MULHER SÁBIA x MULHER INSENSATA

Versão para impressão
Mulher estudiosa x mulhet tola

Veja estas personagens, estas mulheres;

Desobediente; Independente; Rancorosa; Submissa; Intercessora; Fiel ao Senhor e suas atitudes.

PEÇA REGISTRADA!
Há direitos autorais, por este email thaisbelo_12@hotmail.com poderás ter autorização para usá-la  É SÓ ENVIAR UM EMAIL COM O NOME DA PEÇA.

OBS 1: PARA ADQUIRIR O ÁUDIO ENVIE EMAIL - thaisbelo_12@hotmail.com
OBS 2: Caso seja feito vídeo das peças, colocar o nome da autora.

MULHER SÁBIA x MULHER INSENSATA
Autora: Thaís Belo P. Mamede
thaisbelo_12@hotmail.com
Baseado em Prov. 14:1

 

PERSONAGENS:
*Desobediente
*Independente
*Rancorosa
*Submissa
*Intercessora
*Fiel ao Senhor
OBS: A peça pode ser feita com apenas 3 mulheres. Cada uma fará 2 interpretações. Ex: A que fizer a desobediente pode fazer a intercessora. Para diferenciar cada uma dessas personagens a sugestão são os acessórios e um cenário (sugestão: uma mesa e uma cadeira).

 

Cena 1
Antes de começar a peça alguém entra com uma placa (pode ser cartolina) ou outro material escrito: MULHERES INSENSATAS.
Entra em cena a mulher desobediente...Ela está sentada, verificando os gastos do mês (contas a pagar). Ela para de analisar os débitos e diz:
DESOBEDIENTE: - É tanta conta pra pagar e pouco dinheiro! Quando é que vai sobrar pra eu poder comprar umas coisinhas pra mim. E com a mereca que meu marido me dá não posso comprar nada! Sabe de uma coisa, vou pagar só isso aqui e ficar com o resto pra comprar aquela blusa que eu tô querendo. Ele nem vai saber...
A DESOBEDIENTE sai de cena com as contas na mão, contente por enganar o marido.
Em seguida a independente entra cheia de pacotes. Ela acaba de receber a ligação de uma amiga...

 

INDEPENDENTE: - Oi amiga! Tô em casa. Acabei de chegar do shopping. Pois é! Fiz umas comprinhas pra mim. Afinal eu mereço né? (risos). Eu que sustento essa casa. Meu marido não tá nem aí! Não arruma um emprego, fica o tempo todo em casa deitado. Não lava uma colher e eu não posso comprar nada pra mim? Ah! Eu compro mesmo! Tô cansada de sustentar vagabundo. Sou uma mulher independente amiga! Vou desligar que a casa tá toda bangunçada. O infeliz deixou tudo espalhado aqui. Beijo, tchau!
A INDEPENDENTE desliga o celular e sai de cena com as compras.
A rancorosa entra em cena, olha para o público e diz:
RANCOROSA: - Eu tô cansada dessa vida! Tô cansada desse casamento!!! Olha aqui! Tão vendo? (mostra as marcas de agressão do marido). Sabe quando eu perdoar o que ele fez comigo? N U N C A! Sabe o que é apanhar todo dia de alguém e ainda ter que fingir que nada tá acontecendo? Essa é a minha vida. Eu não agüento mais! Eu não agüento mais!
A RANCOROSA sai de cena chorando.
Agora entra uma pessoa segurando a placa escrito: MULHERES SÁBIAS

 

Cena 2
A SUBMISSA entra em cena com uma vassoura e começa a varrer. Para e diz:
SUBMISSA: - Não vejo a hora dele chegar! Tenho que terminar essa arrumação logo antes que “mozão” chegue. (Mozão - forma carinhosa de chamar o marido). Vou fazer um jantarzinho bem romântico pra gente. Espero que ele goste. Ai to nervosa! (roe as unhas). Mas vai dar tudo certo em nome de Jesus!
A SUBMISSA sai de cena.
Em seguida a intercessora entra e se ajoelha em uma cadeira e começa a orar...
INTERCESSORA: - Senhor te dou graças por tudo que tens feito na minha família. Abençoa meu marido. Que a cada dia possamos nos amar mais e nos respeitar. Abençoa nossos filhos. Que nosso lar seja sempre cheio de paz. E que nosso casamento seja um referencial para outros. Em nome de Jesus amém!
A INTERCESSORA se levanta e sai.
Logo após entra a fiel ao Senhor...
FIEL AO SENHOR: - “Por tudo que tens feito, por tudo que vais fazer. Por tuas promessas e tudo que és! Eu quero te agradecer com todo meu ser”. Eu ainda não me casei, mas eu já agradeço a Deus a família que Ele vai me dar. Tenho muito que aprender ainda, mas de uma coisa eu sei...que preciso ser uma mulher sábia. Que você também possa ser sábia em seu casamento. Pois a mulher que agrada o marido, agrada o coração de Deus.

 

BLOG DA AUTORA Thais Belo Mamede

Estilos: 
Diversos: