Textos de teatrais para desenvolver o teatro na igreja, peças de teatro evangélico.

O maior conteúdo gratuito para o teatro nas igrejas.


COMO CUIDAR DO TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO?

COMO CUIDAR DO TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO?

Rafael tem buscado o Espírito Santo;

Ele quer que seu corpo seja de fato o templo do Espírito Santo;

Rafael não imaginava que era necessário um compromisso diário.

A peça mostra Rafael conversando com o Espírito Santo, e este mostrando as exigências para a habitação dEle.

De uma forma bem humorada são expostos alguns descuidos que temos com o “Templo do Espírito Santo”

 

(Rafael está olhando para o celular, até que Espírito Santo chega)

RAFAEL: Espírito Santo, que bom que você chegou!

Eu tava ansioso pela sua chegada.

Pode entrar, seja bem-vindo, este aqui é o meu corpo, tá?

ESPÍRITO SANTO: Com licença.

Pois muito bem, aqui estou, Rafael.

O que você queria falar comigo?

RAFAEL: Então, o Senhor sabe que já tem mais de 1 ano que eu aceitei Jesus né?

E aí nesses últimos dias eu andei pensando, e eu decidi que eu quero que você faça morada em mim, Espírito Santo.

Eu quero ser o seu templo, entendeu?

ESPÍRITO SANTO: Entendi, que bom que você tomou essa decisão.

Mas tem um porém.

RAFAEL: Porém?

Que porém é esse?

ESPÍRITO SANTO: O dever de cuidar do Templo é seu, eu vou apenas fazer morada.

RAFAEL: Ah sim, claro. Com certeza.

Mas... como seria esse cuidado?

ESPÍRITO SANTO: Você precisa zelar pelo templo, por dentro e por fora.

Tem que limpar, cuidar dele direitinho.

RAFAEL: Ah, com certeza, o senhor não precisa se preocupar com isso viu?

Eu sou muito limpinho, super organizado...

Vai dar certo.

ESPÍRITO SANTO: Tudo bem.

RAFAEL: Agora deixa eu terminar esse episódio dessa série que eu tô assistindo na Netflix.

É top, Espírito Santo.

Muito boa mesmo, sabe?

Eu já tô na 10ª temporada!

ESPÍRITO SANTO: É mesmo?

E quantos livros da Bíblia você já leu, Rafael?

RAFAEL: Ah, eu li a maioria... (pausa, olha para Espírito Santo)

Tá, eu li alguns... (pausa, olha para Espírito Santo)

Tá bom, eu comecei Gênesis e parei.

ESPÍRITO SANTO: Pois é, e já assistiu 10 temporadas dessa série né, Rafael?

Você deve achar ela bem mais interessante que a Bíblia.

RAFAEL: Que é isso, Espírito Santo, jamais!

Nunca que uma série criada por homens vai ser mais interessante pra mim que a Bíblia, que é inspirada por Deus, né?

ESPÍRITO SANTO: Pois me diz uma coisa, Rafael: quantos capítulos da Bíblia você leu hoje mesmo?

(pausa, RAFAEL abaixa a cabeça envergonhado)

RAFAEL: Nenhum.

ESPÍRITO SANTO: Nenhum né?

Hum, e quantos episódios dessa série você assistiu hoje?

RAFAEL: Esse é o 7º que eu assisto hoje...

Mas eu não vou assistir, vou ler a Bíblia.

(pega a Bíblia e começa a ler, Espírito Santo se aproxima e pega no ombro dele, orgulhoso)

RAFAEL: Ah! (fecha a Bíblia) Já sei, eu vou ler a Bíblia na pracinha, dar um passeio, ver umas pessoas, tomar um pouco de ar né, Espírito Santo?

Faz bem.

ESPÍRITO SANTO: É, pode ser.

RAFAEL: Isso, vou fazer assim.

(FELIPE entra com dois hambúrgueres na mão.)

FELIPE: E aí Rafael, olha o que eu trouxe pra ti, irmão!

RAFAEL: E aí Felipe, muito obrigado meu brother.

Você sabe que eu amo hambúrguer.

FELIPE: Eu sei, lembrei logo de ti.

O refrigerante tá ali, depois eu pego.

RAFAEL: Opa, bom demais um hambúrguer com uma coca-cola bem geladinha

(RAFAEL abre a boca para morder o hambúrguer)

ESPÍRITO SANTO: Rafael!

(RAFAEL para e olha)

Você não tinha se comprometido a parar de comer tanta besteira?

Você tem gastrite, lembra?

RAFAEL: Oh Espírito Santo, não me lembra de coisa ruim pelo amor de Deus, eu quero é esquecer que eu tenho isso.

ESPÍRITO SANTO: Mas você não pode esquecer.

Tem que cuidar do templo, lembra?

Você disse que ia comer só salada.

RAFAEL: Mas aqui tem salada, olha. Tem alface, tomate, a diferença é o pão, a carne, o queijo, que deve tá uma del...

(abre a boca pra comer)

ESPÍRITO SANTO: Rafael!

(RAFAEL para)

RAFAEL: Felipe, obrigado por ter trazido lanche pra mim, mas eu não vou poder comer esse hambúrguer.

FELIPE: Então tá, sobra mais pra mim. Tchau.

(FELIPE sai)

RAFAEL: Mas que morto de fome, o senhor tá vendo isso, Espírito Santo?

Isso é gula, glutonaria, tá repreendido.

ESPÍRITO SANTO: É, né.

Mas você tomou a decisão certa, Rafael.

Gostei de ver.

RAFAEL: Foi difícil, mas eu banquei.

Não tô dizendo que eu sei cuidar do templo?

Sou limpo.

Agora vou começar minha leitura da Bíblia, né?

ESPÍRITO SANTO: Isso, faz muito bem.

(JULIANA entra falando ao telefone, olha para Rafael)

JULIANA: Eu não acredito nisso!

E aí, sumido!

Quanto tempo hein, Rafinha?

RAFAEL: Eita, quanto tempo mesmo hein, Juliana?

JULIANA: Pois é, o que você anda fazendo da vida?

RAFAEL: Bom, tô fazendo faculdade, trabalhando, e servindo a Deus, né?

Indo pra igreja...

JULIANA: Gente, e essa Bíblia? (ri)

Eu não acredito que você ainda tá nessa de ser crente!

Ha, ha, ha, ha, ha... Rafinha, isso não combina com você.

RAFAEL: Você acha?

JULIANA: Acho sim. Por que você não vem comigo numa festa que vai ter aqui pertinho, lá a gente pode conversar melhor.

(se aproxima, pegando no ombro de Rafael)

E aí depois da festa, você pode ir lá pra casa, tô com tanta saudade...

RAFAEL: É, eu tô com saudade de você também.

JULIANA: Então você vem?

RAFAEL: Vou, toda hora. Vou...

(olha para ESPÍRITO SANTO)

vou... vou nada!

Não vou de jeito nenhum.

JULIANA: Como assim, não vai?

Você disse que tava com saudade de mim.

RAFAEL: Tô sim, mas acho que é melhor a gente matar a saudade se encontrando na igreja, o que você acha?

Tem culto domingo, se você quiser, pode ir lá.

JULIANA: Me poupe, né?

Não sei porque eu perdi meu tempo precioso falando com você.

(JULIANA sai)

RAFAEL: Meu Deus, a menina tava agorinha dizendo que tava com saudade de falar comigo e agora diz que perdeu tempo, como que pode isso né não, Espírito Santo?

Me chamou pra casa dela e tudo.

ESPÍRITO SANTO: Esses prazeres que ela quer são momentâneos, lembre-se de cuidar do templo. Essa moça não é pra você, espera em Deus que a mulher certa vai aparecer.

RAFAEL: É né? (pausa) Mas não vai demorar muito não né?

O senhor sabe como é, a idade chega, o cabelo cai... é difícil.

ESPÍRITO SANTO: Espera, Rafael. Espera.

(LÁZARO entra, correndo)

RAFAEL: Ei, Lázaro! Lázaro! (Lázaro olha)

LÁZARO: E aí rapaz, paz do Senhor Rafael.

RAFAEL: Paz do Senhor meu amigo.

Tu não para não, hein?

Não sei como tu consegue fazer essas corridas, eu dou uma corridinha e já canso.

LÁZARO: Ah, no começo eu era assim também.

Mas eu decidi ter uma vida mais saudável, né?

Agora eu corro todo dia.

RAFAEL: É mesmo?

Coragem viu, irmão. Pois boa corrida pra você.

LÁZARO: Bora correr junto comigo.

Hoje eu vou correr só 3 km, meu dia foi bem cansativo.

RAFAEL: 3 km?

Rapaz, seria uma honra te acompanhar, mas eu tenho tanta coisa pra fazer, sabe?

Tenho trabalho da faculdade, serviço pra fazer em casa... ih moço, tô lotado!

Vou já pra casa cuidar nesses afazeres.

ESPÍRITO SANTO: Eu não acredito que você tá mentindo, Rafael!

RAFAEL: Espírito Santo, mas é verdade, eu tenho muito trabalho pra fazer.

ESPÍRITO SANTO: Tem alguns, mas você pode muito bem administrar melhor seu tempo e incluir a prática de exercícios.

Tem que cuidar do templo, lembra?

RAFAEL: Lembro.

Lembro sim, eu vou correr com certeza.

Tô aqui no pique (dá uns pulinhos)

Tô no pique, vou correr é 10 km, o Lázaro vai cansar e eu vou dizer:

Tá cansado já?

Marrapaz.

Lázaro, daqui a meia horinha passa lá em casa que eu vou contigo, tô animado.

Vou correr demais hoje, tu vai ver.

LÁZARO: Aí sim hein, pois então eu passo lá pra gente ir.

Tu vai gostar. Tchau, paz do Senhor

RAFAEL: Paz do Senhor!

(LÁZARO sai, correndo)

Rum, “Vou gostar”.

É ruim hein, até parece que eu vou gostar, eu vou... (olha para ESPÍRITO SANTO) amar.

Eu vou amar, e vou fazer todo dia, tô no pique, ó. Já tô aqui me alongando, vai dar é certo.

ESPÍRITO SANTO: Gostei de ver, Rafael.

Parece que você sabe mesmo como cuidar do templo.

RAFAEL: Sei, com certeza, vou dar orgulho pra você, Espírito Santo.

Você vai ver.

Agora deixa eu ler a Bíblia, né.

(ÂNGELA entra, grita de longe)

ÂNGELA: Rafael amigo!

RAFAEL: Ângela! (fala baixinho) Essa aí é fofoqueira que só vendo, Espírito Santo!

Fala mal da vida de todo mundo, mas eu vou cortar ela logo na hora que ela vier falar de alguém.

ESPÍRITO SANTO: É o melhor que você faz mesmo.

(Ângela se aproxima)

ÂNGELA: Rafael menino, quanto tempo! (abraça) e as novidades?

RAFAEL: Novidade?

Tá tudo igual!

Minha vida, a vida de todo mundo que eu conheço tá igual também, na santa paz.

ÂNGELA: Menino pois deixa eu te contar.

Acredita que a dona Salomé traiu o marido dela?

RAFAEL: Mentira!

O seu Manelzin? (os dois se sentam)

ÂNGELA: Ele mesmo! Aquela mulher dele nunca foi flor que se cheire, viu?

Criticava todo mundo, pagava de santa, mas de santa ela nunca teve nada.

RAFAEL: Ah mas eu avisei muito o marido dela.

Seu Manelzin, abre teu olho!

Abre teu olho, que essa tua mulher não é o que o senhor pensa não.

Ela anda pra cima e pra baixo com o Ricardão, e... (olha pra ESPÍRITO SANTO) e eu não tenho nada a ver com a vida deles, entendeu?

(se levantando)

Eles que se resolvam, eu não sou ninguém pra julgar.

ÂNGELA: Pera aí, mas tu nem terminou de contar o que tu falou pro seu Manelzin.

RAFAEL: Nem vou contar.

Eu hein, Ângela.

Que interesse é esse na vida do seu Manelzin e da dona Salomé?

ÂNGELA: Eu?

Imagina, não tenho nada a ver com a vida deles.

Tu me conhece né, Rafael?

Eu detesto fuxico.

RAFAEL: É né?

Eu percebi.

ÂNGELA: Pois deixa eu ir.

Mas vê se aparece mais hein?

(abraça)

Tchau.

RAFAEL: Tá bom, tchau. (ÂNGELA sai)

Tá vendo que mulher fuxiqueira, Espírito Santo?

Deus me livre, tá repreendido!

ESPÍRITO SANTO: Mas você parece que tava bem interessado na novidade dela.

RAFAEL: Nam. Quero saber é da minha vida, a dos outros não me interessa.

ESPÍRITO SANTO: Pois é, você correu o risco de se envolver em confusão e sujar seu nome perante as pessoas, e isso com certeza não ajudaria nem um pouco na limpeza do seu templo, né?

RAFAEL: Verdade, Espírito Santo. Não vou mais dar espaço pra fofoca na minha vida, eu vou é ler a Bíblia que eu ganho mais. (CHARLES entra) CHARLES: Mas esse não é o Rafinha!

RAFAEL: Charles meu amigo, quanto tempo! (se abraçam)

CHARLES: Pois é sio, tava morando na capital. Voltei pra cá tem um mês.

RAFAEL: Pois seja bem-vindo de volta. Tu tá diferente demais, cortou o cabelo, tá mais magro...

CHARLES: Pois é, eu mudei muito mesmo. Olha a tatuagem que eu fiz.

RAFAEL: O quê que é isso aí? É um dragão?

CHARLES: É, eu achei dahora. Tu gostou?

RAFAEL: Rapaz, eu acho que eu faria uma frase, né?

Desenho eu não faria, mas de repente um: Deus é fiel. Né não, Espírito Santo?

ESPÍRITO SANTO: É não. Você vai pichar o seu templo, Rafael?

RAFAEL: Mas é uma frase pra Deus... pessoas podem ser evangelizadas só em ler minha tatuagem...

ESPÍRITO SANTO: Nesse caso, fale do amor de Deus pra elas.

Você não precisa rabiscar o seu corpo pra fazer o Ide de Jesus.

Lembre-se que seu corpo é o meu templo e minha morada, e eu não vou querer a minha casa toda rabiscada.

RAFAEL: É, o senhor tá certo. Quer saber, Charles?

Não vou fazer tatuagem não, mas tenho uma coisa pra te dizer: Jesus te ama e eu também, vamos domingo pro culto, tu vai gostar.

Tem louvores maravilhosos e uma palavra poderosa.

CHARLES: Pode deixar que eu apareço lá mano.

Agora vou indo nessa.

RAFAEL: Beleza. Falou.

CHARLES: Falou. (sai)

RAFAEL: É, eu achei que fosse fácil cuidar da sua casa, mas dá um trabalhão viu?

ESPÍRITO SANTO: Não é fácil servir a Deus, porque o mundo tenta a todo custo atrair mais e mais pessoas para ele.

E cuidar do seu próprio corpo não só é importante, como é Bíblico, pois Deus te deu saúde para que ela seja preservada por você mesmo.

É importante cuidar de todas as obras que Deus fez, inclusive você mesmo.

RAFAEL: Isso é verdade.

Eu vou cuidar do meu corpo, Espírito Santo. Deixar ele limpo e aconchegante pra você fazer morada.

ESPÍRITO SANTO: Faça isso. E termina sua leitura Bíblica, tem que ser pelo menos 10 capítulos, bora.

Já, já você vai correr.

RAFAEL: Vou? (ESPÍRITO SANTO olha para ele) Vou.

[Sugestão de final: Alguém ou um coral canta uma música que fale sobre sermos templo do Espírito Santo.]

Insta: mateus.benhur

Face: mateus.benhur