VASOS PRONTOS, VIDAS NO ALTAR

Vaso na fase final da moldagem - VASOS PRONTOS, VIDAS NO ALTAR

 


A Grande Festa,  o encontro dos Vasos !

No momento, estamos com alguns vasos em alta

Tem os que se acham em destaque.

Que tipo de vaso tu és?

Vaso de Prata
Vaso de Bronze
Vaso de Ouro
Vaso de Barro
Vaso Santo
Vaso Ungido
Vaso escolhido
Vaso de Honra
Vaso do Oleiro
Vaso Cheio

Tem o vaso que se sente e tem também o vaso que é.

PERSONAGENS :

Narrador
Anjo
Vaso de Prata
Vaso de Bronze
Vaso de Ouro
Vaso de Barro
Vaso Santo
Vaso Ungido
Vaso escolhido
Vaso de Honra
Vaso do Oleiro
Vaso Cheio

                        CENÁRIO À ESCOLHA DO GRUPO.

NARRADOR - Nesta noite, estaremos todos em uma grande festa. É o encontro dos Vasos ! Todos nós sabemos que existem vários tipos de vaso : Rubi, diamante, ouro, prata, ferro, bronze, lata, e até vasos de barro, que não se envergonham de serem assim. No momento, estamos com alguns vasos em alta, que se acham em destaque. São os vasos de ouro, bronze e Prata.

                                     ABRE-SE O CENÁRIO

VASO DE BRONZE:     Estão querendo retirar o nosso valor porque somos vasos ricos e muito valorizados na sociedade.
VASO DE PRATA:    O próprio homem diz que temos que dar honra a quem tem honra, e se Deus nos deu toda essa condição, agora estão nos crucificando.
VASO DE OURO:    Não precisam se preocupar. Eu ponho o meu melhor vestido, uso dos meus adereços e vou para a Igreja. Sei que Deus não está preocupado com isto porque sou o melhor vaso, e dou a melhor oferta.
VASO DE BRONZE:     Oferta só não é importante, precisa ter posição, ser vistoso e ter status, e isso não nos falta.
VASO DE PRATA:    Isso sem falar que somos refinados, temos um longo processo até chegarmos a esta posição de honra. Não devemos nos preocupar com comentários de pessoas inferiores a nós.
VASO DE OURO:    Isso é verdade. Quem pode se comparar à nós, ter a nossa excelência e a nossa importância? Poderia até dizer que somos indispensáveis na Igreja !
(Enquanto estiverem se arrumando entra o vaso de barro, humildemente)
VASO DE BARRO:    Queridas irmãs, soube que estão se reunindo aqui, e embora não seja um vaso de valor e requinte, gostaria de me juntar à vocês.
(As três se olham)
VASO DE OURO:    (com ironia) Não querendo desmerecer a amada irmã (risos), mas a irmã não estaria cometendo um pequeno engano?
VASO DE BARRO:    Engano? como assim?
VASO DE BRONZE:     A irmã não percebeu que temos um alto valor, e sua figura não corresponde com a nossa posição?
VASO DE PRATA:    Vamos deixar uma coisa bem clara: aqui só se reúnem vasos de valor.
A irmã deve procurar vasos que estejam na sua posição, e que tenham o mesmo valor, se é que há algum valor em vocês (risos).
(Vaso de barro se abaixa, no canto, humilhada. As três dão-lhe as costas e seguem se arrumando, percebem a chegada do anjo e buscam posições para serem vistas)
ANJO:    Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma messa fazer um vaso para honra, e outro para desonra?
O Espírito nesta noite vos convida a conhecer o valor e a importância que tu tens em Sua obra, e embora sendo desprezado por muitos, o Oleiro é fiel e amoroso contigo, vaso valoroso.
(dirige-se ao Ouro)
Quem é como o ouro, puro, brilhante, desejado e cobiçado? Quem como ele traduz a riqueza e o brilho do poder?
(dirige-se ao Bronze)
Contemplem o bronze, vejam todo o esplendor da sua beleza, seu porte, sua graça. Quem não desejaria ser comparado á altura de seu esplendor?
(dirige-se á Prata)
E o que dizer da prata? Refinada e purificada no fogo. O próprio artesão precisa ver sua imagem refletida na prata para moldar e trabalhar, fazendo belíssimas obras.
(dirige-se à Igreja)
Digo-vos porém que, de nada adianta riqueza (aponta para o Ouro que fica preocupado), esplendor (aponta para o Bronze) e beleza (aponta para a Prata), se não houver a principal das qualidades:
A humildade (dirige-se para o Barro, levanta-o e diz)
Todo aquele que a si mesmo se humilha, será exaltado.
(traz o vaso de Barro até o meio dos outros e lhe diz)
É preciso deixar o Oleiro trabalhar, retirando toda soberba e todo  egoísmo, para que a glória do Senhor reflita em vossas vidas, demonstrando toda a excelência e o poder do Espírito.
Assim como o brilho do Ouro, o esplendor do Bronze e a pureza da Prata, o Oleiro procura vasos de Barro, que embora não tenham aparência nem formosura, possuem toda a plenitude do Espírito, refletindo o poder e a magnitude do Deus vivo.
É necessário humildade, consagração e total submissão, para que o Oleiro complete em vós o trabalho a ser realizado.

                                      ENTRA O JOGRAL

VASO SANTO:    Quando fomos apresentados à imagem e semelhança do Criador, fomos comparados à um corpo de santidade. Ele é o vaso santo de beleza incomparável, e Ele quer que em nós se veja o brilho do Espírito, trazendo vida no altar. Tenha grandeza da plenitude, Igreja, o Senhor vos chamou para serdes santa, como Ele é santo.

VASO UNGIDO:    E disto farás o azeite da santa unção, o perfume composto segundo a obra do perfumista. este será o azeite da santa unção, temperado, puro e santo, onde eu virei a ti, e coisa santíssima vos será. Deus quer a glória dEle em tua vida, pois você é vaso criado por Ele. Seja um vaso santo, tenha unção, brilho, esplendor, poder e virtude, e tenha o gozo de ser santo, vaso cheio da unção de Deus.

VASO ESCOLHIDO:    Deus está chamando agora os vasos que ele escolheu. Não adianta se esconder dos olhos do Senhor. Apresente-se agora, do jeito que você estiver, e concerte-se. Deus está dando de volta a tua santidade, te enchendo de unção, e te dando esta mensagem.

ANJO:    Paguei um alto preço por ti, chamei-te pelo nome, tu és meu filho amado, eu te escolhi, és um vaso valoroso e precioso em minhas mãos. Veja quantos perdidos necessitam deste brilho que ponho outra vez em ti. Eu tenho a chave, abro e ninguém fecha, fecho e ninguém abre, porque Eu sou deus. Venha, amado meu, para a obra que confio em tuas mãos.

VASO DE HONRA:    Numa grande não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de barro, uns para honra e outros para desonra, de sorte que, se alguém se purificar destas coisas será vaso de honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra. Igreja, foge dos prazeres e desejos deste mundo, e seja como aqueles justos e pacíficos que invocam ao Senhor com um coração puro.

VASO DE OLEIRO:     E ao anjo da Igreja em Tiatira escreve : Isto diz o Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo, e os pés semelhantes ao latão reluzente : Com vara de ferro os regrá, e serão quebrados como vaso de oleiro, como também recebi de meu Pai. E dar-lhe-ei a Estrela da Manhã. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz à Igreja.

VASO CHEIO:    Ainda há tempo de pôr azeite em teu vaso, e ser cheio da glória de Deus, assim como aconteceu com a viúva que teve todos os seus vasos cheios. não deixe que o teu vaso fique vazio, Deus está chamando os vasos quebrados. entregue o teu coração partido ao Senhor, e diga como Davi : "Senhor, atende a minha oração, necessitado e sofrendo estou". Deus está te chamando, mesmo quebrado, pois Ele quer restaurá-lo e usá-lo novamente.

ANJO:    (Andando pela Igreja) Venham agora.
Deus está chamando os vasos quebrados, vasos fracos, vasos que foram humilhados, vasos enfraquecidos, tristes, vasos vazios, vasos emborcados.
Venham agora os vasos caídos, vasos sem brilho e sem unção, vasos sem honra, vasos sem visão.
Deus continua chamando, onde estão os vasos feridos, vasos que perderam o poder de exaltar, de glorificar, de falar em línguas estranhas, vasos que perderam a humildade de reconhecer que Deus sempre é, e acima dEle nenhum outro será.

FINAL COM LOUVOR À ESCOLHA DO GRUPO !!!

Diversos: