Textos de teatrais para desenvolver o teatro na igreja, peças de teatro evangélico.

O maior conteúdo gratuito para o teatro nas igrejas.


CRUZ PESADA

Adaptação teatral da ilustração do personagem que estava insatisfeito e incomodado, com o peso e o tamanho da sua cruz. “esta cruz está muito pesada...” Ele era um cara esperto, resolveu seu problema, encurtou a cruz...
NARRADOR: E dizia a todos; Se alguém quer vir após mim, negue a si mesmo , e tome cada dia a sua cruz , e siga-me. Lucas 9.23
IRMÃ 1: Entra com sua cruz nos ombros cantando o coro do louvor RUDE CRUZ , canta uma vez no púlpito e sai cantando pelo corredor da igreja para fora.
IRMÃ 02: Entra com sua cruz e reclama: Esta cruz está muito pesada eu não aguento mais, vou cortar um pedaço para ficar mais leve. Senta no degrau do púlpito e corta, anda um pouco com a cruz e diz: continua pesada vou cortar mais um pedaço, e senta e corta mais um pedaço da cruz e sai pelo corredor.
Obs.: Essa cruz da pra fazer bem curta de madeira e aumentar o comprimento com papelão ou isopor para a irmã poder cortar.
NARRADOR: Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, pendê-la-á; mas qualquer que, por amor de mim, perder a sua vida, a salvará. Lucas 9.24
IRMÃ 03: Entra com sua cruz muito cansada e suando muito e quase não consegue andar e diz: Não aguento mais carregar está cruz está muito pesada eu preciso de ajuda.
Sai uma irmã da plateia e oferece ajuda, animando-a:
IRMÃ 04 : Eu te ajudo, não desanime, estamos juntas nesta caminhada e o Senhor vai nos dar força para continuar. E saem, as duas carregando a cruz.
NARRADOR: Vinde a mim todos que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Mateus 11.28.
IRMÃ 05: Entra com a sua cruz e diz: Estou desanimada e cansada de carregar está cruz pois está muito pesada, eu desisto dela.
E abandona sua cruz no púlpito e sai pelo corredor.
NARRADOR: E jesus lhe disse: Ninguém que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus. Lucas 9.62.
IRMÃ 06: Entra com a sua cruz e se ajoelha e ora pedindo ajuda para Deus dar força para carregar sua cruz. Oração espontânea.
Essa irmã não sai continua no púlpito.
NARRADOR: Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, por que eu sou o teu Deus; eu te esforço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça. Isaías 41.10
LIDER: (Para finalizar entra a líder,com uma fixa no peito escrito”líder”, olha para a cruz que a irmã abandonou e balança a cabeça com ar de desaprovação, pega a cruz e coloca em seus ombros, entram as irmãs cada uma com sua cruz para cantar o louvor.)
TODAS AS IRMÃS :As irmãs que estão na plateia se  posicionam no púlpito para cantarem o louvor
 
 
RUDE CRUZ.
 

A D A/C# E D/E A D/E E
Rude cruz se erigiu, dela o dia fugiu, como emblema de vergonha e dor
A D A/C# E D/E E D/E A
Mas contemplo essa cruz, porque nela Jesus deu a vida por mim pe—ca---dor.

CORO:

E D/E A D D A/C# Bm A
Sim eu amo a mensagem da cruz, te morrer eu a vou pro--cla--mar
A D Dm A E D A/C# Bm A
Levarei eu também minha cruz, te por uma coroa trocar

A D A/C# E D/E A D/E E
Desde a glória dos céus, o cordeiro de Deus ao calvário humilhante baixou
A D A/C# E D/E E D/E A
Essa cruz tem pra mim atrativos sem fim, porque nela Jesus me sal---vou

Coro
A D A/C# E D/E A D/E E
Nessa cruz padeceu e por mim já morreu, meu Jesus para dar-me perdão
A D A/C# E D/E E D/E A
E eu me alegro na cruz, dela vem graça e luz, para minha santi---fi--ca---ção

Coro
A D A/C# E D/E A D/E E
Eu aqui com Jesus, a vergonha da cruz quero sempre levar e sofrer
A D A/C# E D/E E D/E A
Cristo vem me buscar, e com Ele no lar uma parte da glória hei de ter

Coro  

Estilos
Diversos