HALLOWEEN – TÔ FORA!

HALLOWEEN – TÔ FORA! escrito sobre uma abóbora com uma vela dentro e o símbolo de proibido

Um jovem crente esperando o ônibus, chegam três adolescentes fantasiados chegam na parada.
Os três vão para Festa de Halloween, o outro, pra igreja.
A peça mostra o que está por trás desta cultura do dia das bruxas;
É um alerta!
Apresenta o plano de salvação;

Sobre o mesmo tema:

UMA VIDA SEM HALLOWEEN

Uma professora pede que seus alunos pesquisem sobre o HALLOWEEN, quando...

EU ESCOLHO A LUZ - Teatro para Halloween

 

Personagens:
Jéssica fantasiada de Vampiro
Valeska fantasiada de Bruxa
Leandro fantasiado de Caveira
Lucas caracterizado para ir ao culto e com uma grande bíblia

Cenário:    Uma parada de ônibus, uma abóbora com velas dentro... (Sugestão uma placa de PARADA DE ÔNIBUS – três cadeiras representando os assentos da parada)
Trilha sonora: Ruídos de uma rua

TEXTO DA PEÇA:
JÉSSICA:     Hoje na escola vai ser massa, véi! Tomara que esse ônibus chegue logo! Essa festa do halloween é o bicho, mano!
VALESKA:    É mesmo, vamos arrepiar!
(tosos sorriem e fazem movimentos com suas fantasias, caras e bocas)
LEANDRO:    É a primeira vez que participo desta festa
VALESKA:    Pesquisei na internet que essa história de halloween é antiga. Teve origem há mais de 2.500 anos antes de Cristo.
O povo Celta, da Irlanda, no dia 31 de outubro comemorava uma festa chamada Samhain que significava o fim do verão e o início do ano novo.
LEANDRO:    Eu também pesquisei! Diz uma das lendas que esse povo acreditava que os espíritos de todos que morreram ao longo do ano, voltariam à procura de corpos vivos para possuir e usar no próximo ano.
 Eles acreditavam ser a única chance de vida após a morte.
JÉSSSICA:    Que sinistro, véi!
LEANDRO:    Pois é, mas como os vivos não queriam ser possuídos, na noite de 31 de outubro colocavam fantasias e com muita bagunça e barulho, desfilavam em torno do bairro para assustar os espíritos que procuravam corpos para possuir.
JÉSSICA:     Véi... já tô ficando com medo!
VALESKA:    Tá com medo de quê? (faz uma pausa assustando) .... de ser possuída?
JÉSSICA:     Para de me assustar!
LEANDRO:    O halloween foi levado aos Estados Unidos por imigrantes Irlandeses, descendentes dos Celtas, e passou a ser conhecido como o Dia das Bruxas.
JÉSSICA:     Véi... tu é uma biblioteca ambulante! Sabe tudo!
LEANDRO:    Não sei tudo não! É porque minha professora pediu para pesquisar.
VALESKA:    Nos Estados Unidos as crianças e adultos se fantasiam de bruxos, monstros, ou qualquer coisa que assuste, batem na porta da vizinhança e gritam “doces ou travessuras”, se as pessoas não tiverem doces, fazem muita bagunça, dão sustos, gritam como fantasmas e muitas outras coisas.
JÉSSICA:     Deve ser legal, né?
(alguns falam “é sinistro”, outros, “é fera!”,  “muito bom”.... e sorriem se divertindo)
LEANDRO:    Li também que a brincadeira  “Doces ou Travessuras”  teve origem na Europa há muito tempo atrás.
No dia 02 de novembro, dia dos finados, os cristãos católicos iam de vila em vila pedindo “bolos de alma”, feitos de pão com groselha.
JÉSSICA:     Sinistro, véi!
LEANDRO:    É... a pessoa  que ganhava o bolo deveria fazer uma oração por um parente morto do doador.
Acreditava-se que as almas permaneciam no purgatório por um certo tempo após sua morte e que as orações as ajudavam ir para o céu.
JÉSSICA:     Véi... cadê o ônibus? A gente vai perder a festa! (Nesse momento olha para o jovem sentado e lhe faz uma pergunta)
JÉSSICA:     Você viu se passou um ônibus com uma galera fantasiada?
LUCAS:   Passou sim... uns dois minutos antes de vocês chegarem
(Os 3 arrasados começam a murmurar)
LUCAS:    (Se levanta) Escutei o que falavam sobre a festa do halloween. Vocês podem me dar um minutinho pra falar sobre o que está por trás dessa tradição?
(Todos concordam e dizem juntos: Sim! Claro! Fala véi!)
LUCAS:    Satanás!
(Todos assustados dizem: Credo!)
VALESKA:    Por quê diz isto?
LUCAS:    Porque é uma festa pagã.
Religião em que se adoram muitos deuses, praticam a idolatria, creem que os mortos têm poderes para intervir nos vivos ou fazerem coisas ruins.
VALESKA:    Lá em casa minha vó vive acendendo umas velas e diz que é pras “almas” protegerem ela.
JÉSSICA:     Peraí véi! O que satanás tem a ver com isso?
LUCAS:    Enquanto as pessoas de divertem com as fantasias e símbolos de religião pagã (bruxas, sapos, abóboras e tudo mais), eternizam o culto aos deuses, que não têm poderes nenhum.
Mas satanás recebe tudo isso como adoração, porque ele é o pai da mentira e do engano.
O inimigo de Deus, quer levar o maior número de pessoas para sua morada onde só haverá choro e ranger de dentes, muito sofrimento após a morte física.
A bíblia diz que “O homem será lançado no lago de fogo, separado de Deu s para sempre.” (Ap. 20:14)
Vocês imaginam ter que sofrer eternamente?
TODOS:    Deus me livre!
LUCAS:    E Deus quer livrar vocês e para isso criou um plano de salvação.
TODOS:    Mas qual é? Fala logo!
LUCAS:    A Bíblia aqui fala tudo sobre Deus, seu povo e o plano de salvação que vou resumir em cinco passos:
LUCAS:    1º - Deus ama cada um de vocês – No livro de João 3:16, diz: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
LUCAS:    2º - Todas as pessoas são pecadoras e necessitam de Deus – a Bíblia diz que “todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.” (Rom. 3:23)
LUCAS:    3º - O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor (Rom. 6:23).  
LUCAS:    4º - Jesus Cristo é a solução para o pecado do homem – Pagou o preço – Em Rom. 5:8, diz: “Mas Deus dá a prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós.”
LUCAS:    5º - Qualquer pessoa pode ser salva. Vocês querem ir para o céu? Querem vida eterna?!
TODOS:    Sim! Queremos!
VALESKA:     O que precisamos fazer?
LUCAS:    Precisam se arrepender dos seus pecados, entender as consequências, e crer na salvação através da morte e ressurreição de Cristo.
LUCAS:    Vamos ler Rom.10:9-10 – “Se você confessar que Jesus é o Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. Pois com o coração se crê para a justiça, e com a boca se confessa para a salvação.”
JÉSSICA:     Véi, quero ser salva. Quero esse Jesus aí que morreu por mim!
VALESKA:    Eu também!
LEANDRO:    Eu também!
LUCAS:    Então vamos orar e entregar nossas vidas ao Senhor Jesus.
Fechem os olhos e repitam comigo: Deus, somos pecadores, confessamos Jesus Cristo como nosso Senhor e Salvador, cremos que Jesus morreu e ressuscitou dentre os mortos para nos dar a vida eterna. Amém!
LUCAS:    Vocês sabem no que acabaram de se transformar?
TODOS:    Salvos!
LUCAS:    Além disso a bíblia diz que, a partir deste momento vocês passam a ser Filhos de Deus!
João, no cap. 1:12, diz: “Mas a todos quantos o receberam, aos que creem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus.”
LUCAS:    Agora é frequentar uma igreja, aprender mais de Deus e crescer espiritualmente.
JÉSSICA:     Véi... Tô fora desse halloween!
TODOS:    Eu também!
LUCAS:    Se vocês quiserem eu espero vocês trocarem de roupa e vamos todos adorar à Deus!
JÉSSICA:     Claro! Espera aí hein, véi? Vamos galera!


“Esta peça foi encenada pelos adolescentes, teve uma repercussão muito boa entre as crianças, jovens e toda a congregação da nossa igreja.
É importante informar sobre essas práticas pagãs, mas com fundamento, contando a história, e nada melhor do que uma peça teatral.
Acho que ainda dá tempo de fazer aí na sua igreja.
Com o tempo curto, preferimos gravar as falas com o fundo musical (ora barulho de trânsito, ora música instrumental) e apresentar no dia.”

Fonte web: OS PEQUENINOS DO REINO

Autores: 
Estilos: 
nº de personagens: