O TESTEMUNHO DO MESTRE ZÉ

Versão para impressão
Bíblia iluminada por uma vela

A peça é uma reflexão de como Deus salva o Homem.

Ocorre um milagre na vida do Zé, José Jesus de Deus, ele foi trazido para a glória do Senhor, mesmo dizendo que não acreditava na Obra da Salvação, lá dentro do coração, ele teve uma atitude cristã, e a mãe dele sabia disso, então entrou em oração pelo filho, e um dia Zé viu o amor de Deus e aceitou Jesus Cristo, levando outros com o seu testemunho e mudança de vida ao entrarem na Igreja e se tornarem irmãos em Cristo.

Deus para mostrar que pode tudo, tornou a tragédia em um milagre, e ele não sabe se foi sonho, mas sabe que Deus atuou em sua vida naquele momento e o salvou, e está salvando todos que aceitam Jesus Cristo em sua vida.

A Igreja chama para a salvação porque Jesus Cristo está presente nela atuando nos Pastores que são instrumentos para que o Povo encontre a Deus.


NARRADOR: Em uma noite bem escura, um homem de Deus sonha, e ele sonha sem saber que está correndo a sua vida, na presença de Deus, e o julgamento se faz pelo que fez na sua atitude, mesmo sem conhecer a Palavra de Deus, ele se fez Cristo porque sempre buscou o Senhor, veja o que acontece no final.
JOÃO: Olha, o Mestre Zé, ele não tá mais aqui no bar! Ele vinha contar causos e dizer que esta coisa de Deus foi feita pelos homens e que não existe nada disso de que o povo fala sobre fé mas a natureza atuando sobre tudo, mas criaram Deus para ter em quem culpar e até mesmo no mundo!
CARLOS: Mas, irmão, saiba da história de uma mulher, serva de Deus, que orou pelo seu filho Zé que largou os estudos cedo para ajudar a família e teve que entrar na vida de caminhoneiro, começou varrendo o pátio, carregando saco de trigo nas costas e depois de vigia noturno, e mesmo sem ter fé, sua mãe deu uma Bíblia, e ele por curiosidade sempre lia.
JOÃO: Mas o que aconteceu com este homem que só gostava de farra e saía pros forrós da vida na Bahia. Comia até despacho feito e não se arrependia. Só queria aventura e de tudo que fazia não sentia culpa.
CARLOS: Pois veja, meu Rei! Este homem está mudado, anda sempre com a Bíblia e está lendo, buscando entender o que o Pastor disse no culto, ele está sempre cuidando do seu coração, pois sempre teve coração bão, e nunca deixou de ter fé mesmo que falasse da boca pra fora, mas levava sua mãe e família para a Igreja no seu caminhão, e antes de sair pras estradas do Brasil, nunca deixou de passar no culto da manhã.
JOÃO: Se isso é verdade! Por que ele sempre vinha pra cá, tomar cachaça? E muitas vezes rolava a noite nas brincadeiras do bar! Brincava de palitinho para ver quem pagava o engradado?
CARLOS: Esse era o lado do João que não queria aceitar Jesus mas quando ele aceitou, tudo mudou. Ele saiu das águas, renascido pelo Espírito Santo Consolador, ele aceitou Jesus e tudo se transformou. Olha ele lá.
JOÃO: Mestre Zé, venha cá, e me diga, se Carlos está certo! Você aceitou Jesus Cristo ou é só para o povo se aquietar?
MESTRE ZÉ: Sim, eu aceitei. E vou contar um causo!
CARLOS: Pois conte, irmão. O que você contou na Igreja.
MESTRE ZÉ: Minha mãe sempre de oração disse que um dia eu iria mudar de opinião. Eu teimoso dizia: Nem que a Lua vire de banda, nem que o sol pare de iluminar, que eu, Zé, mestre das minhas leituras, que aprendeu das coisas, lendo, que vai aceitar uma coisa dessas! E ainda dizia: Deixo vocês na Igreja mas não fico aqui, tem barulheira que não entendo, e ainda não estou preparado, não!
CARLOS: Mas homem, que coisa é essa! Não ouvia sua mãe, não?
MESTRE ZÉ: Não! Eu batia minha cabeça e foi assim que aprendi. Mas um dia eu tava em uma estrada e de repente tinha um buraco e o caminhão virou, e eu perdi o volante, e não vi mais nada, e quando acordei não tava mais no caminhão, mas em uma cidade muito linda, e dois jovens muito lindos se apresentaram como Marcos e Antônio.
MARCOS: Seu Mestre, boa tarde! O que faz aqui tão cedo? Não era pra tá aqui não! Mas já que tá! Vou te apresentar as coisas daqui!
ANTÔNIO: O Homem não tá entendendo nada! Deixa que eu te mostre o caminho e pergunte o que quiser!
MESTRE ZÉ: Eu tava meio sem jeito e no meio de jovens que pareciam luzes, e eles foram dizendo que não era para ficar preocupado e que voltaria pro meu caminhão logo, logo.
MARCOS: Seu Zé, acredita em Deus? Sabe que lê a Bíblia faz bem? O Senhor foi no culto da manhã?
MESTRE ZÉ: Eu creio e leio a Bíblia. Como sabe que fui no culto? Nem minha mãe e família sabem!
ANTÔNIO: Foi só parecer! Ele sabe que o Senhor tem bom coração e ajuda quem precisa porque sabe o que é sofrer nessa vida. Não nega pão nem comida. Dá roupa pra quem precisa. Ouve quem precisa de ouvidos. Ama a família.
MESTRE ZÉ: Isso sem duvidamente é o que faço! Mas digam vocês, quem são e de onde vem?
MARCOS: Somos daqui da cidade, cuidamos por ordem do Dono daqui. Estamos aqui para dizer que Jesus te ama, Mestre Zé.
MESTRE ZÉ: Então meus zóios encherão de água e vi a glória de Deus na minha frente, não eram gente, eram anjos dos céus, mensageiros para me dizer algo importante para eu levar pra minha vida e espalhar por aí, por este mundão de Deus.
JOÃO: E você não se assustou, não? Não quis correr?
MESTRE ZÉ: Nada, eu quis ficar pra ouvir, e o sentimento era de paz, e eu podia ficar lá mas sentia saudades da família, mesmo assim, eu estava bem, coisa que eu só sentia quando entrava na Igreja e quando ouvia o Pastor nos cultos.
CARLOS: E o que disse os anjos dos céus para o Senhor?
MESTRE ZÉ: Uma das coisas que me lembro são versículos que eu já tinha lido. Deixa eu pegar a Bíblia e ler para vocês! Foi aí que eu chorei mesmo!

Tu és bondoso e perdoador, Senhor, rico em graça para com todos os que te invocam. Salmos 86:5
Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou. Colossenses 3:13
"Não julguem e vocês não serão julgados. Não condenem e não serão condenados. Perdoem e serão perdoados. Lucas 6:37
Nele temos a redenção por meio de seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as riquezas da graça de Deus, Efésios 1:7
Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado, em quem temos a redenção, a saber, o perdão dos pecados. Colossenses 1:13-14
ANTÔNIO: Olha, sua mãe tinha que ir, mas está na glória de Deus. Ela pediu ao Senhor que te colocasse no caminho certo para a salvação e então ele nos enviou para mostrar o caminho. Perdoe a si mesmo, você fez o que pôde e não se revolte com Deus porque ele levou sua mãe, ela tinha que ir, estava na hora dela. Não podia fazer cabo de guerra com Deus mas ele entende você e seu amor por ela mas sinta o amor dele por você, agora. Reconheça Jesus Cristo em sua vida.
MESTRE ZÉ: Foi aí que eu me ajoelhei e orei, levantei as mãos e lembrei de tudo que minha doce mãe me disse, de tudo que aprendi com ela, dos dias que ela me levou para a Igreja e para os cultos, dos momentos na Escolinha Dominical com as crianças, do tempo que vivi ainda um tempo no grupo dos jovens, mas... tive que deixar tudo, e me tornar caminhoneiro, mas eu vejo isso uma benção, eu pude cuidar da minha mãe e meus irmãos.
JOÃO: Mestre Zé, eu quero ir com você na Igreja e aceitar Jesus também.
MESTRE ZÉ: Não sou Mestre, nunca fui. O verdadeiro Mestre é Jesus como diz aquela música do Lázaro, e nossa vitória tem sabor de mel como ouvia no meu rádio do caminhão, sempre ouvi as músicas que a Igreja cantava no Louvor, apesar de gostar de farra e forró, mas dentro do meu caminhão só tocava músicas de Deus. Oh! Glória!
CARLOS: Continua, irmão. Conta pra ele, o que aconteceu no final.
MESTRE ZÉ: Os dois anjos chegaram perto de uma porta, e pararam.
MARCOS e ANTÔNIO: Aqui deixamos você porque não podemos seguir mais, e agora que aceitou Jesus em sua vida, e sentiu este avivamento que todos que entram na Igreja sentem quando Deus atua e o Pastor serve de instrumento. Pode ir, irmão! Dê seu testemunho aos membros da Igreja. Diga o que aconteceu e saiba que Jesus Cristo te ama como ama a todos que busca este renovar, esta nova criatura que está em vocês, e que Deus quer que encontrem nos seus corações porque vocês são passageiros mas não pertencem a esse mundo que um dia vai se acabar.
MESTRE ZÉ: De repente... eu acordei em cima do volante do meu caminhão, não estava mais no buraco, e estava bem, não tinha sangue, não tinha nada... como se fosse um sonho... só me assustei porque estava perto do cimetério da cidadezinha... mas quando passei por perto... vi uma Igreja... o culto da manhã estava iniciando... e eu parei o caminhão... tirei meu chapéu... contei pro Pastor... e fui dar meu bom para Deus... um bom dia com o Espírito Santo... foi lá... que senti... o que os anjos de Deus disseram... tudo foi confirmado... lá eu me batizei... aceitei Jesus... e sou Nova Criatura... sou obreiro... e mudei de vida como minha mãe profetizou na minha vida. Se foi sonho ou revelação, eu não sei, mas sei que fui salvo pelo amor de Deus e pelas insistentes orações de minha mãe a Deus.
Lembro de alguns trechos que minha mãe marcou na Bíblia dela e me deu antes de ir para o Senhor, eu vou dizer alguns trechos, por favor, peguem a Bíblia para conferir, quem quiser pode anotar e ver depois, mas eu me lembro que minha mãe falava de sua insistente oração por mim e de suas leituras diárias na Bíblia, que eu sentava no colo dela, e acompanhava:
E eu farei o que vocês pedirem em meu nome, para que o Pai seja glorificado no Filho. O que vocês pedirem em meu nome, eu farei. João 14:13-14
Saibam que o Senhor escolheu o piedoso; o Senhor ouvirá quando eu o invocar. Salmos 4:3
Descanse no Senhor e aguarde por ele com paciência; não se aborreça com o sucesso dos outros nem com aqueles que maquinam o mal. Salmos 37:7
Antes de clamarem, eu responderei; ainda não estarão falando, e eu os ouvirei. Isaías 65:24
E, quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não sejam iguais a eles, porque o seu Pai sabe do que vocês precisam, antes mesmo de o pedirem. Mateus 6:7-8
Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai de vocês, que está nos céus, dará coisas boas aos que lhe pedirem! Mateus 7:11
"Peçam, e será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta será aberta. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e àquele que bate, a porta será aberta. Mateus 7:7-8
E tudo o que pedirem em oração, se crerem, vocês receberão". Mateus 21:22
Ainda tinha outros que memorizei para minha vida e procuro seguir conforme dizem: Lucas 18, 8-1; João 14, 13-14 (Foi nesse versículo que clamei a Deus para me livrar da morte dentro do caminhão).  Quando acordei lembrei do que diz
Mas ele me disse: "Minha graça é suficiente a você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza". Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. 2 Coríntios 12:8-9
(João e Carlos abraçaram o Mestre Zé. E lá bem perto Antônio e Marcos com roupas de anjos dos céus louvaram a Deus porque mais uma alma foi salva e chamada para o Senhor.
Tocam os sinos na Igreja e eles entram nela. O Casal os acolhe na entrada. Ouve-se o Louvor e Todos levantam louvores a Deus. Oh! Glória!)
NARRADOR: E assim foi o sonho do Mestre Zé e dele temos lições preciosas para nossa vida com Deus, com a Igreja, com o Pastor e com os outros que são trazidos a Deus pelo nosso exemplo e pelo nosso testemunho como Servos e Servas de Deus. Obrigado por sua atenção e que Deus proteja suas vidas e de suas famílias, em nome de Jesus Cristo. Agradecemos ao Pastor e a todos que contribuíram para evangelizarmos pelo Teatro com uma mensagem de amor e paz. Obrigado, Senhor Deus, Pai Amado, Pai Querido, que nos ama muito e aceitamos Jesus Cristo como Senhor de nossa vida para sempre. Amém.

Estilos: 
Temas: 
Diversos: