VOCÊ FARIA O MESMO?

Emoji, triste com máscara - VOCÊ FARIA O MESMO? - Teatro Cristão

VOCÊ FARIA O MESMO?
Foi baseado nesta história que foi feito o filme QUE AMOR É ESSE
A história de uma mãe, que como Deus, dá seu filho para poder salvar a humanidade, bem emocionante…
Uma PANDEMIA de uma doença misteriosa ataca toda a humanidade, que leva todos(um por um) à morte.
Foi feita uma descoberta que um sangue puro(não contaminado) seria a única forma de reverter a situação das pessoas já contaminadas.
Somente uma criança tinha este sangue puro...

(Duas pessoas se encontram e começam a conversar)
ANA:   Olá amiga, quanto tempo?
ROSA:   Nossa nem me fala... Faz um tempo que a gente não se via.
ANA:   Pois é, hoje em dia as pessoas não têm tempo pra nada.
ROSA:   Tudo bem com você?
ANA:   Comigo esta né... mas não sei até quanto tempo...
ROSA:   Como assim.
ANA:   Você não esta sabendo da tal doença que está matando no mundo inteiro?
ROSA:   Não, o que está acontecendo?
(Pessoas vão se aproximando, formando uma multidão)
ANA:   Uma doença terrível está matando muitas pessoas em todo o canto do mundo...
MARIA:   Então é verdade????
PEDRO:   Meu Deus...
ANA:   É, e parece que ainda não descobriram nada sobre essa tal doença.
JOÃO:   O que faremos para não contrair essa doença?
ANA:   Ninguém sabe...
MARIA:   Meu Deus do céu! Será o fim do mundo???

(Apaga as Luzes)
(*Mesa, 2 cadeiras, radio velho, santa e um pedaço de pão...)
MARIA:   Oh, Minha nossa senhora, peço encarecidamente, que nada de ruim aconteça com minha família, faça com que encontrem a cura para essa doença que está matando no todo mundo, Amém.
FILHO:   Mamãe, eu to com fome...
MARIA:   Olhe meu filhinho, não temos muito o quê comer, a situação está difícil, mais tudo irá melhorar.
Pode comer todo esse pão, a mamãe não quer comer...
A mamãe te ama tanto, não sei o que seria da minha vida sem você...

(* Mulher levanta e liga o rádio...)
SOM DO RÁDIO:    Informativo de ultima hora.
Voltamos direto do núcleo de pesquisas médicas, para dar as últimas notícias sobre a terrível doença que abalou e infectou o mundo inteiro.
Já não se há mais números exatos sobre as mortes, se sabe que ultrapassa de 3 milhões de pessoas por todo o mundo......
E atenção, conseguiram decifrar o código de DNA do vírus.
É possível fabricar o antídoto!
Mas para isso, é preciso conseguir sangue de alguém que não tenha sido infectado e tenha sangue limpo.
Todos devem ir aos hospitais fazer exames, o mais breve possível.
Em breve voltaremos com mais informações dessa terrível doença que nunca se ouviu falar até os dias de hoje.
MARIA:   Graças a Deus, espero que tudo se resolva. Vamos meu filhinho, vamos ao hospital fazer os exames.

(Apaga as luzes e tira o cenário)
MÉDICO:   Olá Maria! Como vai?
MARIA:   Nós vamos bem, né meu filho, como você vê, ele está lindo, forte, saudável...
MÉDICO:   É verdade, saúde nunca faltou, e também os seus cuidados e amor o ajudaram a ser tão saudável.
MARIA:   Graças a Deus!! Ele é tudo que eu tenho, amanha nós vamos ao parquinho, vou mostrar a ele a natureza, as coisas boas que ainda restam né?
Porque com essa doença que esta por aí, é só tragédias nas famílias.
Que coisa horrível heim Doutor??
MÉDICO:   Pois é Maria, é fatalidade para tudo que é lado....
Você sabe que a única saída da medicina, foi fazer exames em todas as pessoas para descobrir a cura...
MARIA:   Eu sei sim, e já sabe o resultado?
MÉDICO:   Já sim Maria...(Dá um suspiro)...
MARIA:   O que foi doutor?
Não há cura?
É isso?
MÉDICO:   Depende Maria...
Pode ser que sim...
Só depende de uma decisão...
MARIA:   Decisão? Qual?
MÉDICO:   A sua...
MARIA:   Minha?
Como assim, uma decisão minha?
MÉDICO:   O sangue do seu filho é o único limpo de toda nação, apenas ele tem a substância que combate a doença....
Basta você assinar esse termo, que todo o mundo estará salvo...
MARIA:   O meu filho???
Mas ele ainda é tão pequeno.... (começa a ler o termo)...
Mas…
E qual a quantidade de sangue que vão usar...???
(* O sorriso do médico desaparece e coloca-se uma música triste no fundo...)
MÉDICO:   Não pensávamos que fosse uma criança.
Não estávamos preparados, precisamos de todo sangue de seu filho.
MARIA:   Mas... Mas... ele é o meu único filho... não posso....
MÉDICO:   A senhora não compreendeu?
Estamos falando da cura para o mundo inteiro!!!
Por favor assine!
Nós precisamos de todo o sangue...
MARIA:   Mas não podem fazer uma transfusão?
MÉDICO:   Se tivéssemos sangue puro, poderíamos.
Pessoas do mundo inteiro estão morrendo...
Assine por favor!!!
(* Chorando, sem sentir a caneta na mão ela assina...)
MARIA:   Meu filho, saiba eu te amo mais do que tudo, e jamais permitiria que te acontecesse algo que não fosse necessário, você entende...
MÉDICO:   Vamos!!!
Temos que começar o procedimento, não podemos perder tempo...
(*Enfermeira pega o menino e carrega...)
FILHO:   Mamãe! O que ta acontecendo...
Não me abandona...
Vem comigo...
MARIA:   Nãoooooooooooo!!!!
Meu Filho..............
(Enquanto levam seu filho, Maria fica em estado de choque, caída no chão.)
(Apaga luzes)
(Troca de música)
(Chegam anjos...)
ANJO 01:   Esta mãe, apesar do amor que tinha pelo filho, deu-o para salvar o mundo... e você, daria?
ANJO 02:   Deus o Onipresente, Onipotente, o Deus que criou tudo, o único Deus, também deu o melhor que ele tinha por amor à você, a mim, ao mundo...
ANJO 03:   Foram os nossos pecados que o pregaram naquela cruz para que tivéssemos acesso ao Pai.
Para que tivéssemos a salvação, para que tivéssemos Vida, vida com saúde, com liberdade, com prosperidade e verdade....
ANJO 01:   E mais uma vez, crucificamos o filho de Deus...
Isso mesmo, novamente.
ANJO 02:   É, este menino que morreu, que deu seu sangue para salvar o mundo, se chamava Jesus... Jesus Cristo...
ANJO 03:   E a doença que estava matando todo o mundo, foi diagnosticada como PECADO...
ANJO 01:   A cada Páscoa, a cada ano, a cada hora... Crucificamos o filho de Deus, através de nossas atitudes com o próximo, com nossos pensamentos, com nossas ações.
ANJO 02:   É curioso como a luxúria, crua, vulgar e obscena passa livremente através as pessoas, mas a discussão pública de DEUS é suprimida nas escolas e locais de trabalho. CURIOSO, NÃO É?
ANJO 03:   É curioso como nos preocupamos com o que as pessoas pensam de nós, mas não nos preocupamos com aquilo que DEUS possa pensar!
ANJO 01:   É curioso como as pessoas lembram dos ovos de chocolate, dos enfeites, das festas.
Mas esquecem do principal: Jesus.
ANJO 02:   Que de hoje em diante, possamos refletir e celebrar o verdadeiro sentido da Páscoa.
ANJO 03:   Que a luz que ilumina o nosso coração, seja tão grande e infinito quanto a luz que ilumina o mundo.
ANJO 01:   E que cristo possa renascer hoje e sempre dentro de seus corações.

*Aparece menino e anjos saem atrás dele....

 

Diversos: