MENTIROSO

Versão para impressão

MENTIROSO - Teatro CristãoHistória que ensina as crianças a se defenderem de pessoas mal intecionadas e ensina também o quanto é legal sermos diferentes uns dos outros.

Um "Homem Estranho" aborda uma criança e quer que ela brinque com ele fazendo coisas escondidas de seus pais. Mente pra ela...

Chega uma Velha śabia, prova para a menina que o homem havia mentido. A velha ainda orienta a criança a orar e contar tudo para os pais...

 

Cenário: mesa e cadeira escolar.
Figurino: Homem estranho, vestido como um mágico levemente macabro (sugestão: Willy Wonka do Fábrica de Chocolate). Menina com um vestidinho, bem delicada.
A peça começa com uma criança sentada na cadeira escolar (sugestão). A criança está dormindo, com corpo bem mole, como se fosse uma boneca. Entra em cena um homem estranho, de jeito de andar gozado, ele fala com a plateia:
HOMEM ESTRANHO: Bom dia a todos!!
Bom dia!!! Sabem o que eu vim fazer aqui hoje? [Vocês não sabem o que eu vim fazer aqui?] Eu vim procurar uma criança para brincar comigo!!!
Quem quer brincar comigo?
Mas olha... eu gosto de umas brincadeirinhas que a mamãe, o papai e a titia não podem ficar sabendo.
Eles dizem que é errado, mas eu acho divertido!
Por exemplo. Quem aqui já grudou chiclete no cabelo do amiguinho?
Quem já rabiscou a parede com giz de cera azul? A mamãe não deixa! É errado, mas eu acho legal... Eu gosto dessas brincadeirinhas que a titia da escola não pode ficar sabendo.
Humm... Deixa que eu ver quem vou chamar pra brincar comigo... Alguém quer tocar o terror comigo?
[* Começa a escolher alguém. “Mas eu to procurando uma criança massa, ela é assim, duas cabeça, três pernas, que tenha pele verde....*]
Brinca com as crianças da plateia, (não pode ser assustador, senão a criançada vai chorar) mas decide levar nenhuma. Até que repara que tem uma criança sentada no palco dormindo.
HOMEM ESTRANHO: Olha só o que temos aqui!! Uma criança !!! Do jeitinho que eu estava procurando.
Eu vou chamá-la pra brincar comigo... Mas a mãe dela não pode ficar sabendo.
Quem será a mãe dela? Cadê o pai dessa menina? Será que a mãe dela está por perto? (brinca novamente com a plateia, inclusive com os adultos)
Quem será a mãe dela? Você é a mãe dela? Eu acho que você parece com aquela criança, ou será você?
Ah desisto!!! Eu não sei quem é a mãe dessa menina não!!! Eu não sei quem é, não quero saber e tenho raiva de quem sabe!!!
HOMEM ESTRANHO: Ai que legal achei uma criança. Vou acordar. ACORDA!!!
Após várias tentativas gritando para acordar, o homem estranho decide usar uma nova tática.
HOMEM ESTRANHO: Olha a barata menininha!!!!!!
CRIANÇA:  (criança acorda assustada e sobe na cadeira) Ai meu Deus uma barata!!! Que nojo!! Que nojo!! Onde está barata? Cadê a barata? (desce da cadeira ainda assustada mas percebe que não há nenhuma barata)
Ué, não estou vendo nenhuma barata aqui... Eu acho que você é um mentiroso.
HOMEM ESTRANHO: Eu? Mentiroso? Jamais... Eu não sou mentiroso. Sabe quem sou eu? Eu sou amigo da sua mãe. Eu sou amigo da mãe dela não sou? Sou assim... com os pais dela! Não sou galera?
CRIANÇA:  Você é amigo da minha mãezinha? Ele é amigo da minha mãe? Eu heim... minha mãe não tem amigo feio que nem você... Por que eu não lembro de você?
HOMEM ESTRANHO: Porque eu sempre vou na sua casa quando você já está dormindo...
CRIANÇA:  Então tá então... E o que você veio fazer aqui na minha escolinha?
HOMEM ESTRANHO: Sua mãe me ligou e disse que vem mais tarde. Aí eu tava pensando em te ensinar umas brincadeirinhas... Mas você não vai poder contar pra sua mãe. Porque é brincadeira, né? Ela não precisa de ficar sabendo. Então... bora ali?
CRIANÇA:  Ali? Ali onde?
HOMEM ESTRANHO: Ali...
CRIANÇA:  Brincar... Não sei não... Mas eu não quero brincar hoje! Eu tô cansadinha...
HOMEM ESTRANHO: (gritando) Por que você não quer brincar comigo? Eu tenho um monte de brinquedos e eu sou super legal! (nervoso) Todas as criancinhas gostam de brincar comigo!
CRIANÇA:  (criança começa a choramingar) Você está gritando comigo, eu não quero brincar com você! Seu feioso!!!
HOMEM ESTRANHO: Feia é você que tem o nariz verde! Ninguém nunca vai gostar de você porque você tem o nariz verde. É melhor você brincar comigo, porque eu não me importo com seu nariz verde horroroso!
(na verdade o nariz da criança é vermelho)
CRIANÇA:  Meu nariz é verde? Eu nunca tinha reparado que meu nariz fosse verde. Eu sempre achei ele tão vermelhinho!!! Verde é feio né? Crianças, meu nariz é realmente verde? Ele é verde? (sai pedindo a opinião das crianças, mas não volta convencida que o seu nariz é vermelho)
CRIANÇA:  Meu nariz é verde!!!!!! E é horroroso!!! Ninguém nunca vai gostar de mim porque meu nariz é verde!!!! Buááááá´ Eu quero um nariz igual ao dele ali, ou então igual ao dela...
HOMEM ESTRANHO: Tá vendo como eu sou legal com você. Não me importo com seu nariz verde e ainda tô te chamando pra brincar comigo bem ali...
CRIANÇA:  Buáááá´!!! Meu nariz é verde!!!!!!!!! Não é bonitinho que nem o dela...
( A criança faz um escândalo chorando. E homem estranho começa a ficar impaciente porque ela não para de chorar. [*Engole o choro...*] Quando criança se acalma um pouco homem estranho fala:)
HOMEM ESTRANHO: Não chora... Olha.. seu nariz é verde seu cabelo é azul cor de abóbora, mas eu não me importo... Vamos brincar ali comigo... Te ensinar uma brincadeirinha...
CRIANÇA:  Eu não quero brincar com você, você disse que meu cabelo é abóbora cor de azul...
HOMEM ESTRANHO: Não vai brincar comigo não? Você vai ver só!!! Eu vou contar tudo pra sua mãe! Eu sou muito amigo da sua mãe!!! Ela vai te mandar embora! Você vai morar lá na Lua sozinha!!! Você vai morar na Lua! Vai morar na Lua!!! Eu vou ali, mas daqui há pouquinho eu volto! E você vai ter que brincar comigo! Senão eu vou contar tudo pra sua mãe e sua mãe vai chorar muito e vai te mandar pra Lua porque você não quis brincar comigo!!! Deixa eu voltar pra você ver...
(Homem estranho sai de cena. Menina fica chorando e vai conversar com a plateia.)
CRIANÇA:  Ele disse que meu nariz é verde!!! Buááá´!!! E me mandou brincar com ele!! Se eu não brincar, minha mãe vai chorar e vai me mandar pra Lua! Será que ele é amigo da minha mãe mesmo?
Crianças será que ele conhece a minha mãe?
O que vocês acham? Ele disse que meu nariz é verde e horroroso! Puxa vida! Alguém já falou mal de você? Alguém já falou alguma coisa pra você e você ficou triste que nem eu? E você acreditou?
(Criança pergunta primeiramente para todo mundo e depois chega perto de alguns e faz essas perguntas acima individualmente.)
(Criança senta na cadeira chorando. Abre a mochilinha e começa a se fantasiar. Põe um boné pra trás, uma gravata, óculos gigantes e engraçados. Entra uma velhinha, bem velhinha, de bengala e vê a criança chorando)
VELHA:  Mas menininha porque você está chorando. Você não tinha que estar lá fora no parquinho brincando com seus amiguinhos.
CRIANÇA:  (choramingando) Não me chama de menininha não. Meu nome agora é Pedrão!
VELHA:  Pedrão? Ai ai ai.... então tá então Pedrão... o que está acontecendo? Porque você está chorando.
(Criança chorando explica de forma incompreensível por causa do choro. A velha pede para alguma criança explicar.)
VELHA:  Ah ta... Acho que eu to entendendo... Você já se acalmou? Quer me contar porque você não está lá fora brincando com seus amigos?
CRIANÇA:  Ah... Eu não quero ir para o parquinho brincar com eles não... Chegando lá ninguém vai querer brincar comigo mesmo! Afinal eu sou uma menina má do nariz verde! Eu queria ser outra pessoa. Eu queria ter um narizinho igual ao daquela menininha ali... Ou então que nem daquela outra... O nariz de todo mundo é mais bonito que o meu... Só eu tenho o nariz verde tá vendo? Quem vai querer brincar comigo?
VELHA:  Mas princesinha... Por que você acha que é feio ter um nariz verde?
VELHA:  Olha aqui menininha... Ainda que seu nariz fosse verde você seria linda mesmo assim! Papai do Céu foi quem criou todos os tipos, tamanhos e cores de nariz. Você sabiam disso crianças? Que foi Deus inventou o seu nariz? Deus que inventou tudo! Deus é muito criativo! Olhem só.
(A velha pega a caixa com os bichos de pelúcia.)
VELHA:  Ó, eu vou explicar.
Papai do Céu criou as plantinhas. E nenhuma plantinha é igual a outra. Você já viu duas árvores iguaizinhas?
Papai do Céu criou os animais. E olha como eles são diferentes. Tem o macaco com braço grande, o tucano com bico colorido, e até as tartarugas que parecem ser todas iguais na verdade são bem diferentes uma da outra.
E o Papai do Céu criou a gente também. Olha para o amiguinho do lado. Ele é igual a você? Igualzinho? Não né? Que graça teria se todo mundo fosse igual?... Ainda que o seu nariz fosse verde, ele seria um nariz lindo! Entendeu?
CRIANÇA:  Entendi.
VELHA:  E seu nariz não é verde, é vermelho. Vermelho cor de morango.
CRIANÇA:  Morango não!
VELHA:  Então ta! Da cor de maçã!
CRIANÇA:  Só se for maçã-verde!
VELHA:  Não.... Olha aqui no espelho.
Velha dá um espelho para criança que se surpreende com nariz vermelho.
CRIANÇA:  Me convenci. Realmente meu nariz tem cor de tomate.
Criança volta a chorar.
VELHA:  Mas por que você está chorando de novo?
CRIANÇA:  Porque eu sou uma garota má.
VELHA:  Como assim garota má?
CRIANÇA:  Porque todo mundo me chama pra fazer umas brincadeiras que meus pais não podem ficar sabendo. Eu não aguento mais essas brincadeirinhas. Eu sinto que elas não são legais.
Eu já fiz tanta coisa errada que menininhas boazinhas não fazem que eu decidi não ser mais menininha então! Agora eu sou Pedrão!
VELHA:  Pedrão, né? Mas por que exatamente você está chorando?
CRIANÇA:  Porque tem um homem bobo e chato que ele quer que eu brinque com ele.
Se eu não brincar ele vai contar pra minha mãe e ela vai me mandar pra lua. Ah.. de repente eu tenho brincar mesmo... afinal eu sou garota má.
Papai do Céu não deve gostar de mim, eu já fiz tanta coisa errada! Por isso agora eu sou o Pedrão. Quem sabe Papai do Céu gosta mais do Pedrão...
VELHA:  Não importa o que te mandaram fazer que te deixou tristinha. Ou o que falaram pra você. Você não precisa tentar ser outra pessoa. Ser um Pedrão. Ainda que você ponha um boné, uma gravata, Deus vai continuar te vendo como uma princesa. E nada vai fazer Deus te achar menos valorosa e menos especial.
CRIANÇA:  Tá bom, eu entendi que eu sou princesinha, mas eu vou continuar de Pedrão para me disfarçar.
VELHA:  Disfarçar por quê?
VELHA:  Eu já te falei do amigo da minha mãe que vai chegar daqui a pouco. E se eu não brincar com ele, minha mãe vai me mandar para a lua. Aí quando ele chegar ele não vai me reconhecer.
VELHA:  Duvido que ela faria isso! Você precisa ter coragem e contar pra sua mãe. Não dá para ficar acreditando num mentiroso que fica mandando você fazer o que você não quer né?
Vamos fazer assim... Vamos falar com o Papai do Céu, pra todas as vezes que alguém te pedir pra fazer uma coisa que você não acha legal, ou não tem certeza se é legal pra você ter coragem para contar para seu papai ou mamãe, ok? 
CRIANÇA:  Tá bom. 
VELHA:  Crianças vamos todo mundo fechar os olhinhos para falar com Deus. Tudo o que eu falar vocês repetem, tá?
Papai do Céu, me ajuda a contar pra mamãe e pro papai tudo o que deixa meu coração triste. E que eles acreditem em mim. Perdoa quem deixou meu coração triste e me traz sempre alegria no meu coração. Amém!
CRIANÇA:  Amém!!! Estou me sentindo mais alegre!!! Vou até tirar essa roupa de Pedrão.... Pronto!!! Agora eu estou com coragem de contar tudo pra minha mãe. Manhêê...
A mãe entra em cena.
CRIANÇA:  Mãe tem um homem que disse que é seu amigo que quer brincar umas brincadeiras estranhas comigo, mas eu não quero! E falou que meu nariz é verde e feio!
MÃE – Ele falou isso? Que absurdo!! Cadê esse homem?
CRIANÇA:  Ali ele vindo!
MÃE – Quer dizer que você falou que eu ia mandar a minha filha pra Lua? Sei... Você que vai pra lua, bem longe da minha filhinhaaaaaaaaaaaa!!!!!!!
(Mãe sai correndo atrás do homem estranho.)
CRIANÇA:  Urrruuuu!! Ele foi embora!!!! Urruuu!!!!
VELHA:  Agora você vai lá brincar com seus amiguinhos não vai?
CRIANÇA:  Vou sim!!! Tchau criançaaaaaass!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
VELHA:  Não se esqueçam, se alguém pedir para vocês fazerem algo que vocês sentem que não é muito legal contem tudo para a mamãe ou pro papai antes de qualquer coisa!!! Tchau crianças!!!!!!!!!
FIM
Diversos: