Como e daí guria, você é devagar ou tá fazendo estágio pra ser.... o Luciano está lá e a Márcia vai conhecê-lo, aí você sabe como ela é, vai se fazer de santarrona pra atacar nele, antes de nós???
SIMONE: Ah Carla, nem tanto...
CARLA: Nem tanto....esse tipo de menina eu conheço de longe
SIMONE: É mesmo , você viu como aquela Fernanda fica atrás do Sérgio
CARLA: Ah não, você mesma já me falou que não gosta dele, que não suporta ele e agora está tendo ataca de ciúmes.
SIMONE: Eu ciúmes ?? Capaz....não quero nada com esses meninos da igreja, ui credo, eles são todos tão feinhos
CARLA: Hum me passou uma coisa pela minha cabeça
SIMONE: o que?
CARLA: Vamos pra casa do pastor, tenho que marcar território né ?
SIMONE: Ai Carla que mente que você tem ....vamos então...
(sai as duas)
Chega Luciano, Sérgio, Fernanda, Andréia e Renato, Márcia
ANDRÉIA: que bom que nos encontramos no caminho
RENATO: vocês iriam perder a viagem, o pr deixou um recado que fala com nós a noite
SÉRGIO: E o que vocês queriam com o pastor hein?
RENATO: Decidir a data do casório
FERNANDA: que benção, legal mesmo
MÁRCIA: e é pra quando?
ANDRÉIA: Estamos entre outubro/novembro
LUCIANO: Eu gostaria de me casar em dezembro, para aproveitar a época de férias
MÁRCIA: Eu também..
(os dois se entre olham)
FERNANDA: E você Sérgio?
SÉRGIO: O dia que você quiser
(pessoal tira um sarrinho)
FERNANDA: ai que vergonha Sérgio...
MÁRCIA: nós estávamos indo pra casa do pastor, porque estávamos pensando em ajudar um orfanato, dar uma assistência
LUCIANO: puxa que bom que vocês tem este trabalho, lá em SP nós ajudávamos casas para drogados.
RENATO: pois é, poderíamos fazer isto aqui hein ?
SÉRGIO: é mesmo, podemos ver um pessoal que quer ajudar e começamos já entre nós
Andréa: e para o orfanato vamos até lá e ver quais são as maiores necessidades deles.
MÁRCIA: é mesmo, podemos contar com a ajuda de vocês?
LUCIANO: claro com o maior prazer.
FERNANDA: e com a casa de recuperação vocês podem contar com a nossa ajuda.
RENATO: que benção, já somos um equipe então ?
SÉRGIO: com certeza, vamos combinar algumas coisas direitinho e conversar com o pastor
Andréa: ah, então que tal começarmos já, nosso podemos ir para algum lugar
LUCIANO: Hum, já que eu sou novo por aqui, que tal vocês me levarem pra comer pizza? Assim nós aproveitamos e começamos a conversa
SÉRGIO: mas que paulista folgado, a Márcia paga a sua
MÁRCIA: Porquê?
SÉRGIO: Claro, eu pago da Fernanda, e você faz as cortesias da casa...rs
LUCIANO: Não liga pra ele não, me mata de vergonha, agora , eu vou pagar pra você...
FERNANDA: então vamos
ANDRÉIA: é vamos
(todos sai)
VOZ: 2 anos depois
Carla e Simone entrando
CARLA: você não foi no culto Domingo e não ouviu o anunciado do casamento da Márcia com o Luciano
SIMONE: É bem que você falou uma vez que devíamos marcar território.
CARLA: Se bem que você for ver, ele não é tudo aquilo né?
SIMONE: É mesmo... tudo de bom é o Sérgio
CARLA: Burrona, olha a benção que você perdeu
SIMONE: que nada, Deus tem algo melhor ainda
CARLA: Pois é, acho que Ele escondeu de nós, ou tá vindo a pé do Japão.
SIMONE: ai não, japonês não...
(Os casais chegam de mãos-dadas, felizes)
CARLA: ui, olha como o Luciano tá feio
SIMONE: e o Sérgio e a Fernanda casaram...coitada vai sofrer tanto, eu é que sei o quanto ele já aprontou
LUCIANO: Já sabem da novidade ?
ANDRÉIA: qual?
MÁRCIA: O Sérgio será papai
RENATO: o irmão , que benção que Deus os abençoe muito
ANDRÉIA: que lindo... eu sou louca pra ser mãe, mas vamos esperar um pouco mais ainda
SÉRGIO: E só em pensar já dá uma alegria só em imaginar eu jogando bola com ele
FERNANDA: Opa, pode ser ela
SÉRGIO: é então, como eu estava falando: eu brincando de boneca com ela...rs
(eles vão saindo conversando)
CARLA: que bom que eles estão felizes, eu queria tanto...
SIMONE: mas Carla, nós temos seremos, eu creio nisso... e por falar nisso, vamos visitar umas igrejas novas, conhecer novas pessoas...novos gatinhos
CARLA: será? ...tá, então vamos, podemos fazer uma lista das igrejas e traçar um rota
SIMONE: é aí vamos começar com os bairros de letra A, B, C aí por adiante...
CARLA: é né, Água Verde, Batel, Champagnat
(elas vão saindo.... quando uma voz...)
CARLA E SIMONE
FILHAS MINHAS,.
PQ TANTO RANCOR E INVEJA EM SEUS CORAÇÕES? SEMPRE COLOCANDO A VONTADE DE VOCÊS EM CIMA DA MINHA, QUANTAS NOITES EU AS VI CHORANDO, SOFRENDO, MUITAS VEZES ACHANDO QUE EU AS TINHA ABANDONADO.... DEIXA EU CUIDAR DE VOCÊS, PORQUE NINGUÉM AS AMAM MAIS DO QUE EU, QUE DEI O MEU FILHO POR AMOR A VÓS, MAS VOCÊSS IGNORAM A MENSAGEM DA CRUZ...
Carla e Simone, já de joelhos se arrependem
CARLA: não Pai.... me perdoe
SIMONE: Pai, não nos abandone
QUERO VERDADEIROS ADORADORES, CORAÇÕES AQUENBRANTADOS QUE ME BUSQUEM EM PRIMEIRO LUGAR E NUNCA DUVIDEM QUE EU TENHO O MELHOR PARA VOCÊS, NÃO TURBE VOSSO CORAÇÃO, PORQUE É GRANDE A BENÇÃO QUE EU TENHO PARA VOSSAS VIDAS.
CARLA: obrigado Pai, nos perdoe porque não demos ouvidos a Ti.
SIMONE: é Carla, sem Deus nós não somos nada
CARLA: me sinto tão envergonhada. Me lembrei daquela passagem de Salmos: Esperei com paciência pelo Senhor, e ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor.
SIMONE: eu também me sinto envergonhada...mas vamos começar a busca mais a Deus, orar de verdade e procurar a servi-lo de verdade.
CARLA: é sim amiga, vamos começar já, vamos atrás da Márcia e da Fernanda pra dizer que queremos participar das atividades da igreja.
SIMONE: É vamos, como Deus é misericordioso, mas ainda bem que Ele ainda fala com nós e mostra o Seu propósito em nossas vidas.
(elas sai)
VOZ:
Rom12:2 E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.
Ef 6:6 não servindo somente à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus.
 
O site da autora está fora....

Datas
Diversos