SETE VEZES

Versão para impressão
O rei acabou de dar o sétimo mergulho, está curado

O Deus do impossível curou Naamã de sua lepra, através da boca de uma menina que contou sobre o profeta Eliseu e sobre o Deus Todo Poderoso de Israel.

A Bíblia conta esta história em II Reis capítulo 5, e aqui você tem o script para mostrar teatralmente.

Personagens:

Naamã,

Mulher de Naamã

Menina

Rei da Síria

Rei de Israel

Eliseu

Geazi

Servos

NARRAÇÃO: (Música) Naamã, chefe do exército do rei da Síria, era um grande homem diante do rei da Síria, e de muito respeito, porque por ele o Senhor dera livramento aos siros. Era este valente, porém leproso. As tropas da Síria levaram presa uma menina que ficou ao serviço da mulher de Naamã.

 

CENA 1 - (Luz - Senhora Naamã e a menina)

 

 

MENINA: Meu senhor é muito valente e respeitado.

SENHORA: Seu único problema é a lepra.

MENINA: Oxalá, meu senhor Naamã estivesse diante do profeta…

SENHORA: O que está dizendo menina?

MENINA: Sobre o profeta que está em Samaria.

SENHORA: O que tem esse profeta?

MENINA: Ele o restauraria da sua lepra.

SENHORA: A lepra não tem cura!

MENINA: Mas o profeta pediria ao Deus todo poderoso…

SENHORA: Impossível!

MENINA: Mas o impossível é possível através desse homem de Deus.

SENHORA: Tem certeza disso menina?

MENINA: Sim senhora. Ele é servo do Deus de Israel.

SENHORA: Vou já falar com Naamã.

MENINA: A senhora não vai se arrepender. (Música - B.O)

NARRAÇÃO: Deus por sua infinita misericórdia, visitou Naamã,. As vezes Deus usa o ímpio pra nos abençoar e por isso faz dele uma pessoa próspera e bem sucedida.

 

CENA 2 - (Luz - Naamã com sua mulher)

 

 

NAAMÃ: Como assim, ele pode me curar?

SENHORA: Foi o que ela disse.

NAAMÃ: A lepra não tem cura, não vou me expor.

SENHORA: Foi o que eu disse a ela, mas ela falou com tanta certeza…

NAAMÃ: E acreditou nela?

SENHORA: Ela é apenas uma menina, não tem malícia para mentir.

NAAMÃ: pode ser uma armadilha.

SENHORA: E por que ela faria isso?

NAAMÃ: Porque ele é uma prisioneira.

SENHORA: Mas senti sinceridade nas sua palavras. (Pausa)

NAAMÃ: E onde está esse profeta?

SENHORA: Em Samaria.

NAAMÃ: Eu já ouvi falar dos profetas de Israel, que o Deus deles cura e vence as batalhas.

SENHORA: Não tem nada a perder se for.

NAAMÃ: Não sei, não quero me expor ao ridículo.

SENHORA: Tu és temido por muitos e querido pelo rei, mas essa lepra é a sua única inimiga.

NAAMÃ: É verdade, eu não tenho nada a perder. Vou ter com esse profeta, mas terei que falar com o rei e pedir que me envie ao rei de Israel. (Música - B.O)

 

CENA 3 - (Luz - Naamã com o rei da Síria)

 

 

NAAMÃ: E isso foi tudo o que minha mulher me disse sobre esse profeta.

REI: Vá, anda, corra.

NAAMÃ: Poderei ir majestade?

REI: O mais rápido que puder, quero que volte limpo dessa lepra que te atormenta a tanto tempo.

NAAMÃ: Obrigado meu senhor!

REI: E quando voltar totalmente limpo, daremos um banquete a essa grande vitória.

NAAMÃ: Ora senhor…

REI: Volte limpo, e que essa viagem não seja em vão.

NAAMÃ: Também espero.

REI: Eu te enviarei, e mandarei uma carta ao rei de Israel.

NAAMÃ: Obrigado. (Música - B.O)

 

NARRAÇÃO: A bíblia diz: “ Os filhos das trevas são mais prudentes que os filhos da luz “ . Deus manda lermos a sua palavra, orar e jejuar e colocamos obstáculos. Os ímpios fazem de tudo pra alcançarem seus objetivos. E as vezes até se sacrificam para chegarem ao alvo. Assim, Naamã partiu, levando consigo prata, ouro e vestidos. Naamã foi recebido pelo rei de Israel e lhe entregou a carta.

 

CENA 4 - (Luz - Rei de Israel e um servo lendo a carta)

 

 

SERVO: Logo, em chegando a ti esta carta, saberás que eu te enviei Naamã, meu servo, para que o restaures de sua lepra.

REI: (Rasgando as suas vestes) Sou eu Deus?

SERVO: Não.

REI: Posso matar e vivificar?

SERVO: Não meu senhor.

REI: Por que este envia alguém a mim para ser restaurado de sua lepra?

SERVO: Não…

REI: Notai, peço-vos, e vede que busca ocasião contra mim. (Música - B.O)

NARRAÇÃO: Quando Eliseu, homem de Deus, ouviu que o rei de Israel rasgara suas vestes, mandou dizer ao rei: “ Por que rasgaste as tuas vestes? Deixa-o vir a mim, e saberá que há profeta em Israel”. Assim foi Naamã e sua comitiva e pararam à porta da casa de Eliseu.

 

CENA 5 - (Luz - Naamã e sua comitiva na frente da casa de Eliseu)

 

NAAMÃ: Vá e bata, peça pra vir me receber.

SERVO: (Batendo) Olá! (Sai Geazi, de Eliseu)

GEAZI: O que desejam?

SERVO: Meu senhor deseja falar com o profeta.

GEAZI: O profeta manda disser que vá, e lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne te será restaurada, e serás purificado.

NAAMÃ: (Indignado) Como pode ser isso? Vamos embora! Perdemos nosso tempo. (O mensageiro sai de cena) Eu pensava que ele sairia, ficaria em pé diante de mim, e invocaria o nome do Senhor seu Deus, agitaria a mão sobre o lugar infectado, e me curaria da lepra. Não são Abana e Farfar, rios de Damasco, melhores do que todas as águas de Israel? Não poderia eu lavar-me neles, e ser purificado?

SERVO: Meu pai, se o profeta te houvesse indicado alguma coisa difícil, não a terias feito?

NAAMÃ: Talvez sim.

SERVO: Quanto mais, dizendo para ti: Lava-te, e serás purificado.

NAAMÃ: Não me custará nada tentar.

SERVO: Ao contrário, poderá sair limpo e agradecer ao profeta. ´

NAAMÃ: Vamos ao Jordão e veremos se há profeta em Israel. (Música - B.O)

NARRAÇÃO: Foi então Naamã ao Jordão e mergulhou sete vezes como o profeta lhe tinha ordenado, e a sua carne foi restaurada, e se tornou como a carne de um menino, e ficou purificado. Então voltou Naamã ao homem de Deus, ele e toda a sua comitiva.

 

CENA 6 - (Luz - Naamã, sua comitiva, Eliseu e seu mensageiro)

 

NAAMÃ: Vim para agradecer a esse tão grande milagre.

ELIZEU: Foi Deus quem o fez.

NAAMÃ: Peço que aceite um presente do teu servo.

ELIZEU: Tão certo como vive o Senhor em cuja presença estou, não o aceitarei.

NAAMÃ: Somente isso que trouxe…

ELIZEU: Não o aceitarei.

NAAMÃ: Agora conheço que em toda a terra não há Deus senão em Israel. (Música - B.O)

NARRAÇÃO: Geazi contudo desobedeceu e seguiu a Naamã para obter alguma coisa do que trouxe. Naamã agradecido, deu o que ele pediu e quando Geazi voltou mentiu ao profeta que lhe disse que a lepra que estava em Naamã passaria para ele e assim se fez. Deus nos fez para sermos perfeitos, para o adorar, e andarmos com Ele. Sofremos porque pecamos e quando estamos na prova, não entendemos que precisamos ser moldados e aperfeiçoados. Temos que nos livrar das experiências carnais que trouxemos do mundo e as vezes leva tempo pra Deus chegar ao ponto certo. Precisamos tirar a lepra que o mundo nos impôs, precisamos olhar para Deus e entender que só Ele vale a pena nesse falso mundo de trevas. (Música aumenta)

Ministério Profissional Atores de Cristo - Brasil - Portugal

Escrito por Nan Breves em Setúbal - PT no dia 07 de Março de 2010

Fim

Todos os Direitos Reservados@

NAN BREVES

Autores: 
Estilos: 
Diversos: