TALENTO ADORMECIDO

Versão para impressão

TALENTO ADORMECIDO - Teatro Cristão Talento adormecido relata o adormecer do dom que o Senhor concedeu a três jovens.

Uma possui o dom de louvar, o outro de curar e a outra da palavra.

É quando aparece um comprador de talentos oferecendo fama, luxo e poder em troca de seus talentos.

CENA 1

 
A peça inicia-se com a Consciência em cena.
 
CONSIÊNCIA: Hoje irei contar a história de três jovens que por não estarem de vigilância, adormeceram seus talentos divinos. A primeira é Raquel.
 
A Consciência afasta-se para a extremidade do cenário e entra Raquel louvando a Deus.
 
RAQUEL: A paz do Senhor queridos! Neste momento entrem em sintonia com o Nosso pai celeste... (ela começa a louvar) “Sonda-me Senhor que me conhece (ela começa a engasgar) quebran...que...” Desculpem abençoados, mas acho que não estou bem.
 
Raquel sai de cena toda sem graça e a Consciência aproxima-se ao centro.
 
CONSIÊNCIA: Bem pessoal ela é uma levita da casa de Deus, porém de uns tempos pra cá sua voz vem sumindo subitamente. O segundo jovem é Pedro.
 
A Consciência afasta para a extremidade do cenário e entra Pedro com o Enfermo.
 
Enfermo: Pedro, sou um manco, mas Deus me enviou a ti para receber a cura.
 
PEDRO: Sim abençoado! Faremos uma oração. “Senhor com o dom que tu me deste peço a Ti a cura deste meu irmão e creio que em nome de Jesus Cristo esta enfermidade esta repreendida. Amém!”
 
Enfermo: Ué Pedro!?! Continuo manco?!?
 
PEDRO: Meu irmão, não sei o que esta acontecendo comigo estes dias, é melhor levá-lo ao hospital.
 
O Enfermo e Pedro saem de cena e a Consciência aproxima-se ao centro.
 
CONSIÊNCIA: Pedro recebeu o dom de cura, mas ele gradativamente vem se apagando. E a última jovem é Júlia.
 
A Consciência afasta-se para a extremidade do cenário e Júlia entra com uma bíblia na mão.
 
JÚLIA: A paz do Senhor Jesus Cristo amados! Hoje trarei para vocês uma palavra abençoada que se encontra em Is 27.3 , abram suas bíblias... peraí!! É Mt 9.4 ...não, não é Ap 3.5 ... Desculpem amados, mas não me recordo da mensagem.
 
Júlia sai de cena toda sem graça e a Consciência aproxima-se ao centro.
 
CONSIÊNCIA: Esses três jovens possuem algo em comum vocês não acham? Pois bem, o dom que Jesus concedeu a cada um deles simplesmente está adormecido.
 
 
CENA 2

 

Neste momento os três jovens entram conversando, sem perceber a presença da Consciência.
 
JÚLIA: Gente! Ontem fui pregar e simplesmente não consegui, a mensagem fugiu da minha mente!
 
RAQUEL: Também aconteceu algo comigo inexplicável, quando fui louvar a minha voz sumiu!
 
PEDRO: E comigo... Passei uma vergonha. Orei a Deus para curar um mando e acho que ele foi pior do que chegou!
 
A Consciência aproxima-se dos jovens e fala.
 
CONSIÊNCIA: Bem meus jovens! Simplesmente o talento de vocês adormeceu!
 
JÚLIA: Quem é você?
 
CONSIÊNCIA: No momento isso não é o mais importante, mas sim o problema de vocês e vim aqui para ajudá-los.
 
RAQUEL: Ajudar em que? Não precisamos de ajuda!
 
CONSIÊNCIA: Tem certeza disso? Ou não são vocês que não estão mais louvando, pregando e curando?
 
PEDRO: (Fala meio que com dúvida) Sim, mas isso é uma fase, tenho certeza!
 
CONSIÊNCIA: Sentem-se por favor!
 
Os três jovens sentam nas cadeiras que estão posicionadas ao fundo do cenário.
 
CONSIÊNCIA: Começaremos por você Júlia.
 
JÚLIA: Eu? O que eu fiz?
 
CONSIÊNCIA: A melhor pergunta seria o que você não fez! Agora responda com sinceridade, você tem cuidado do dom que Deus lhe deu? Você tem pregado onde Jesus te manda ou onde melhor te convém?
 
JÚLIA: Bem... (Coça a cabeça) Eu sou jovem e sabe como é, nem sempre as coisas são feitas na hora certa!
 
CONSIÊNCIA: E você Raquel, tem adorado a Deus de todo o coração, ou o seu ego fala mais alto?
 
RAQUEL: Que isso, mais é claro que é de coração!
 
CONSIÊNCIA: E quando lhe pedem autografo?
 
RAQUEL: Ué! Quem nasceu pra ser famoso não pode ser levita?
 
CONSIÊNCIA: Pedro, você recebeu um dom maravilhoso, pois possibilita ajudar ao seu próximo. Porém por que muitas dessas pessoas te adoram ao invés de adorarem o Deus verdadeiro? Por que você tira a glória (aponta para o céu) Dele?
 
PEDRO: Não é que eu tire a glória do Senhor, mas não devemos ser santos como ele? Então, estou sendo sua imagem e semelhança!
 
CONSIÊNCIA: Vocês e muitas pessoas recebem o dom de Deus, mas não dão o valor necessário, não tem feito à vontade Dele, pelo contrário, se promovem à custa do Pai! Louvam com os lábios, mas o coração esta longe de Jesus! Ele olha para a Terra e encontra o mundo dentro da igreja, porém não tem encontrado a igreja no mundo! Vocês realmente estão fazendo a diferença?
 
JÚLIA: Quem é você para nos dizer isso?
 
 
CONSIÊNCIA: Sou a Consciência! Que sempre pesa quando muitos não ouvem a voz do Senhor!
 
 
 
CENA 3
 
Neste momento de reflexão, entra o Comprador com um fundo musical sombrio.
 
COMPRADOR: Não deem ouvidos a este palerma! A Consciência é muito certinha e vocês já viram o jovem ser certinho? Juventude é sinônimo de zoarão, irresponsabilidade, ilegalidade, imaturidade, consumismo e rebeldia... Essa é a moda (risos)!
 
CONSIÊNCIA: Isso tudo os levaram a destruição! Não escutem a ele!
 
COMPRADOR: (Fala com um tom de revolta) Sai daqui seu estraga prazer! Sempre cortando o barato da brincadeira! Vai embora!
 
A Consciência vai embora entristecida.
 
COMPRADOR: (Fala com um ar irônico) Eu Tenho uma proposta pra vocês. É o seguinte, eu sou o comprador e tenho um ótimo negocio a oferecê-los! Comprarei seus talentos, que por sinal estão em baixa que nem a bolsa dos Estados Unidos, em troca de fama, luxo e poder, o que vocês acham?
 
JÚLIA: É uma boa ideia!
 
PEDRO: Pelos menos não teria mais que fazer caridade!
 
RAQUEL: E eu seria chique bem!
 
Neste momento Jesus entra e de fundo uma música reflexiva!
 
JESUS: Não!
 
COMPRADOR: E você sempre atrapalhando meus negócios!
 
JESUS: Afaste-se deles, pois paguei um alto preço pelas suas vidas!
 
COMPRADOR: (Falando com ar irônico) Eu voltarei, pois o mundo é feito de eternas transações! (Gargalhadas)
 
O Comprador se retira e Jesus se aproxima dos jovens.
 
JESUS: Filhos, eu que lhes chamei e paguei um alto preço por vocês, por isso confessem suas transgressões e seus talentos adormecidos acordaram do sono da indolência.
 
Os três jovens levantam da cadeira e ajoelham se perante a Jesus.
 
PEDRO: Perdoem - nos Senhor!
 
RAQUEL: Temos um chamado!
 
JÚLIA: E somos teus escolhidos!
 
JESUS: Agora vão e compartilhe vossos talentos, pois cada filho meu possui um. E o que vos dou não retiro, se recebeu estais com ele, se não, é porque anda adormecido. Aproxime-se de mim e trilhará o caminho da vida eterna!
 
Neste momento os jovens se levantam e começam a cantar.( Um chamado- Grupo 4 por 1)
 

 

 

A letra do cântico


Um Chamado
Quatro Por Um
 
Eu não vou parar, a estrada é muito longa vou continuar.
Mesmo em meio às lutas, eu não estou só e te sinto aqui.
 
A vida é mesmo assim, tantas aflições eu tenho que enfrentar
Mas o Senhor está sempre a me proteger te sinto aqui
Quando o vento sopra contra mim
Os problemas tentam me abater
Eu me lembro, o grande Eu Sou me enviou.
 
(Refrão)
Eu tenho um chamado jamais vou me calar
Eu tenho um chamado o evangelho anunciar
Eu fui escolhido no ventre da minha mãe
Eu sei que Deus não abre mão de mim não.
 
(2X)
Há muito pra fazer não há mais tempo pra olhar pra trás ...
 

 

O Clip da música final, e o site do Grupo

Estilos: 
Diversos: