POR TRAZ DO PECADO

POR TRAZ DO PECADO

Edson é um homem que está vendo seu casamento ir por água a baixo e seus filhos se tornarem rebeldes, assim como é o quadro de muitas famílias hoje em dia.
Na peça Por Trás do Pecado é revelado como o inimigo trabalha na mente e encontra brechas para destruir o bem precioso de Deus: a família.

 Drama
 Família destruída – Evangelismo / Exortação / Família / Perdão

POR TRAZ DO PECADO
Personagens:
    1. EDSON:    
    2. SOMBRA –
    3. DEMO 1 –
    4. DEMO 2 –
    5. DEMO 3 –
    6. JESUS:    

(Palco escuro, luz fraca no meio – Cenário – mesa pequena com um vaso com flores murchas e um retrato de família, cadeira, tapetinho)
(Edson chega a casa, está bravo, joga a mala no chão, anda de um lado para o outro, pega um porta retrato com a foto de sua família e joga no chão. Senta na cadeira e apoia a cabeça nas mãos.)
(Sobe uma fumaça no fundo da casa, luz vermelha.)
SOMBRA:    Ahh, mas olha como ele está... Que pena, a mulher o deixou, os filhos não o respeitam, perdeu a credibilidade em seu trabalho... O que será que aconteceu?
EDSON:    O que será que aconteceu?
SOMBRA:    Por que isso está assim? Por quê?
EDSON:    Por que isso está assim? Por quê?
SOMBRA:    Mas você não imagina?... (risada) eu vou refrescar a sua memória...
(Vem do fundo do palco uma mulher fumando um cigarro e com roupas vermelhas, muita maquiagem.)
EDSON:    Que... Quem é você? Quem é você? Sai daqui... Sai...
SOMBRA:    Nossa, mas quanta hospitalidade... Você deveria me tratar melhor! Afinal, sem mim você não teria nada do que tem hoje!
EDSON:    Quem é você?
SOMBRA:    Você não sabe quem eu sou? Não sabe mesmo quem sou? Pois bem, sente-se aí... Vou te fazer lembrar... Ahh, você lembra uma foto no outdoor que tem a caminho do seu trabalho de uma mulher em pose sensual? Ahh... E daquele programa de TV que você não perde, onde as mulheres estão com um biquíni tão pequeno que (risos), e a novela que você parou para assistir... Uhnn... Foi só um capítulo e a esposa do vizinho parecia tão melhor que a dele, né? Ele tinha razão em trair, afinal, amor é amor! Não é mesmo? E... O e-mail que você recebeu dos amigos, aquele com conteúdo baixo... Ahh, você estava tão sozinho aquele dia... Não tem nada a ver, né? Afinal, você não está procurando nada demais... E por fim, aquela moça do escritório, tão jovem, tão bela, e ela está te olhando também, (pega no rosto dele e mostra, apontando para a parede) veja... Mas ninguém vai saber... Xiu... Esse segredo fica entre você e eu... E sabe quem foi o cupido? EU! Não sabe quem eu sou? Eu sei muito de você! Sua luxúria, seu prazer! Trabalhei em sua mente! Enquanto você estava satisfazendo seus pensamentos era pra mim que você olhava! Era a mim que você desejava!
EDSON:    Não! Eu não! Nunca... Eu não queria... Eu não quero...
SOMBRA:    Mas você que me deixou entrar na sua vida! Ahh deixou... Você mesmo que abriu a porta, bobinho! Mas não se sinta culpado... (risos), sua esposa não foi boa pra você! (massageando a cabeça dele)...
EDSON:    É, ela parou de se arrumar pra mim... Que prazer eu tenho em chegar em casa e encontrar uma esposa daquele jeito?
SOMBRA:    Isso, isso mesmo, ela é culpada... E não eu, afinal... Eu nem existo... (empurra a cabeça dele) SEU IDIOTA! Não percebeu? Eu não trabalho sozinha... (risos) quero te apresentar meus amigos!
(vão entrando três demons de preto, agachados pelo chão – movimentos “estranhos”)
SOMBRA:    Você já ouviu falar em depressão? Em revolta, ansiedade, rebeldia?... (risos) Eles são expertise nisso! Eles plantam sementes nas mentes pequenas e vagas e essas sementes crescem e dão frutos tão suculentos, humm! Enquanto você estava lá, tomando café com a moça bonita do escritório, rindo de piadinhas inúteis e jogando conversas banais fora... Humm... Eles estavam aqui, na sua casa, mostrando para sua mulher quão feia ela estava se comparada às modelos belas e altas da TV, quão burra em relação a assuntos globais, ela se sentia pequena... Coitada... Seu marido estava muito ocupado pra ela, não é mesmo? Mas ela não estava sozinha, não, ela encontrou acalanto em delícias da vida! Enquanto ela se deixava levar por pensamentos depressivos, lembranças do passado, amantes imaginárias, programas sem conteúdo na TV, músicas sem sentido, mergulhada na amargura de seu ciúme... (risos) Eu estava por trás! Comandando vocês como meus bonequinhos, meus fantochinhos... E seus filhos? (risos) Aqueles moleques! Como foi fácil acordá-los no meio da noite pra ouvir suas brigas, como foi fácil prender eles na internet em conteúdos ilícitos, como foi fácil depreciá-los com os jogos que esse mundo tem, com más influências, como foi fácil fazer eles me darem os pedaços inúteis de suas almas... Afinal, que base eles tem? Que conforto na família? Do pai? (risos) Ai, ai, acabar com sua família foi muito fácil pra mim, seu tolo, você ajudou! Agora eu tenho todos, aqui, na palma da minha mão! (risos) Vou te contar uma coisa...

(música – Nas palavras de satanás - cantando)
Estive aqui desde o início
Sei exatamente como você funciona
Eu sei todos os seus desejos
Sei o que te faz perder as estribeiras
Estive mentindo desde o início só para que você tenha parte na minha rebelião infinita contra o Deus Pai
Odeio tudo o que Ele é e te farei odiá-lo também
Fazer você odiá-lo com suas ações é tão fácil para mim
Porque você gosta...
O pecado é bom para o ego...
Você ama...
Oh, vamos querido

E todo o tempo, eu estou te enrolando
Como o meu perfeito "fantochinho", você é meu robô favorito, bem-vindo ao show, mas eu estou te observando e todo o inferno está comigo também me ajudando fazer minhas mentiras parecerem verdade
Ah, e sempre tem uma mentira que funciona pra todo mundo, todo mundo
Uma mentira que abre seu coração para que eu possa ter um pouco mais do seu livre-arbítrio
Eu estou enrolando você
Enrolando você
Me dê o controle é por isso que eu estou dizendo a você
Vendendo você
Qualquer coisa
Todas as coisas
Que apelam para o seu jeito humano de ser e eu uso tudo contra você só para impedir seus olhos de ver além da vida que você leva
Além do momento em que você está
Além do prazer do seu pecado

Ou do cigarro que você está fumando
Asfixiado em sua luxúria
Eu vou te embriagar com orgulho
Tão profundamente dentro do meu sistema que você não vai ver a luz
Não me importa se eu estou afogando você
Eu continuo te enganando...

Porque eu não disse
Que há Deus no céu
Que te ama
Que anseia por ti
Eu não te disse
Sobre a liberdade do perdão e da verdade
Por que eu iria dizer?
Por que eu iria dizer a verdade?

Mas eu vou dizer que há milhões de anos, numa explosão acidental
E você é o resultado desse cosmos desconhecido sem nenhum propósito real
Criado sem intenção real
A razão da sua existência é mera coincidência
Assim, tudo o que resta é o que você pode ganhar
Qualquer coisa que você possa atribuir aos seus dias você que decide
Mmm, mas eu que te ajudo a reconhecer as coisas importantes na vida
Introduzindo dinheiro, que é a raiz de todo mal, segundo eles
Atribuindo sua autoestima ao salário que te pagam. Escravo de sua propriedade
Suas joias
Seus carros e coisas
Anuncio aquela mentira na TV só para que você queira comprar
Vendendo pouco a pouco os pedaços da sua alma
Subindo a escada do controle econômico
Ah, o homem ganancioso perverte tão facilmente o plano do Pai

Ou eu vou te dizer...
Existe um paraíso, mas há muitas maneiras de entrar nele
O mantenho confuso para que você continue ligado ao seu pecado
Digo que existem muitos caminhos para o mesmo Deus
Mantenho-o distraído com os seus métodos para que o seu coração fique duro,
Eu vou fazer você achar que tem espiritualidade, mas é realmente apenas uma alquimia emocional
Ah, a vaidade da autoidolatria eu nunca deixarei você ver que isso perdura
Hedonismo! Whoo!
E é resposta desta geração
Vamos lá, beba isto, cheire isto, fume isto, engula isto
Mastigue minha ilusão de liberdade até você vomitar

Porque eu não disse
Que há Deus no céu
Que te ama
Que anseia por ti
Eu não te disse
Sobre a liberdade do perdão e da verdade
Por que eu iria dizer?
Por que eu iria dizer a verdade?

SOMBRA:    Agora você entende? Te conheço, sei tudo o que eu preciso para usar sua vida ao meu favor, e para você... Ham, não tem mais saída!
EDSON:    Não... Eu não queria... Eu não quero você na minha vida...
SOMBRA:    IDIOTA! Você ainda não entendeu? Eu domino sobre esse mundo, eu tenho poder para governar suas mentes e corações, eu quero acabar com cada um de vocês, mas bem aos poucos para ouvir o grito de suas almas podres!
EDSON:    Por quê? Por que você não me deixa em paz?
SOMBRA:    Paz? É isso o que você quer? Paz? Vamos brincar, vamos jogar um joguinho que eu gosto muito... Começa assim, eu pergunto e você me responde com uma palavrinha, certo? Vamos lá... Quem traiu sua esposa?
EDSON -...
SOMBRA:    Você ainda não entendeu né? Vou perguntar de novo... Uhnn... Quem traiu sua esposa? Quem?
EDSON:    Eu...
SOMBRA:    Fale mais alto!
EDSON:    Eu!
SOMBRA:    Certo você está entendendo... Próxima, quem não parou para ouvir e brincar com os filhos?
EDSON:    Eu!
SOMBRA:    Quem mentiu para o chefe?
EDSON:    Eu!
SOMBRA:    Quem mentiu para todo mundo?
EDSON:    Eu!
SOMBRA:    Quem fingiu ser uma pessoa que não é?
EDSON:    Eu!
SOMBRA:    Quem...
EDSON:    Eu. Fui tudo eu! Minha culpa, fui eu!!
SOMBRA:    Adoro meu trabalho!! É isso mesmo! A culpa é sua! Você plantou todas essas coisas, você que escancarou a porta pra eu entrar, você que deu a brecha para eu entrar em sua vida, em sua casa. Você! Eu só fiz o que eu tinha que fazer... Afinal, eu sou a criação decaída, o espírito sem perdão, a sombra do juízo de Deus! E você? Você é a imagem e semelhança... A supremacia da criação... A Glória das mãos do Criador... Por você Ele deixou de Ser para se transformar em criatura e morrer, e tomar aquela chave de mim... (dá um grito “de dor” – se recompõe) É por isso que eu gasto cada segundo de vida para acabar com você, com vocês! Suas famílias, seus planos estúpidos! Eu mudo o foco... Mudo a visão que vocês têm a respeito de Deus e do plano de vida eterna, abundante e todas essas ladainhas que Ele tem para as suas vidas, eu...
EDSON:    Espere aí... Deus tem um plano pra minha vida?
SOMBRA:    Que?... Quem falou isso? Do que você está falando?
EDSON:    Você acabou de dizer que Deus tem um plano na minha vida... Que Ele morreu por mim e...
SOMBRA:    E daí? Esse não é o foco do meu monólogo... Onde eu estava? Ahh então...
EDSON:    Não! Não quero mais te ouvir, não quero mais te ouvir! Não quero mais você na minha vida! Não!
SOMBRA:    E quem você pensa que é? Você acha que é assim? Acha mesmo que pode me tirar da sua vida?
EDSON:    Não... Eu sei que eu não posso... Mas... Tem alguém que pode. JESUS! Me perdoe! Mude a minha vida e me LIVRE desse mal! Eu preciso de Ti!
SOMBRA:    Não! O que você fez? Não! Seu estúpido! Seu... Eu sempre estive do seu lado, eu te dei prazer, vigor, eu estava nos seus sonhos, eu... (vira e dá de cara com JESUS:    desmaia – os outros demons a arrastam para o fundo do palco no chão)
EDSON:    Você... Veio?
JESUS:    E como não? Eu não desprezo um coração contrito! (coloca a mão em seu ombro – Edson abaixa a cabeça) Sei que está envergonhado, eu conheço sua vida, sei tudo o que aconteceu. Mas tem algo maior nessa história toda.
EDSON:    E o que é?
JESUS:    O perdão! Te perdoo Edson.
EDSON:    Por tudo?
JESUS:    Por tudo! Não peques mais!
EDSON:    E... Minha família?
JESUS:    Esse é outro trabalho, vai ser uma longa e estreita jornada, mas eu não desisto.
EDSON:    Também não vou desistir Senhor.
JESUS:    Então conte comigo também!
EDSON:    Mas... Eu vou sozinho?
JESUS:    Não! Estarei contigo todos os dias de sua vida e... Te apresento sua família (mostra a igreja), eles estarão com você e você com eles, serão um comigo assim como sou um com o Pai. Eles te acolherão, te ensinarão, e se precisar chamar a sua atenção em amor, como uma família, eles o farão. Agora, pode se apresentar... A gente se vê!
EDSON:    Oi... Meu nome é Edson, e assim como vocês viram minha história... Têm muitos outros que, assim como eu, deram lugar ao inimigo, abriram brechas e tiveram suas vidas e casas destruídas... Temos que identificar essas brechas e trabalhar para não darmos mais abertura porque sabemos quem trabalha incansavelmente para destruir a criação de Deus e quem está por traz do pecado, assim como ele mesmo nos contou sobre sua rebelião... Mas temos alguém que é por nós! Eu conto com vocês para mudar a minha vida pela luz da Palavra e têm muitos outros que contam com a igreja... Então, lembrando que nossa luta não é contra carne ou sangue, mas contra principados e potestades... Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará! Mãos à obra!
FIM


02/01/2012 –  Priscila Lima de Oliveira Sinosini

Estilos: 
Idades: 
Diversos: 
nº de personagens: