XADREZ

Versão para impressão
Tabuleiro de xadrez

Você já imaginou uma cena assim? Jesus e o Diabo frente a frente, e entre eles um tabuleiro de xadrez? Pois a autora desta peça imaginou. Jesus convida o Inimigo para uma partida, e ele aceita. Eles conversam bastante entre uma jogada e outra...

É uma comédia, Jesus vence(também no xadrez).

Personagens

Jesus

O inimigo

JESUS ESTÁ EM CENA, SENTADO COM UM TABULEIRO DE XADREZ NA SUA FRENTE.
O INIMIGO ENTRA EM CENA.
INIMIGO: Mas o que é isso aqui?
JESUS: Um tabuleiro de xadrez. Quer jogar uma partidinha?
INIMIGO: Com você?
JESUS: Ora, ora, com quem mais? Está vendo mais alguém por aqui?
INIMIGO: Eu diria que é um tanto inapropriado... De que adianta jogar com você se eu já sei que vou perder?
JESUS: Mas que pessimismo... Teve um dia ruim?
INIMIGO: Que graça!
JESUS: Eu te dou vantagem. Só começo a comer as suas peças, depois de perder 3 minhas. Vem...
INIMIGO: E eu tenho alternativa? Só me resta lhe obedecer.
JESUS: Ah por favor! Leve na esportiva!
INIMIGO: Fácil falar quando se é você!
JESUS: Você começa, você está com as brancas.
INIMIGO: Sim senhor.
JESUS: E o que andas aprontando hein?
INIMIGO: Até parece que tu não sabes...
JESUS: Saber eu sei, mas queria ouvir de você. Conta!
INIMIGO: (come um pião e faz força no tabuleiro) Comi o primeiro pião.
JESUS: Ei, não precisa quebrar o tabuleiro! Cuidado com as peças esse xadrez é de meu pai, ele ficaria furioso contigo se você estragar alguma coisa.
INIMIGO: Muito engraçado...
JESUS: Foi só pra descontrair.
INIMIGO: Você fala demais.
JESUS: É eu tenho essa tendência. Dizem por aí que sou um excelente orador.
INIMIGO: E se desconcentra. Viu? Comi outro pião.
JESUS: Ah!!! Mas eu já sabia que isso ia acontecer!
INIMIGO: Ta vendo? Assim não vale!
JESUS: Ora, meu caro eu sou o filho do Homem, esqueceu?
INIMIGO: Então nunca será uma partida justa!
JESUS: tem certeza que quer falar em justiça... agora?
INIMIGO: Ta bom esquece!
JESUS: Esquecido!
INIMIGO: Mais uma peça. Perdeste mais um pião.
JESUS: Repare, você já comeu 3 peças, agora eu vou começar a jogar pra valer. Perfeito... Tomada enpassant. Agora você perdeu um pião.
INIMIGO: Ah é? Então que comece a guerra...
JESUS: Não há guerra. Xadrez é estratégia!
INIMIGO: Estratégia de guerra.
JESUS: Não travo batalhas com você. Não mais, né! Me poupe!
INIMIGO: Ah... Mas o teu povo adora te ver envolvido em batalhas espirituais comigo. Eles querem ver o herói deles lutando por eles.
JESUS: Você já foi vencido! Eu já venci essa batalha há muito tempo...
INIMIGO: Mas saiba, primogênito, eles adoram quando eu e você partimos pro “vale-tudo”. Eles gostam!
JESUS: A interminável luta entre o bem e o mal.
INIMIGO: Faz bem pra minha reputação.
JESUS: Eu sei... Duelos espetaculares entre nós dois.
INIMIGO: É... É preciso se ter um grande adversário como você para que eu possa considerado alguma coisa...
JESUS: É agora você disse uma verdade.
INIMIGO: Não é qualquer um que consegue ser reconhecido como seu inimigo. Agora perdeu um bispo!
JESUS: De qual denominação?
INIMIGO: Que te deu hoje que o senso de humor ta afiado?
JESUS: Você sabe como eu sou, eu perco um amigo, mas não perco a piada. No seu caso, um inimigo. (ri) Mas saiba que foi necessário o sacrifício deste bispo.
INIMIGO: Ai ai... Nem sei por que aceitei jogar com você.
JESUS: Zugzwang! Agora você esta obrigado nessa jogada a jogar e será prejudicado. O cavalo é meu. (ri)
INIMIGO: Fique com ele. Eu não gosto de animais mesmo.
JESUS: Não gosta de nada que eu criei.
INIMIGO: Nem eu e nem os humanos. Eles têm destruído tudo. Destroem a natureza, destroem suas próprias vidas e a vida dos outros. Sinceramente não entendo como você os ama.
JESUS: Você esqueceu o significado da palavra amar. Amar exige sacrificar. Significa perder para ganhar. Como farei agora com este pião. Mais um sacrifício. O pião dará sua vida para salvar o Rei. Assim
INIMIGO: Essa conversa me dá alergia.
JESUS: Preste atenção aos detalhes táticos. Agora foi você que perdeu a torre.
INIMIGO: Não entendo... Porque você me convidou pra jogar xadrez?
JESUS: Porque eu sou gentil.
INIMIGO: Sei... Gentil! E eu sou teimoso e compulsivo, já vais dizer.
JESUS: Orelha de burro!
INIMIGO: Orelha de burro?
JESUS: Sim... o que você acabou de fazer, uma jogada lateral desnecessária.
JESUS: E preste mais atenção no jogo, não precisa me dar vantagens só porque eu sou o Filho de Deus. Jogue pra valer homem!
INIMIGO: Eu estou jogando pra valer!
JESUS: Não parece.
INIMIGO: Este jogo me lembra a luta entre o bem e o mal... Já reparou como eles retratam você e eu?
JESUS: Sim, infelizmente eu já reparei.
INIMIGO: Pois é. Eu sempre sou mais forte que você! Eu sempre apareço ameaçando, gritando, maldizendo, imperando e sempre no comando da situação... todo poderoso! (ri)
JESUS: (ri) Ah eu sei... Humanos gostam mesmo é de ver os vilões triunfando em cena. É natural do ser humano!
INIMIGO: Mas sempre me dou mal no final. De que adianta?
JESUS: Não é pra menos, né? Você não pode fugir do seu destino! Da sua cena final!
INIMIGO: Que cena final?
JESUS: A do Lago de fogo e enxofre! É a sua cena final.
INIMIGO: Obrigada por me lembrar.
JESUS: Mas e eu? Já parou pra pensar como eles me retratam? Nos filmes e principalmente nas peças teatrais, eu sou aquele, quase figurante, que entra nos minutinhos finais e ganha a briga contigo sem fazer esforço.
INIMIGO: Então... Está reclamando do que?
JESUS: Reclamando? Eu sou o coitado que sempre leva chicotadas e carrega uma cruz. Venho levando chicotadas há séculos! Séculos! Chega né?
INIMIGO: (ri)
JESUS: Queria que eles me mostrassem como eu realmente sou. Não sou este pobre coitado. É chato ser rotulado desse jeito!
INIMIGO: Eu que o diga.
JESUS: Você fez por merecer. Você mudou!
INIMIGO: E você me expulsou de lá.
JESUS: Ora o que você queria? Pensamos em te mandar pra marte... Se você quiser... ainda há tempo...
INIMIGO: Quanto sarcasmo! Não obrigada.
JESUS: Se você quer assim... Ataque duplo.
INIMIGO: Droga!
JESUS: Opa olha a boca suja!
INIMIGO: Olha, prefiro ficar aqui mesmo na terra. Com toda a minha riqueza, meus seguidores, minha autoridade, poder... meu jardim.
JESUS: Meu caro, o inimigo não tem jardim. O inimigo não tem nada.
INIMIGO: humpt!
JESUS: Xeque. Xeque-mate!
INIMIGO: Eu sabia!
JESUS: E ainda assim teimou jogar.... Quanta caturrice!
INIMIGO: Você! Você!
JESUS: (faz um passe de mágica e aparece um nariz de palhaço na mão de Jesus e ele coloca no nariz do inimigo) Otário!
 
Texto que faz parte da coleção O ÚLTIMO ATO/ Luiza Regina Reis  download aqui São 5 EBooks(peças e roteiros pra cinema)
A Luiza é autora do site Arena de Cristo

 

Estilos: 
Diversos: