Textos de teatrais para desenvolver o teatro na igreja, peças de teatro evangélico.

O maior conteúdo gratuito para o teatro nas igrejas.


Silvio K. Nakano

O TELEFONEMA

Telefone antigo

Ed está apaixonado, a garota é Anabella.
Anabella é do tipo “a fila anda” e como anda,
Ed, ignorando o histórico da gata, nutre -por ela- esperanças de amor verdadeiro, sincero e eterno. Ah, e tá a todo momento pedindo a Deus que a dê como namorada.
O narrador ora torna a história cômica, ora parece ser a consciência...
Ed vacila com outra menina...
 

 

Datas
Estilos
Diversos

A PONTE

Imagem Principal
Homem ameaçando se jogar da ponte

Diálogo entre um suicida e um cristão que estavam diante de um rio para, respectivamente, se atirar com uma pedra amarrada ao tornozelo e pescar tilápias.Trata-se de uma admoestação contra a opção pelo suicídio como solução e/ou fuga dos problemas, num paralelo contemporâneo com a exortação de Paulo ao carcereiro que queria por fim à sua vida por se deparar com um problema aparentemente insolúvel (At 16:27-28).A peça mostra que há uma alternativa sensata para estes problemas quando damos as nossas cargas para que Jesus as leve. 

Estilos
Temas
Diversos

ESPELHO, ESPELHO MEU

O encontro de uma mulher com sua própria imagem, a imagem real, sem falsidades.
A mulher conversa com sua imagem, com isso são expostas algumas coisas que ela havia feito questão de esquecer.
A vergonha do confronto da “imagem vendida” com a real.
 
PERSONAGENS: MULHER-VAIDOSA, IMAGEM-DA-MULHER-VAIDOSA, ESPOSO 
 
CENÁRIO: Todo escuro. O fundo deverá ser coberto por um plano preto. No centro há a necessidade de haver uma armação grande de um espelho. É através de um truque de luzes que aparecerá e sumirá a imagem do personagem que está em cena.

Estilos
Diversos

ESPÍRITOS EM AÇÃO

Reunião no inferno, 4 demônios reunidos, conversam sobre as estrategias para destruir as vidas.
Relatório das vitórias demoníacas e as dificuldades enfrentadas para destruir vidas.
 
PERSONAGENS: CAPETA-CHEFE, CAPETA I, CAPETA II, CAPETA-DEVORADOR
CENÁRIO: Inferno. Um lugar sombrio, de pouca luminosidade. Se possível, o ambiente é iluminado apenas por tochas. A queima do combustível poderá produzir um cheiro desagradável, mas o objetivo é esse mesmo: o público deverá até mesmo sentir o cheiro do inferno.

Estilos
Diversos
Inscrever-se em Silvio K. Nakano