NA RAMPA DA VIDA A BÍBLIA É MEU SKATE

Versão para impressão

Jovem empenhado convencer outro a seguir a Cristo, passa trabalho tentando seduzir outro ao evangelho...

TEXTO REGISTRADO no Escritório de Direito Autoral

 

 

Cena 1
Alexandre está sentado, com seu skate, esperando alguém. Chega um jovem de terno.
Alexandre – (arredio)O que foi, meu irmão?! Fala de longe.
Vinícius – Calma, jovem. Desarme o seu coração.
Alexandre – Pensa que me engana. Tu deve ser um desses crentes que quer de qualquer jeito levar a gente para Igreja. Sai voado! Vaza!
Vinícius – Você está enganado meu jovem. Só queria fazer uma pergunta a vc. Você sabe para onde vai sua alma depois que você morrer?
Alexandre – Sei sim. Vai ficar guardando o meu caixão para ninguém mexer nele.
Vinícius – Não, meu jovem, ela vai para o ...
Alexandre – Olha só, quem sabe mais da minha alma sou eu!
Vinícius – Mas meu jovem...
Alexandre – Presta atenção! Estou aqui querendo ficar de bobeira e sem ninguém ficar me perturbando. Decide, se você quer ficar aqui, saio eu.
Vinícius – Não. Pode ficar.
Vinícius, à parte, medita em voz alta.
Vinícius – Caramba! Bem que me disseram que seria difícil eu convidar ele para o culto de hoje! Tenho que arranjar uma tática para levar esse jovem lá na Igreja. Deixa-me ver...Já sei.
Vinícius sai de cena, volta com um bermudão e skate.
Vinícius – Fala aê, brother!
Alexandre – Pô, meu irmão! Já não te disse que quero ficar de bobeira!
Vinícius – Pô, num fica de bobeira não, tá ligado?! Olha só...Tu tem orkut?
Alexandre – Tenho, por quê?
Vinícius – Então entra lá na minha comunidade. “Adoradores radicais”. É um porjeto que só tem crente que anda de skate. A gente monta rampa no pátio da Igreja, faz grafite com versículos bíblicos na parede, e o pastor canta hip-hop...
Alexandre – Está pensando que eu sou otário! Não tá percebendo que eu te conheço e sei que você se fantasiou de skatista para me levar para tua Igreja.
Vinícius – Fala sério, show! Os fins justificam os meios! Já disse Paulo, “fiz me fraco para com os fracos, a fim de ganhar...”
Alexandre – Chega, rapá! Já falei, some daqui! É cada um na sua! Eu não vou lá na sua parada, então não vem na minha.
Vinícius, desanimado mais uma vez, tenta arrumar uma idéia para levar Alexandre para programação da sua Igreja.
Vinícius – Pôxa, não deu certo essa tática de novo. Tenho que arrumar outra estratégia para levar essa cara para a programação. Deixa eu ver...Ah, já sei!
Vinícius volta com uma barba postiça, entregando um panfleto para o jovem.
Vinícius – Oi, tudo bem com você?
Alexandre – Claro, claro. Fora um chato aí que está me perturbando hoje, está tudo bem.
Vinícius – Aí, vai ter uma festa maneira aí, está a fim de um convite.
Alexandre – Pô, estou sim! Festa é comigo mesmo! Onde vai ser?
Vinícius – Olha, está aqui o endereço!
Alexandre – E tem mulher lá?
Vinícius – Tem sim! Muita mulher!
Alexandre – Tem bebida?
Vinícius – Ah, tem sim, água, guaraná...
Alexandre – Não, véi, estou falando de cerveja?
Vinícius – Não, mas tem vinho...
Alexandre – Vinho! Beleza, quantos copos não temos direito nessa festa?
Vinícius – Olha só um cálice desse tamanhinho aqui, para não embriagar, e isso depois que você fica sócio de vez do clube.
Alexandre – Está maluco? Eu bebo muito, rapá!
Graziela e Luana entram em cena.
Graziela – Ih, olha lá, Luana. É o Vinícius. Oi Vinícius!
Luana – Que barba postiça é essa?
Alexandre – Ih, eu conheço essas minas. Elas são lá da Igreja. Ah...É você de novo...Vem cá, meu irmão, que cara é essa de ficar botando barba para me enganar.
Vinícius – (bota a barba postiça dentro da boca e fala) Não é barba não! É que eu chupei manga e estou cheio de fiapo na boca.
Alexandre – Que chupou manga o quê! Já falei meu irmão, me deixa em paz! Me deixa em paz! Me deixa em paz!
Alexandre sai de cena.
Vinícius – É, meninas, acho que como Presidente da União de Jovens, eu vou ser um fracasso. Na primeira programação que eu faço, acontece isso!
Luana – Você está usando a tática errada, Vinícius.
Graziela – Claro! O nosso papel não é convencer! É convidar! Quem convence as pessoas a se tornarem cristãs é o Espírito Santo.
Luana – Olha só, eu tive uma idéia, vem cá...
Os três ficam reunidos, e resolvem usar a idéia de Luana. Os três saem de cena.
Cena 2
Alexandre entra em cena de novo.
Alexandre – Pô, ainda bem que aquele chato foi embora.
Luana entra em cena.
Alexandre – Ih, olha lá uma daquelas crentes.
Luana entra em cena e fica parada perto de Alexandre
Alexandre – Pô, até que essa mina é bonitinha! Já sei, meu brother! Vou nessa confraternização deles, dando uma de cara que quer se converter, para me dar bem em cima dessas minas lá da Igreja.
Alexandre se aproxima de Luana.
Alexandre – Aí, gata! Gata não...Aí, irmã! Estou querendo mesmo entrar numa Igreja para mudar de vida. Sabe como é, nunca é tarde para se regenerar.
Luana – Ah, que bom. Faz o seguinte, vai ter um culto lá na Rua Filgueiras lima. Vai lá. Te espero lá, ta bem. Vai ter uma palavra abençoada. Aparece lá.
Alexandre – Claro. E depois a gente pode sair para um lugar.
Luana – Vamos sim. Tchau! Até mais tarde.
Alexandre – (à parte) Beleza, véi. Vou pegar uma irmãzinha dessa, depois rapo fora.
Vinícius senta cabisbaixo ao lado de Alexandre.
Alexandre – Fala aí, irmão! Vou lá no encontro de vocês, héin?
Vinícius – Ah, legal. Pode ir lá, vai com Deus.
Alexandre – O que isso, véi? Que desânimo é esse?! Pó, brother, levanta esse astral! Não quero ver o cara que me abriu os olhos assim, desse jeito!
Vinícius – Ué, engraçado, agora você está interessado.
Alexandre – É, digamos que eu esteja sendo atraído lá por amor. É isso, estou sendo atraído para lá por amor.
Vinícius – Pôxa, até me animei de novo! Um cara que eu tentei de tudo para ir, de repente que ir de qualquer jeito lá! Gostei.
Alexandre – Então tá tranqüilo! E valeu pelo convite! A gente se esbarra lá, valeu!
Alexandre – Vem cá! Deixa eu fazer uma oração contigo, rapidinho.
Vinícius – Oração? O que isso? Vai me benzer?
Alexandre – Oração é o privilégio que temos para enviar pedidos e agradecimentos a Deus através da nossa fala e do nosso pensamento. E podemos também fazer em grupo. Vem cá!
Alexandre – (irreverente) Ah...Ta legal. Falar com Deus. Gostei! Ah, moleque! Vamos falar com Deus! Vamos sim!
Vinícius – Qual é o seu nome?
Alexandre – Alexandre.
Vinícius, abraçado a Alexandre, começa a orar.
Vinícius – Senhor Deus. Estamos aqui para agradecer pela vida do Alexandre, pai. Muito obrigado porque até aqui o Senhor preservou a vida dele, não deixando que ele morresse por causa das suas brigas em torcidas organizadas, quedas na rampa de skate, overdose de drogas, doenças venéreas por causa de sexo descartável, dando tantas chances para ele, Pai. Isso significa que você tem um propósito na vida dele, e não quer que ele vá para o inferno. E muito obrigado por o Senhor ter enviado Jesus Cristo para morrer no nosso lugar, de modo que não precisamos fazer obras para sermos salvos, pois Jesus já apagou todas as nossas ofensas contra Ti. Nós te louvamos, Pai, porque tu és maravilhoso. Em nome de Jesus, amém.
Alexandre fica pensativo depois da oração
Vinícius – Tchau, Alexandre. Até mais tarde!
Alexandre fica sentado no seu skate, sozinho em cena, pensativo. Depois, começa a chorar.

Cena final
Vinícius, Luana e Graziela estão em cena. Os três vão entoar um louvor.
Graziela – E aí, Vinícius?
Vinícius – Bom, fiz uma oração com ele em forma de pregação pura do evangelho. Se ele não vier hoje, pelo menos ele ouviu a verdade. Se ele vier, com certeza não vai ser por interesse, e sim porque ele está de fato zelando por sua vida.
Graziela, Luana e Vinícius entoam um louvor. Enquanto vão entoando, Alexandre chega, no meio do público, sobe ao palco, abraça Graziela, Luana e Vinícius.
Graziela – (ao público) Hoje, foi a vez de Alexandre aceitar Jesus. E você? Vai ficar deixando para depois essa oportunidade. Tem gente que diz o seguinte: “Ah, eu estou muito novo para ficar em Igreja! Quando eu ficar mais velho eu vou!” Conscientizem-se de que é melhor entregar o vigor de suas vidas para obra de Deus! Se você é um escolhido por Deus, você virá a ele! No dia certo, você virá! Ninguém pode resistir ao chamado de Deus! Só que hoje, eu quero te perguntar: você sabe o dia que você vai morrer? Então, não deixe para depois, pois depois pode ser tarde demais. Outra coisa que eu vou falar: Igreja nenhuma salva! Na igreja, você tem comunhão com os irmãos e aprende sobre a palavra de Deus que é a Bíblia. Mas quem salva, o único que salva, é Jesus Cristo! Que Deus abençoe vocês!
Fim

 

O ministério do autor no Facebook

 
Diversos: