PALAVRA DE DEUS

Versão para impressão

Elenco: Investigador, Acusada, Advogado, Policial, Cientista, Doutor, Legista

Sala de Interrogatório

Laboratório Criminal
Sala de Raio-X
Sala de autópsia, A acusada está morta na mesa com um pano sobre ela. Entra o investigador.

 

 

 Cena 1: Sala de Interrogatório

 
Investigador: Temos provas substanciais contra você, Sra. Lima, e nosso laboratório está executando um teste de Romanos 3:23 no seu DNA enquanto conversamos. Se isto for a julgamento, você estará diante de Deus.
Acusada: Mas eu nunca fiz nada errado... verdade...
Advogado (interrompe): Não diga uma palavra; deixe-me cuidar disso. O que você está oferecendo?
Policial: Vamos ver. Ela entrega sua vida para Jesus; Jesus pega a pena de morte pelos seus pecados; ela o serve em uma pena perpétua, vivendo para Deus, e sem condicional por bom comportamento.
Advogado (sussurra): Eu acho que você deveria considerar isso.
Acusada: Perpétua? Você deve estar brincando?
Investigador: É uma oferta generosa, Sra. Lima. Eu sugiro que aceite.
Acusada: Sem chance, eu sou inocente, estou dizendo! Deus não tem nada comigo. Você tem que acreditar!
Investigador: Nós acreditamos no DNA.
 
Cena 2: Laboratório Criminal
O cientista está olhando no microscópio. O investigador entra.
 
Investigador: O que você tem?
Cientista: Os resultados do teste de Romanos 3:23. Dê uma olhada.
Investigador: Parece um DNA normal... exceto... O que é esta decaída?
Cientista: Isto é um pecado, e é inerente a todos os seres humanos.
Investigador: Então, perante Deus, ninguém é inocente?
Cientista: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” Romanos 3:23.
Investigador: Bem, isso quer dizer que se nossa Sra. Lima for ao julgamento de Deus, ela será considerada culpada.
Cientista: A não ser que entregue sua vida a Jesus. Este é o único jeito de se livrar do pecado.
Investigador: Eu acho que devemos ter outra conversa com a Sra. Lima.
 
Cena 3: Sala de Raio-X
O Doutor está examinando um Raio-X de tórax.
 
Policial: Você me chamou?
Doutor: Lembra-se do testemunho da Sra. Lima?
Policial: Sim, ela disse que era sua vida, por que então ela não seria capaz de viver do jeito que bem entendesse? Parece OK.
Doutor: Isso foi o que eu pensei no início, até um ver isso à luz da Bíblia. (Mostrando o Raio-X) Você vê a palavra de Deus viva e ativa, mais afiada que uma espada de dois gumes, ela penetra dividindo até mesmo alma e espírito, juntas e músculo, ela julga os pensamentos e as atitudes do coração, consegue ver essa descoloração aqui?
Policial: Parece orgulho, arrogância, e talvez ambição?
Doutor: E tudo isso junto colocou Deus para fora do trono do seu coração e tomou o lugar para si mesmo.
Policial: Então ela disse que era sua vida, ela estava errada; era realmente de Deus.
Doutor: Mas o interessante é, se ela simplesmente entregasse sua vida para Deus, ele promete devolver uma ainda melhor e mais abundante.
Policial: Ela está só se iludindo.
Doutor: E a nós, quase.
Policial: Bom trabalho.
Doutor: Obrigado.
 
Cena 4: Sala de autópsia
A acusada está morta na mesa com um pano sobre ela. Entra o investigador.
 
Investigador: Eu acabei de saber. Ela está morta?
Legista: Bem, o homem não vive só de pão. (descobre o corpo)
Investigador (faz careta): Argh, credo. O que aconteceu?
Legista: O termo técnico é Todos-nós-morremos-cedo-ou-tarde. Não tem explicação real, simplesmente, sua hora chegou.
Investigador: Mas eu ouvi que a autópsia revelou algo.
Legista: Ah, revelou sim. (“abre” o peito)
Investigador (horrificado): Meu Deus, isso é o que eu estou pensando?
Legista: É. Retratores... E aqui está.
Investigador: Nossa!
O Legista remove uma pedra do seu peito.
Investigador: Este era seu coração?
Legista: Faz você imaginar como ela conseguiu viver tanto, não?
Investigador: Isso não faz sentido, ela não parecia tão mal.
Legista: Bem, o homem vê o exterior, a aparência, mas Deus vê o coração. E infelizmente, como você pode ver, neste aqui, havia muito pouco amor.
Investigador: É... mas a Bíblia diz que Deus quer remover nosso coração de pedra e nos dar um de carne e sangue.
Legista: Se quando nós ouvirmos suas palavras e não endurecermos nossos corações. Parece que para ela é um pouco tarde agora.
Investigador: Parece que sim. Bem, boa sorte limpando isso.
Legista: Obrigado.
 

 

Autores: 
Estilos: 
Diversos: