SENHOR NÃO ME INTERROMPA, EU ESTOU ORANDO

Versão para impressão
Orando de joelhos ao lado da cama

O que aconteceria se, quando você fosse orar, Deus o interrompesse? Neste divertido teatro, nosso jovem se prepara para fazer sua oração diária antes de ir para a cama quando uma voz o interrompe. Uma pequena e simples dramatização. Ideal para realizar na igreja ou qualquer noite de juventude.

Cenário: Uma cama  e o jovem que faz a oração está em pijama pronto para dormir.

JOVEM:   Como estou cansado! Estou com tanto sono que acho que vou adormecer no meio da oração. Já sei, vou fazer uma oração muito curta e a cama. (Ele se ajoelha e começa a orar). "Pai nosso que está no céu...

VOZ:    Sim? O que você quer meu filho / filha?

JOVEM:   Não me interrompe, Senhor, estou orando.

VOZ:    Mas você me chamou.

JOVEM:   Eu chamei você? Eu não chamei você. Estou apenas orando: "Pai nosso, que está no céu..."

VOZ:    Veja? Você fez isso novamente.

JOVEM:   O que eu fiz?

VOZ:    Você me chamou. Você disse: "Pai nosso, que estás no céu".

JOVEM:   Mas eu não queria dizer nada com isso. Você sabe? Eu estava fazendo a oração da noite. Às vezes eu repito a oração modelo: Oração do Senhor, isso me faz sentir bem, é a sensação de que cumpri com minha obrigação.

VOZ:    Bem, continue orando.

JOVEM:   "Santificado seja Seu nome..."

VOZ:       Espere um momento, o que você quer dizer com isso?

JOVEM:   Com o quê?

VOZ:    Com o “santificado seja Seu nome”

JOVEM:   Significa... significa... E eu é que sei?! Não sei o que isso significa. Como eu poderia saber? Só sei que é parte dessa oração. Aproveitando então... o que quer dizer?

VOZ:    Significa honesto, santo, maravilhoso.

JOVEM:   Ah! Isso já faz sentido. Nunca antes pensei o que significava a palavra "santificado". Bem, eu continuo: "Seu reino venha, sua vontade será feita no céu como na Terra..."

VOZ:    Você realmente quis dizer isso?

JOVEM:   Claro, por que não?

VOZ:    E o que você vai fazer por isso?

JOVEM:   Não? Não acho nada. Eu acho que seria muito melhor se você assumisse o controle de tudo aqui, como Você o faz lá.

VOZ:    Você acha que tenho controle sobre você?

JOVEM:   Bem, eu vou à igreja, às vezes eu faço a lição...

VOZ:    Não foi o que eu lhe perguntei. Eu estava me referindo a seus desejos, sua inveja, seu mau comportamento, seu caráter, sua rendição incondicional para mim. Você sabe? Agora você tem um grande problema a respeito disso. Além disso, existem outras coisas, como a forma como você gasta dinheiro... apenas para você. E que tipo de livros você lê, ou que tipo de música você ouve ou o que você assiste?

JOVEM:   Não olhe só para mim. A final eu sou igual a muitos da igreja.

VOZ:       Espere um momento, pensei que você estava pedindo para que minha vontade fosse feita? E se isso acontecer, deve começar com aqueles que oram, como você, por exemplo.

JOVEM:   Ok, está tudo bem. Penso que sim, tenho algumas deficiências. E depois que Você mencionou o assunto, eu poderia citar mais algumas coisas.

VOZ:    Eu também.

JOVEM:   Nunca pensei nisso até agora, mas gostaria de corrigir todas essas falhas.

VOZ:    Ótimo, você já começou. Vamos trabalhar juntos você e eu. Com a minha ajuda, você pode realmente obter muitas vitórias.

JOVEM:   Olha, senhor, preciso terminar esta oração. Já está me levando mais do que o habitual. "Dê-nos o nosso pão diário hoje..."

VOZ:       E o resto do pão que você jogou fora ontem?

JOVEM:   O que é isso, o dia da crítica? Eu estava aqui cumprindo um dever religioso, e de repente você entra e me lembram de todas as minhas deficiências e as coisas que eu faço de errado.

VOZ:    Orar é perigoso. Você pode acabar sendo mudado, você sabia? É isso que eu estou tentando fazer. Você me chamou e aqui estou, agora é tarde demais para parar... Bem, continue orando, estou interessado na parte que segue na sua oração (há uma pausa)... Vamos, continue.

JOVEM:   Estou com medo, senhor,

VOZ:    Com medo do quê?

JOVEM:   Porque eu sei o que você vai dizer depois.

VOZ:       Experimente.

JOVEM:   Está bem. "Perdoa nossas dívidas como perdoamos nossos devedores?

VOZ:    E quanto a Raul?

JOVEM:   Viu!? Eu sabia. Senhor, ele acha que ele é melhor do que eu, ele me critica, ele está  dizendo mentiras a meu respeito. Ele não fala comigo e ele zomba de mim com seus amigos  quando eu passo.

VOZ:    E quanto a sua oração?

JOVEM:   Não foi o que eu queria dizer.

VOZ:       Bem, pelo menos, você é honesto. Mas não é muito bom ter uma sensação amarga, não é?

JOVEM:   Não, mas vou me sentir melhor depois que ele me pagar por tudo que já fez contra mim. Eu já sei o que eu vou fazer. Ele vai se arrepender do que ele fez comigo.

VOZ:    Você não vai se sentir muito melhor. Mesmo, eu sei que você se sentirá pior. A vingança não faz ninguém feliz. Pense que se você agora estiver infeliz, como será mais tarde? Mas eu posso mudar tudo isso.

JOVEM:   Você pode? Como?

VOZ:    Perdoa Raul e depois vou te perdoar. Então o ódio e o pecado serão os problemas de Raul e não os seus. Você pode perder popularidade entre seus amigos, mas você ganhará seu coração e terá paz interior.

JOVEM:   Mas Senhor, não posso perdoar Raul.

VOZ:   Então não posso responder a segunda parte do seu pedido.

JOVEM:   Você está certo. Bem, você sempre está certo. Prefiro estar com você do que me vingar do meu vizinho... Ok, ok, eu o perdoo e eu vou te pedir mais: Ajude-o a dar seu coração a você. E agora que pensando em tudo isso, acho que, se ele continuar agindo assim, acabará mal e isso me deixará triste.

VOZ:    Maravilhoso, muito bom. Como você se sente agora?

JOVEM:   Hummmmm! Bem, nada de ruim, na verdade. Na verdade, agora me sinto muito bem. Parece que o perdão ocupa o espaço onde uma vez foi ocupado pelo rancor contra Raul.

VOZ:    Você tem certeza?

JOVEM:   Claro, acho que é a primeira vez, que não estou preocupado com a cama.

VOZ:    Mas você ainda não terminou sua oração. Continue

JOVEM:   Ok, "Não nos deixe cair em tentação, mas nos livrar do mal..."

VOZ:    Excelente, vou fazer exatamente isso, mas você também deve evitar situações que te deixam tentado.

JOVEM:   O que você quer dizer com isso?

VOZ:    Eu vou protegê-lo, mas você deve evitar de ir para certos lugares que não são recomendados, embora eles estejam muito na moda. Você terá que deixar alguns de seus hábitos e alguns de seus amigos. Aqueles que afirmam ser seus amigos, mas realmente o que eles fazem é machucá-lo. Não se deixe enganar quando eles lhe dizem que vão gastar uma bomba, mas para eles e para você será uma ruína. Depois, não servem como uma porta de fuga.

JOVEM:   não entendo.

VOZ:    Sim, você entende. Você fez isso muitas vezes. Se mete em situações difíceis, se meteem problemas e depois corre para mim: Senhor, ajude-me, salve-me desse problema e prometo que nunca vou me envolver em outro. Você se lembra desse tipo de negócio que você sempre tenta fazer comigo?

JOVEM:   Lembro-me e estou com vergonha, estou realmente envergonhado.

VOZ:    Você se lembra de alguém em particular?

JOVEM:   Bem, quando um irmão da igreja me viu, saindo da boate. Eu deveria estar em outro lugar. Lembro-me de que eu disse a Você: Senhor, não deixe que os meus pais saibam e irei à igreja sem nunca faltar

VOZ:    Essa pessoa não disse nada aos seus pais, mas você não cumpriu sua promessa.

JOVEM:  Senhor, perdoe... Até agora eu sempre pensei que orar era dizer algumas frases ou repetir outras e isso era o suficiente, mas nunca pensei que você pudesse responder assim.

VOZ:    Bem, termine sua frase.

JOVEM:   "Porque o seu é o reino, o poder e a glória, para todo o sempre. Amém "

VOZ:       Você sabe o que me daria mais glória? O que realmente me deixaria feliz?

JOVEM:   Não, mas eu gostaria de saber. Agora eu quero agradar Você. Agora eu quero viver como um bom filho Seu e seguir fazendo a Sua vontade.

VOZ:    Você acabou de responder a minha pergunta.

JOVEM:   Sim?

VOZ:    Exatamente. O que me dá mais glória é ter pessoas como você ,que realmente me amam e me seguem.
Estou vendo que isso está começando a acontecer com você.
Agora que os antigos defeitos foram esclarecidos e os obstáculos retirados da estrada, ninguém pode imaginar o que podemos fazer juntos.

JOVEM:   Senhor, estou ansioso para ver o que você pode fazer comigo a partir de agora.

VOZ:    E estou disposto a abençoar ainda mais sua vida.

 

Texto  em espanhol Jovenes Cristianos


DRAMA DA ORAÇÃO DO PAI NOSSO  É a versão mais antiga dexte texto

 

 

Diversos: 
nº de personagens: