VIDAS TRANSFORMADAS PARA A OBRA DO MESTRE

Versão para impressão
Grafico com pessoas e um gráfico

Trata-se de um grupo de jovens que ouve uma pregação sobre a importância de evangelizar e como cada um reage. Baseada na Parábola do Semeador, onde cada um recebe de um jeito, mas Deus é poderoso para Transformar Nossas Vidas, ainda que sejamos como os que ouvem a beirada do caminho, se dermos o primeiro passo, nos propormos a entregar 100% pra Jesus.

 

"Eu coloquei você como luz para os outros povos, a fim de que você leve a salvação ao mundo inteiro”. (Atos 13:47 – NTLH)

Sinopse: Hoje o Senhor te chama para efetuar a obra dEle, e como você reagirá? Qual será a desculpa desta vez? Não há tempo a perder! Vidas estão morrendo sem aceitar a Cristo, enquanto nós cristãos em sua maioria estamos confortavelmente acomodados nos bancos de nossas Igrejas. Eis que hoje, o Senhor te convida a dar o primeiro passo, a ser, uma vida transformada para a obra dEle!
Personagens: Apesar da seriedade das falas, todos os personagens, com exceção do Pregador e do Líder (Gabriel), são ADOLESCENTES.
Cenário: A Igreja montamos uma sala de ensaio com púlpito e as cadeiras, a escola grafitamos um pano de fundo, a fim de ilustrar o muro de uma escola. Ficou bem interessante, dando uma ideia de diferença de ambiente de dentro da Igreja e fora dos muros dela.
Nota: Devido ao pouco tempo que tínhamos para encenar, cerca de 20 minutos, colocamos fundos musicais (hinos) em cada troca de cena, a fim de ganhar tempo (troca de cenário) e reafirmar aquilo que queríamos passar através da peça, substituindo assim a narração, mas fique a vontade para modificar o que for necessário.
 
CENA 01
(Na Igreja, final de pregação...)
Fundo Musical: Sonda-me, Usa-me (Aline Barros, CD – Som de Adoradores)
Pregador: Quem irá pregar o Evangelho? Quem será o próximo missionário? Quem quer ser um instrumento de Deus na Evangelização? Quem tem coragem de como Isaías dizer: Eis-me aqui, envia-me a mim? Se você quer se dispor a fazer a Obra de Deus, saia do seu lugar e venha até aqui.
(O grupo inteiro sai do lugar e vai até a frente)
PREGADOR: Vocês estão certos de que querem fazer a obra de Deus? (pausa) Não é fácil, às lutas vêm, algumas pessoas não entendem, mas vale a pena, porque Deus não é injusto para esquecer do trabalho de nossas mãos. Vocês querem? (pausa) Então vou orar por vocês... Senhor nosso Deus e nosso Pai, diante de Ti eu coloco essas vidas que acabaram de dizer que querem fazer a Tua obra, oh Senhor, abençoa, dá da Tua graça, capacita ó Deus, em Nome de Jesus. Amém.
(Todos vão saindo, ficam apenas as jovens Yasmim, Renata e Natália)
YASMIM: Nossa, até que enfim! Pensei que essa Palavra não acabava mais.
RENATA: O pior mesmo foi ficar de pé na oração, não tava aguentando mais...
NATÁLIA: Também, com um saltos desses... Menina! Que sapato lindo!
RENATA: Ai obrigada! Comprei semana passada no shopping.
YASMIM: Renata sua sem graça, nós não combinamos que íamos no shopping hoje?
RENATA: E vamos oras! Nunca é demais ir no shopping mesmo.
NATÁLIA: Ótimo, então vamos logo que lá já deve está cheio de meninos lindos.
YASMIM: Nada disso, vamos passar primeiro lá em casa, porque vestidas desse jeito ninguém vai olhar pra gente.
NATÁLIA: Yasmim, me empresta aquela saia, igual a da menina da novela?
RENATA: E pra mim, aquela bota chiquérrima?
YASMIM: Ai Hani, vocês sabem que eu empresto tudo que vocês quiserem, vamos logo arrasar nesse shopping!
Fundo Musical: Refrão do Hino 340 da Harpa Cristã (Povo Forte)
 
CENA 02
Narração: Na outra semana.
(Na Igreja, em cima do púlpito...)
DIEGO: Deus salva! Cura! Batiza com Espírito Santo!
ADRIANA: (Com um jeito de superior) Que isso menino?
DIEGO: Lembra que semana passada, a gente veio aqui na frente e disse para Deus que ia fazer a obra dEle?
ADRIANA: Lembro. Eeee?
DIEGO: Então, eu tô treinando!
ADRIANA: Ai Jesus, ninguém merece viu!
DIEGO: Jesus digo eu, que estraga prazer que você é (pausa) eu vou ser missionário Drika!
ADRIANA: Missionário? Você?
DIEGO: (empolgado) É, eu, Diego Santos, o futuro missionário do Camboja.
ADRIANA: E eu a Rainha da Inglaterra! Ah, faça-me o favor!
DIEGO: Porque você acha que eu não vou ser missionário Drika?
ADRIANA: Olha pra você Diego, você vive indo pra diretoria na escola, fala palavrão e fica com as meninas, francamente, você acha mesmo que Deus escolheria você pra alguma coisa? Acorda menino!
DIEGO: (desolado) Mas Deus me chamou, Drika.
ADRIANA: Você sabe o que está escrito em Romanos 1?
DIEGO: Não.
ADRIANA: Então, você nem conhece a Bíblia, como quer falar de algo que não conhece?
(Adriana vai em direção a cadeira para orar)
DIEGO: O que?
ADRIANA: O que, o que?
DIEGO: Está escrito?
ADRIANA: Onde?
DIEGO: Em Romanos 1, oras!
ADRIANA: Ah, Paulo saúda os irmãos, como chamados para ser santos, não adianta você querer ser alguma coisa sem antes atender esse chamado.
(Adriana vira e vai orar, Diego, desolado, também se ajoelha para orar)
DIEGO: Senhor, sou eu o Diego, sabe Deus, a chata da Drika tem razão, eu não sou um bom crente, mas Deus, ah Deus, é que...
(Adriana interrompe e começa a orar bem alto)
ADRIANA: Oh Senhor, Excelso, Magnífico e Grande em poder, Deus, diante de Ti eu inicio essa oração pedindo perdão: Perdão por esse povo que não sabe orar (enquanto ela vai orando, vai chegando as demais pessoas que participaram da reunião), perdão por esse povo desobediente, perdão por esse povo que tem preguiça de ler a Bíblia, perdão pelo líder que não chega no horário, perdão pelos jovens que ficam perdendo tempo falando mal dos outros, e acima de tudo ó Deus, queria Te agradecer, por ser uma crente exemplar, por está sempre certa, um verdadeiro modelo. Em Nome de Jesus. Amém.
GABRIEL: Paz do Senhor pessoal!
(Durante o ensaio, as três patys não param de conversar e de mexer no cabelo)
GABRIEL: Convido vocês, a abrirem vossas Bíblias, em João, cap. 4, versículo 23: “Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.”. Os verdadeiros adoradores, quantas vezes já escutamos esta Palavra e no entanto, não modificamos nosso jeito de viver, será que você realmente adora a Deus? Não só no sentido de elogiar, render louvor, mas um dos significados para adorar é justamente amar em extremo, será que temos realmente amado a Deus? E os nossos atos? Demonstram nosso amor a Deus? (nisso Adriana grita: Fala Deus!). Pensem nisso. Que Deus abençoe vocês, e que possamos amar a Deus sobre todas as coisas e adora-lo em Espírito e em Verdade. Pra terminar, queria chamar o Diego para orar por nós.
DIEGO: Saúdo os irmãos com a paz do Senhor. Oremos. Senhor Jesus, obrigado pela Palavra, Senhor Jesus, abençoe nossa volta, em Nome de Jesus. Amém.
(Todos vão saindo, exceto Gabriel, Diego e Adriana)
DIEGO: Tchau Gabriel.
GABRIEL: Vai com Deus Diego, você viu o Ricardo?
ADRIANA: (interrompendo) A paz do Senhor irmão Gabriel!
GABRIEL: Paz do Senhor Adriana, você viu o Ricardo?
ADRIANA: Não porque? Ele não veio hoje?
GABRIEL: Não, você não reparou?
DIEGO: Não, devia tá com tendinite no dedo coitadinha...
GABRIEL: Tendinite?
DIEGO: É de tanto apontar defeitos dos outros.
ADRIANA: Fazer o que se os outros são cheios de defeito né?
GABRIEL: Vamos deixar de discussão, eu só quero saber porque o Ricardo não veio, estou preocupado, ele tem faltado em muitos ensaios, semana passada quando ele veio receber oração, pensei que fosse se firmar, mas hoje nem no ensaio ele veio.
ADRIANA: Não sei porque você fica se preocupando, ele é um péssimo crente, se na escola alguém gritar: “Lá vem o Pastor!” É capaz dele correr como quem foge da polícia (fica sem graça porque ninguém ri), mas deixa pra lá, eu preciso ir, porque alguém tem que orar neste conjunto né. Fiquem na paz.
GABRIEL: Amém.
DIEGO: Pode deixar que vou conversar com ele na escola.
GABRIEL: Obrigado Diego, diga a ele que estamos sentindo sua falta.
DIEGO: Tá certo, irmão Gabriel?
GABRIEL: Pois não?
DIEGO: Você acha que um dia eu posso ser missionário?
GABRIEL: Claro que pode! Todos fomos chamados a pregar o Evangelho, e se Deus falou que te faria um missionário, porque a dúvida?
DIEGO: Por causa de umas coisas que a Drika andou me dizendo, e o pior que ela tem razão quando diz que eu não conheço a Bíblia e dou um péssimo testemunho.
GABRIEL: Se você cair na lama vai ficar sujo pro resto da vida?
DIEGO: Não, vou tomar banho oras!
GABRIEL: Então! Se tem algo de errado na sua vida mude! Não fique aí esperando cair uma pedra na sua cabeça, se coloque diante de Deus em oração, peça para que Ele te mude, Deus é poderoso para te transformar.
DIEGO: Obrigado Gabriel, vou fazer isso, Deus te abençoe.
GABRIEL: Amém, vai com Deus.
DIEGO: Amém.
Fundo Musical: Refrão do hino “Jerusalém e eu” de Denise Cerqueira.
 
CENA 03
(Na escola)
RICARDO: Ah não, o Juninho não jogou nada.
ERIC: Que isso cara! Ele foi o melhor. E aquela jogada então? Goleiro para um lado e bola pro outro, demais!
HUGO: Isso aeh Ricardo, o Juninho arrasou cara, joga muito!
RICARDO: Joga nada não Hugo, bom mesmo é o Arnaldo.
ERIC e HUGO: Ah, nada a ver.
RICARDO: Tudo a ver gente, quem foi que fez dois gols no jogo heim?
ERIC: Lógico que foi o Arnaldo né, também o cara é o maior banherista.
RICARDO: Ah, que nada.
GUSTAVO: E aí gente, beleza?
TODOS: Beleza.
ERIC: E você, beleza?
GUSTAVO: Eu não cara, tô mal meu, meu pai tá internado e ninguém sabe o que ele tem.
ERIC: Pô cara, que barra.
(Um breve silêncio)
HUGO: Você já leu o horóscopo dele hoje?
ERIC: Ai não fala besteira meu, bom mesmo é uma tiazinha que faz uns trabalhos lá perto de casa, é batata!
RICARDO: Que trabalho o que Éric, Gustavo teu pai precisa é de Jesus.
GUSTAVO: Pior que só Ele mesmo meu, mas eu nem sei o que falar.
RICARDO: Ah, fala que Jesus ama ele.
GUSTAVO: E o que mais?
RICARDO: Ah, tipo, nossa tá calor hoje heim, peraí que vou comprar um refri.
(Ricardo vai a cantina e Adriana vai atrás dele)
ADRIANA: Fugindo do ensaio Ricardo?
RICARDO: Que isso Drika, tô fugindo não.
ADRIANA: O Gabriel perguntou de você.
RICARDO: Perguntou foi?
ADRIANA: Anram. Porque você não foi ao ensaio?
RICARDO: Ah Drika! É sempre a mesma coisa, Oração, Louvor e Palavra, e na outra semana, advinha? Oração, Louvor e Palavra, se é sempre igual porque eu tenho que ir sempre?
ADRIANA: Ai meu Deus, daí-me paciência.
RICARDO: Que foi o?
ADRIANA: Ricardo acorda! Você não toma banho todos os dias?
RICARDO: Tomo.
ADRIANA: Não almoça todos os dias?
RICARDO: Almoço.
ADRIANA: Então o inteligente, não é sempre a mesma coisa? Porque você faz todo dia.
RICARDO: Simples, se não eu morro de fome e fico fedendo...
ADRIANA: Então menino, se você fica sem se alimentar da Palavra, vai morrer de fome espiritual e corre o sério risco de cair em pecado e ficar fedendo. Mas eu nem sei porque fico gastando minha sabedoria, você deve é tá com desculpa para não ir à Igreja.
RICARDO: Não é desculpa não Drika, eu sou crente de verdade, até tava falando de Jesus pro meu amigo.
ADRIANA: Ah é, é? Duvido.
RICARDO: É sério Adriana, eu nunca escondi de ninguém que sou crente, tudo bem que não sei evangelizar muito bem mas...
ADRIANA: Tá vendo?
RICARDO: Vendo o que?
ADRIANA: Você não gosta de escutar a Palavra, e fica aí com a vida vazia.
RICARDO: E daí?
ADRIANA: E daí que vida vazia não pode encher outras vidas vazias.
(Adriana sai, enquanto isso, Diego se aproxima)
RICARDO: Ai Jesus, que menina mala! Mas que raiva, pior que ela tem razão!
DIEGO: Oi Ricardo, tudo bem?
RICARDO: Oi Diego, tudo e você?
DIEGO: Tudo na paz, porque você não foi na Igreja?
RICARDO: Deixa pra lá.
DIEGO: Fala, o Gabriel tá preocupado.
RICARDO: Ah, eu não fui porque é sempre a mesma coisa, mas pelo visto o problema não é a Igreja e sim eu.
DIEGO: Porque você?
RICARDO: Ah Diego, eu sempre tento ficar firme e nunca consigo, no domingo eu me sinto o super crente, na terça parece que tudo passou.
DIEGO: Ricardo, quando Deus te escolheu, Ele sabia dos teus defeitos.
RICARDO: Diego, eu não sirvo nem pra ser crente a semana toda, de lá a ser escolhido! Como a Drika me disse, sou uma vida vazia.
DIEGO: Mas Deus é poderoso para te encher!
RICARDO: Isso é verdade.
DIEGO: Ricardo, você precisa perseverar, tem que buscar a Deus todos os dias, não só no fim de semana. Deus tem transformado minha vida e pode mudar a sua também.
RICARDO: Ah é? O que Deus tem feito na sua vida?
DIEGO: Mudou meus pensamentos, tem me dado Graça para resistir as tentações, tô orando mais, lendo a Bíblia todo o dia. O mais importante é você não desistir. Você não disse para Jesus que iria fazer a obra dEle?
RICARDO: Disse.
DIEGO: Então! Deus é poderoso para te transformar e te encher do Espírito Santo! Busque a Ele, seja cheio e pregue o Evangelho!
RICARDO: Valeu, eu vou fazer isso! Mas vamos entrar porque já tá na hora.
Fundo Musical: 2º estrofe e refrão do hino “Senhor Te quero” do Vineyard Music.
 
CENA 04
(Na Igreja, começando a reunião)
GABRIEL: Paz do Senhor. Hoje vamos ouvir um testemunho pelo irmão Diego.
DIEGO: Paz do Senhor, eu queria contar que, como vocês sabem, há duas semanas teve uma Palavra sobre Missões e eu vim aqui na frente, aliás todo mundo veio né, ai eu tava com vontade mesmo de pregar o Evangelho, mas eu tava com a vida horrível, falando palavrão, fazendo coisas que não agradavam a Deus, então comecei a orar para que Deus me mudasse, comecei a ler a Bíblia todo o dia, e Deus, me batizou com o Espírito Santo. E eu queria agradecer e dizer aos irmãos, que vale a pena buscar a Deus. Agradeço a oportunidade, em Nome de Jesus.
GABRIEL: Glória a Deus, nosso Deus não mudou, continua, salvando, transformando, batizando com o Espírito Santo e levando pro céu. Eu queria convidar o irmão Samuel, para trazer a Palavra hoje.
SAMUEL: Saúdo dos irmãos com a paz do Senhor. Por favor, abram as Bíblias em Oseias 6 e 3. “Conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR”. Você conhece a Deus? Não no sentido de já ter ouvido falar de Deus, mas você já teve uma experiência com Deus? Talvez você se pergunte como podemos conhecer a Deus, o nosso irmão acabou de contar, através da oração e da Palavra, e ah, o outro jeito é passando provação, por isso, se você não conhece a Deus, desperte para busca-lo, e se já O conhece, continue conhecendo. Eu agradeço a oportunidade em Nome de Jesus.
GABRIEL: Amém. Ricardo vem orar por nós, por favor.
RICARDO: Paz do Senhor. Senhor muito obrigado pela Palavra, ajude-nos a Te conhecer cada vez mais e que nossos amigos também possam Te conhecer. Obrigado Jesus, Amém.
(Todos vão saindo, Gabriel vai conversando com Ricardo, ficam apenas Diego e Adriana)
ADRIANA: Nossa Diego, Deus é bom mesmo heim.
DIEGO: É sim Drika, sabe que foi até bom você ter jogado na minha cara meus defeitos?
ADRIANA: Jogado na cara? Imagina, eu só queria te alertar, onde já se viu, jogando na cara, esse é o preço que se paga por ser tão santa!
DIEGO: Tudo bem, deixa isso pra lá, o importante é que já comecei a falar de Jesus pros meus amigos e até meu vizinho disse que virá à Igreja amanhã.
ADRIANA: Que inveja, digo que benção...
DIEGO: Precisa ficar com inveja não Drika, tem muito trabalho pra fazer, tá faltando é gente.
ADRIANA: Eu não estou com inveja, só não entendo porque mesmo sendo tão crente, nunca falei de Jesus pra ninguém.
DIEGO: Porque não se pode falar, daquilo que não conhece, lembra?
(Diego sai e deixa Adriana falando sozinha)
ADRIANA: Que desaforado! É lógico que eu conheço a Deus (pausa) eu conheço a Deus (pausa) conheço a Bíblia melhor do que todo mundo que estava no ensaio (pausa) conheço o Pastor, conheço até o estatuto da Igreja, eu conheço a Deus (pausa) tá, tá eu confesso, eu conhecia, mas deixei de conhecer (pausa) é, é isso, eu parei, tá, parei de te buscar, parei de querer falar de Ti para os outros, pois é parei, parei porque eu achei que estava tudo muito bem, tudo perfeito, mas eu esfriei (pausa) primeiro amor! (pausa) todo mundo fala nisso, e eu o perdi (pausa) Deus, me perdoa ó Pai, em Nome de Jesus, me esvazia de mim e me enche de Ti, que seja a Tua vontade Deus e não a minha, Deus me transforma, muda a minha vida, me faz um instrumento da Tua obra.
Fundo Musical: Refrão do hino “Quebrantado Coração” da Fernanda Brum.
 
CENA 05
(Adriana vai saindo da Igreja e dá uma “trombada” com uma jovem)
MARINA: Ah, só me faltava essa mesmo (pausa), tinha que ser crente.
(Adriana se olha e, não entende nada)
ADRIANA: Que foi? Você não gosta de crente?
MARINA: Não é isso, ah, deixa pra lá, você não tem nada a ver com a minha vida.
ADRIANA: Nossa moça, porque você tá nervosa? Será que eu não posso te ajudar?
MARINA: Não menina! Eu já disse que você não tem nada a ver com a minha vida!
ADRIANA: Tá bom...
MARINA: Calma, calma, desculpa, é que eu já fui crente mas sai da Igreja.
ADRIANA: Mas porque você se desviou?
MARINA: Desviar, é bem essa a palavra mesmo (pausa) foi por causa de um desmantelado (pausa) comecei a namorar com um menino da escola, minha família, a Igreja, meus amigos, todo mundo era contra, ai comecei a ir nos lugares que ele ia, troquei meus amigos pelos dele, e depois troquei a Deus pelo mundo.
ADRIANA: Nossa (pausa) mas porque você não volta pra Jesus?
MARINA: Porque eu acho que Deus não me quer de volta (pausa) sabe, eu fiz coisa que mesmo você tendo quase a mesma idade do que eu, nunca pensou em fazer (pausa) acho que Deus nunca vai me perdoar, pensa só, eu troquei a Deus! Isso não se faz...
ADRIANA: Olha, eu realmente não sei o que você fez, mas eu sei que eu também me senti mal assim por causa do pecado, sabe, eu era toda errada, pisava nos meus irmãos, tinha inveja deles, me achava melhor do que todo mundo, deixei o primeiro amor... você já deve ter ouvido falar... mas Deus me perdoou, Ele me mudou, me transformou e creio que Ele pode fazer isso e muito mais na sua vida.
MARINA: (feliz) Será mesmo que Ele pode? Será que Ele me aceita de volta mesmo depois de tudo o q eu fiz?
ADRIANA: Aceita sim, basta você se arrepender e voltar atrás.
MARINA: Obrigada Senhor, por poder voltar a Tua presença! Senhor tudo que mais desejei foi saber se Tu me querias de volta, e aqui estou eu Senhor, pronta para te servir novamente, com toda a minha vida e ainda Senhor, se Tu quiseres, voltar a fazer a Tua obra.
ADRIANA: Amém, a paz do Senhor, irmã?
MARINA: Marina, irmã Marina. E você?
ADRIANA: Irmã Adriana, fica com Deus.
MARINA: Amém, obrigada viu.
ADRIANA: Que isso, agradece a Deus.
Fundo Musical: Refrão do hino “Dupla Honra” do Fonte de Vida.
 
CENA 06
(Na escola, Ricardo conversa com seus amigos, enquanto Adriana conversa com Diego)
RICARDO: E aí pessoal? Gustavo, teu pai melhorou?
GUSTAVO: Mais ou menos cara, pelo menos já pode ir pra casa.
RICARDO: Então cara, teu pai precisa conhecer a Deus.
GUSTAVO: Como assim?
RICARDO: Seguinte, seu pai, aliás, todos vocês, precisam conhecer a Deus e...
ERIC: (interrompendo) Onde você leu isso?
HUGO: No Horóscopo?
ERIC: Dãããã.
RICARDO: Não ouvi na Igreja, e essa é uma das formas de conhecer a Deus, ouvindo a Palavra dEle. Por isso, vocês bem que podiam ir a Igreja domingo comigo né?
ERIC: Ah cara, nem rola, tem jogo.
HUGO: É, e eu vou no cinema com a galerinha do curso.
RICARDO: Olha é tão bom ir na Casa de Deus que vocês não vão se arrepender de trocar o cinema e o futebol por isso.
HUGO: Na boa cara, sem querer ofender, mas eu acho difícil.
GUSTAVO: Eu tô dentro, espero que meu pai também possa ir.
RICARDO: E vocês?
ERIC: Ah, sei lá.
RICARDO: Vamos fazer um teste então? Vocês vão esse domingo e vêm se o que eu tô falando é verdade ou não.
HUGO: Tá certo então.
(No outro canto)
ADRIANA: Então tá fechado, evangelismo no sábado.
DIEGO: Mas só vai a gente?
ADRIANA: O Gabriel disse que também vai, chamei as meninas mas elas disseram que tinham compromisso, ficou faltando chamar o Ricardo.
DIEGO: Então chama agora, Ricardo?
RICARDO: Oi, tudo bem?
DIEGO: Tudo, nós vamos fazer evangelismo no sábado, você tá dentro?
RICARDO: Lógico! Já demorou demais para eu começar a falar de Jesus.
ADRIANA: Calma, você ainda é novo.
RICARDO: É, mas já conheço Jesus há quatro anos e só hoje tomei coragem de convidar meus amigos pra ir na Igreja.
DIEGO: È, eu também, só agora comecei a falar de Jesus pros meus parentes.
ADRIANA: Pior eu então, que sempre me achei a super crente, mas nunca tinha falado de Jesus pros outros. Mas Jesus é bom, eu precisava conhecer a Deus antes.
RICARDO: E, eu ser cheio das coisas espirituais, ao invés das mundanas.
DIEGO: E eu ter a vida endireitada.
RICARDO: Gente olha só, vocês não repararam? Nós três estávamos acomodados, sem buscar a Deus de verdade e logo, não fazíamos a Obra de Deus, e Deus nos transformou, e agora a primeira coisa que vamos fazer é justamente a Obra dEle!
ADRIANA: Glória a Deus, pena que tem tanta gente com a vida transformada, mas que esqueceu de fazer a obra de Deus.
RICARDO: Verdade.
DIEGO: Por falar em esquecer, nós esquecemos de chamar o Samuel pra ir no Evangelismo.
RICARDO: Deixa que eu chamo ele. Vejo vocês no sábado.
Fundo Musical: Refrão do hino 241 (Marchemos sem temor) da Harpa Cristã.
 
CENA 07
(Na Igreja)
ADRIANA: E então, prontos?
GABRIEL: Somos só nós?
DIEGO: Infelizmente.
ADRIANA: E o Samuel?
RICARDO: Não consegui falar com ele.
GABRIEL: Olha ele ali, Samuel?
SAMUEL: A paz, o que vocês estão indo fazer?
RICARDO: Evangelismo, vamos com a gente?
SAMUEL: Glória a Deus, vocês não sabem o quanto eu orei por isso! Vamos logo.
MARINA: Hei, irmãos!
TODOS: Quem é?
MARINA: Vocês estão indo evangelizar?
ADRIANA: Estamos sim.
MARINA: Posso ir com vocês?
GABRIEL: Lógico, e é muito bem vinda.
ADRIANA: Eu acho que te conheço de algum lugar...
MARINA: Eu sou a pessoa que você falou de Jesus na semana passada.
ADRIANA: Marlene?
MARINA: Isso mesmo, paz do Senhor irmãos!
TODOS: Amém, glória a Deus.
GABRIEL: Vamos então, eu vou com o Samuel pegar o João e o Pedro para evangelizar na Avenida e vocês, vão evangelizar na praça.
DIEGO: Certo, vamos.
(Eles saem e o segundo grupo encontra as meninas patys)
RICARDO: Oi Gente! Vamos evangelizar com a gente?
YASMIM: Ah Ricardo, hoje não dá, estamos indo ao shopping.
ADRIANA: Mas vocês vão sempre no shopping.
DIEGO: Fora que vocês não falaram pra Jesus que iam fazer a obra dEle? Lembra aquela oração...
RENATA: Falamos? Ah, é, falamos, mas hoje não dá, o que os nossos amigos vão pensar se virem a gente evangelizando?
RICARDO: Que o Jesus que vocês servem deve valer mesmo a pena, pois vocês estão até falando dEle,
NATÁLIA: Pode até ser, mas pra que vamos evangelizar?
MARLENE: Pra que?
DIEGO: Pra dizer aos pecadores que Jesus perdoa e endireita vidas.
ADRIANA: Pra dizer aos que não conhecem a Deus que ainda dá tempo de conhece-lo.
RICARDO: Pra dizer a vidas vazias, que Deus é poderoso para enche-las.
MARLENE: Pra dizer aos desviados que voltem pra Jesus, pois Ele ainda está de braços abertos para recebê-los, e que ainda dá tempo para trabalhar na Obra do Mestre.
YASMIM: Ah pessoal, mas olha pra gente, a única coisa que sabemos é ir no shopping.
RICARDO: Não tem problema Yasmim, Deus continua transformando vidas e recrutando elas para a Sua obra.
YASMIM: Tá certo, mas o que a gente tem que fazer?
RICARDO: Dá o primeiro passo.
YASMIM: Se é assim, hoje eu quero dar o primeiro passo.
NATÁLIA: Eu também.
RENATA: E eu também.
Fundo Musical: Eu vou (África) da Fernanda Brum (CD Profetizando às Nações), se possível inteiro.
Ministração: Eis que um semeador saiu a semear, e uma parte da semente caiu à beirada do caminho mas foi pisada e comida pelos pássaros, outra parte caiu entre as pedras, até germinou mas como não tinha umidade não cresceu, a outra caiu entre os espinhos, ela cresceu, mas os espinhos cresceram junto com ela e não deu fruto, mas a outra parte caiu numa boa terra, e deu fruto. O semeador era o mesmo, a semente era a mesma, a diferença estava no local onde ela caiu. Como você tem reagido a Palavra de Deus? Apenas ouvindo com os ouvidos e antes mesmo de sair do culto já esqueceu de tudo? Ou ouvindo e guardando na mente, e por assim ser não permitir que ela cresça a regando com uma vida diária de devoção ao Senhor? Ou ainda você começou bem, deixou que a semente chegasse ao coração e lá ela encontrou um coração divido, talvez entre a glória do homem e a vontade de Deus ou mesmo entre o espiritual e o carnal, e você até trabalha, mas esqueceu o porque e para que trabalha para Deus. A boa notícia é que Deus é poderoso para transformar vidas, não para encher bancos, mas para usa-las na Sua Obra. Por isso, ainda que seu coração esteja como a beirada do caminho, dê o primeiro passo, lembre-se que Deus é poderoso para te transformar! Que sejamos a boa terra, que recebe, germina, cresce e dá frutos para a Obra de Deus,
FIM
Depto. de Teatro do CAAD (Conj. de Adolescentes da Assembleia de Deus Min. do Belém, Sede, SP-SP)
Diversos: