O CUBO

Versão para impressão
Desenhos de Jesus e do Papai Noel

Como se fosse um Reality Show, o público é convidado a espiar as situações de vida de 6 personagens; São 6 histórias de vida; São 6 situações diferentes; Em 6 ambientes diferentes... A época é o Natal
LILI, 22 anos, representa a JUVENTUDE
RICKY, toxicodependente, DROGAS
INÊS, senhora muito rica, RIQUEZA
JORGE, pai de família, DESEMPREGO
EMÍLIA, senhora idosa muito só, VELHICE
JONES, músico rock profissional, MUNDO

IDEIA: Só Deus conhece o coração do homem.
Tal como um cubo as 6 faces são visíveis, mas não vemos o que está lá dentro.
Provérbios 21:2 Todo caminho do homem é reto aos seus próprios olhos, mas o SENHOR
sonda os corações.
Salmos 26:2 Examina-me, SENHOR, e prova-me; sonda-me o coração e os pensamentos.
As personagens devem estar nos seus lugares quando o narrador começa a falar. É como se estivéssemos a ver um filme. Exemplo: O narrador começa a falar de uma personagem, esta meche-se quando para a personagem tem que ficar estática (play, pause).
Decoração: Um grande cubo pendurado no teto, em cada uma das faces terá escrito o que cada uma das personagem representa.

Introdução:
NARRADOR: Nesta época de Natal nem todos têm o privilégio, que nós temos. Estamos rodeados pelo aconchego da nossa família, temos um lar quentinho, alguns presentes para dar e receber, comidinha na mesa. E o mais importante conhecemos Jesus Cristo.
"Embora ao homem pareça que todo o caminho é reto aos seus próprios olhos, só o SENHOR sonda os corações. (Provérbios:2:12)
Muitas pessoas têm um natal diferente do nosso. Convido-vos para juntos espreitarmos algumas pessoas, que estão passando o Natal em situações bem diferentes.
Musica de fundo
Lili 22 anos,
NARRADOR: Esta é a Liliana, tem de 22 anos, saiu de casa aos 18, divide um apertamento com outras jovens da sua idade. A sua liberdade e independência custaram-lhe a distância da sua família as saudades. Ela prepara-se para ir passar o de Natal com a família
(enquanto a personagem fala ela prepara a sua mala de viajem)
LILI: Termino de fazer a mala de viagem mais tarde, tenho que ir às compras, preciso comprar os presentes e alguma roupa.
Será que vai haver festa de Natal na igreja este ano?
Seria bom, recordar os tempos em que eu também participava.
Afastei-me de tudo e de todos, da igreja de Deus.
Vim para longe, como a vida mudou e eu também.
RICKY toxicodependente ,
NARRADOR: Aqui vemos o Ricky, não é preciso falar muito para perceber qual o seu problema: as drogas. Nestes dias de Natal ele pensa no mesmo de cada dia, como sustentar a sua dependência.
(mal vestido com roupa quente)

RICKY: Se eu conseguisse umas doses baratuchas é que ia ser!
Seria um presente de natal!
Humm... devia ir visitar a mãe, ia gostar de a ver, de comer aquela comidinha tão boa, sentir o aconchego dela.
Que saudades...de volta á realidade, que frio, esta noite de natal vai ser dura.
Vou ver se encontro mais um cobertor por aí e o jantar.
INÊS rica
NARRADOR: Mais um natal e a senhora Inês sozinha, na sua grande mansão. O seu marido como sempre de viajem pelos negócios, disse-lhe que estaria de volta na véspera, mas até agora nada.
(vestida chique elegante mostrando ser muito rica)
SENHORA INÊS: Será que ele vem, estou cansada de ficar sozinha. Esta casa grande faz a minha solidão ainda maior. Não me falta nada, não me posso queixar, mas sozinha... no natal, que tristeza... ( Inês chora)
Participação musical – “O nome de Jesus"
JORGE (pai de família),
NARRADOR: Este é o Jorge, um pai de família muito orgulhoso e cuidadoso com os seus filhos. Como tal, quer o melhor para eles. Mas este ano a dificuldade financeira bateu-lhes á porta.
(arruma os presentes debaixo da árvore de Natal)
JORGE: Há 6 meses desempregado, este ano os presentes são mais pequenos. As crianças aguardam o dia de amanhã com ansiedade, espero que não fiquem desapontadas. O melhor presente seria um emprego, não posso continuar assim. Vou pedir ao o menino Jesus, que nos ajude, iremos á igreja, vou pedir para orarem por nós. Talvez Deus se lembre de mim, aqui nesta situação.
EMÍLIA, Idosa muito só.
NARRADOR: A Dona Emília, tem 87 anos, vive num lar da terceira idade há 6 anos. Sempre aguarda, com ansiedade, a visita da sua família nesta época festiva.
(coloca umas meias quentinha e calça pantufas)
DONA EMÍLIA: Será que o meus filhos veem me buscar? Eles não avisaram que vinham, mas tenho esperança...
Andam sempre tão ocupados, entre o trabalho e os filhos. Mas eu também faço parte da família. Puseram-me aqui no meio desta gente. Quando eu ainda tinha forças e os ajudava ficava lá em casa, agora como já não posso...
Gostava tanto dos momentos com os meus netos... e de conversar com os meus filhos...
JONES, músico
NARRADOR: Aqui vemos o Jones, músico profissional, a sua vida é o rock. A estrada, concertos, festas e tudo o que mundo oferece, mas sempre que chega o natal...
(vestido de coro, com uma guitarra na mão)
JONES: Mais um natal, todos vão para as suas famílias e eu fico aqui. Devia procurar um quarto de hotel maior para estes dias. Se eu tivesse escolhido a vida de família, não estaria só com a minha guitarra! Como não há concertos, não há festas para me divertir e assim não ter que pensar na vida. Vou ter que deixar esta vida, o vazio que sinto na alma, tem que acabar! Assim não posso continuar.
NARRADOR:
(cada personagem deve sair da cena quando é mencionada no resumo)
Esperamos, que neste Natal, a jovem Lili, tenha voltado à sua igreja e família. E aí, tenha encontrado a salvação.
Esperamos que o Ricky, tenha buscado o conforto junto da sua mãe, e quem sabe juntos, um encontro com Deus.
Esperamos que o marido, da senhora Inês, tenha chegado a tempo para passar o natal com ela. E que tenham mais tempo juntos. Mais do que isso esperamos que estejam na companhia de Jesus.
Esperamos que o Jorge, aproveite que ele se lembrou de Deus, pela falta do emprego? Que o Jorge leve Deus sempre consigo, a partir de agora.
Tantas famílias na mesma situação, só mesmo a fé em Jesus Cristo para nos ajudar.
A Dona Emília, espero que tenha ido passar o natal com os seus filhos e netos.
Jones, tanto rock, festa e a alma vazia, Jesus é o único que pode preencher esse vazio.
Que apesar da situação que cada um possa estar vivendo neste Natal, que possa dizer :
“ todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação.” Hab:3:18
 

Fonte web Assembleia de Deus Bélgica

Autores: 
Datas: 
Estilos: 
Diversos: