ESCRAVIDÃO

Versão para impressão

Deus cria o homem para ter comunhão com ele. O homem decide se afastar e buscar conhecimento independente de Deus. Dessa liberdade de pensamento o homem começa a discriminar o próximo.
Nasce a violência, o racismo e o preconceito. Homem negro é chicoteado por outros. Jesus depois é chicoteado e crucificado por todos os homens, inclusive pelo negro. A peça termina com o narrador dizendo sobre a importância de Jesus ter morrido na cruz para que pudessemos hoje ter o nosso entendimento renovado. A música da peça é composta por alguns estilos de africanos incluindo música eletrônica.

 
Escravidão
 

Estilo: Pantomima intercalada com narração.

Duração: 4m37s

Se houver interesse por essa peça envio a música dela. Basta me mandar um e-mail pedindo. Meu email é: emilianesaraiva@yahoo.com.br

Objetivo: Evangelismo em rua, faculdades, colégios. Pode ser apresentada também na igreja.

Mensagem:  Jesus morreu na cruz para que pudéssemos voltar a andar com Deus. Somente esse relacionamento com Deus é capaz de renovar o entendimento do homem,  libertando-o de seus maus pensamentos como: o preconceito, o racismo, a discriminação, o orgulho, a soberba e a inveja. Essa forma de pensar é fruto da independência que o homem quis ter de Deus.

Personagens: Jesus. Três personagens: branco, pardo, negro. Narrador.

Tempos da música:

** Antes do narrador entrar, antes da música começar personagens se posicionam agachados olhando para chão (sem ajeitar roupas, cabelo, paralisados) esperando a primeira narração terminar.

00:00/00:05 – Tambor alto. Narrador entra nos primeiros 5 segundos.

00:05/01:00 – Narração.

Narração:  Eu negro. Tu amarelo. Ele branco. Nós vermelhos. Vós pardos. Eles caucasianos. No princípio não havia tantas pessoas só Deus e o homem. Só você e Deus. Essa história toda começou quando Deus quis te criar. (narrador imita um pai olhando para um bebê em seus braços)  Ele olhou para você e disse: Pardo! Negro! Branco! Não... Ele disse: Minha imagem e minha semelhança! Por que Ele disse isso? Porque filhos se parecem com seus pais. Essa história começou quando você foi criado para ser filho de um Deus!!!

**Narrador sai de cena. Personagens se levantam. Jesus fica de frente para a platéia, os outros três personagens estão de costas.

** Na música há um cantor e um coro. Os movimentos de Deus são nas partes do cantor e os movimentos da humanidade na parte em que o coro canta. Os movimentos finais têm que ser a humanidade se prostrando perante Jesus. Os movimentos não são complexos. Sugestão de movimentos estão nos seguintes links:

http://www.youtube.com/watch?v=N3zWmafxXg4&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=hyxCMEARuc0&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=2RTMUB3MwTc&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=S9D7bXRaBpw&feature=rec-HM-r2

http://www.youtube.com/watch?v=cQmHSW2cqJY&NR=1

 

01:00/01:04 Deus faz um movimento levemente dançado. No início desse movimento personagem branco vira e observa Deus fazendo o movimento.

01:04/01:09 Personagem imita o movimento de Deus. Deus observa o personagem branco repetindo o movimento.

01:09/01:13 Deus faz um movimento levemente dançado. No início desse movimento personagem pardo vira e juntamente com o branco observam Deus fazendo o movimento.

01:13/01:18 Personagens branco e pardo imitam o movimento de Deus.

01:18/01:25 Personagem negro vira e observa o rápido movimento que Deus faz e o imita. Os outros dois personagens também imitam.

01:26/01:33 Deus faz movimentos e humanidade imita. Termina esta parte com humanidade agachada, olhando para o chão e Jesus de costas para platéia.

01:34/01:37 Narrador volta para o centro da cena.

01:38/02:33 – Narração

Narração : O homem podia entender os mistérios de toda a criação com o próprio criador. Ele estava ali todos os dias para conversar. Mas o homem quis buscar mais conhecimento. Quis pensar sozinho, refletir sozinho!! Ele não quis buscar mais as respostas para suas perguntas no criador. Deus foi expulso do pensar e do refletir do homem. Eu e você escolhemos a independência!! Nos achamos auto-suficentes em nossa pequena inteligência. Libertos de Deus a nossa forma de pensar nos escravizou.

** Narrador sai de cena

02:34/02:50 Humanos começam a andar cada um em uma direção, refletindo sobre algo. Humanos olham bem uns para os outros. Notam as diferenças e continuam refletindo. Jesus tenta se aproximar de cada um para dar a sua opinião, mas é rejeitado por todos.

02:51/03:03  Como estão andando, refletindo desatentos, negro esbarra sem querer no branco. Branco fica enfurecido e vai tirar satisfações. Negro tenta mostrar que não foi de propósito. Tenta afasta branco de perto de si. Branco se afasta e vai para perto de pardo.

03:03/03:07  Jesus tenta se aproximar de branco para acalmá-lo mas pardo o afasta.

03:04/03:18  Pardo fala algo para branco que procura novamente o negro para brigar, agora ainda mais irritado. Os pardo e negro começam a brigar violentamente.

*03:11 Jesus tenta separar negro e branco mas pardo pega Jesus e o afasta bem pra fora de cena. Branco e negro continuam brigando.

03:19/03:25  Branco se afasta de negro e novamente procura pardo. Os dois conversam e branco fala alguma coisa para pardo apontando para o negro fazendo referência a cor da pele do negro. Os dois têm uma idéia.

03:26/03:30 Pardo vai para trás de negro e o imobiliza segurando seus braços pra trás.

03:30/03:44   Branco chega com um chicote e começa chicotear o negro. Depois de algumas chicoteadas pardo solta negro que cai no chão exausto de dor. Branco e pardo continuam batendo no negro mesmo ele estando jogado no chão.

** Essa parte termina com branco e pardo de um lado afastados do negro, em pé de costas para a platéia. Negro se levanta e com muita dor, fica também em pé de costas para a platéia.

03:45/03:50  Tambor alto. Narrador volta para a cena.

03:50/04:45 – Narração

Narração: A nossa independência inventou o racismo, o preconceito e a discriminação. Começamos a considerar o próximo inferior a nós. Nos sentimos superiores a Deus.  Julgamos aqueles que não conhecemos. Nos esforçamos para não conhecer a Deus. Nosso intelecto, nossa razão se corrompeu. Preferimos fechar os olhos para as conseqüências dos nossos atos. Preferimos não ouvir a voz de Deus.

 

04:46/04:57 Jesus tenta se aproximar de negro. Toca em seu ombro. Negro irritado empurra Jesus no chão e manda Jesus se afastar. Jesus se levanta e vai até os outros dois.

04:58/05:23 Jesus toca nos outros dois personagens que se irritam e jogam Jesus no chão. Começam a chutá-lo. Negro se junta para chutar Jesus. Os três ficam batendo em Jesus até que ele cai no chão.

05:24/05:42  Depois de cair no chão Jesus é levantado por branco e pardo. Cada um  levanta Jesus por um abraço e ao levantar completamente Jesus fica com os braços abertos como se estivesse na cruz. Negro pega o chicote e chicoteia Jesus enquanto ele está sendo segurado pelos outros.

05:43/05:53  Homens saem, e ficam em pé de costas para Jesus e para a platéia. Jesus permanece de braços abertos, sofrendo na cruz. Jesus agoniza, mas não olha para a platéia.

05:54/06:00 Jesus levanta a cabeça olha para a platéia, enche os pulmões. Olha para cima, como se estivesse olhando para Deus. E o soltar o ar de seus pulmões, expira e morre, mas continua com os braços abertos, morto na cruz. E fica na cruz até o narrador terminar a última narração.

** Não há música para a última narração.

06:00/06:05 Narrador volta para cena.

Narração Final:   Essa história não termina com Jesus morto na cruz. Ele venceu a morte para trazer vida para nossa maneira de pensar.  Para Deus não há negros, pardos e brancos, existem apenas aqueles que deixam que Ele participe de suas vidas, que o procuram conhecê-Lo e aqueles que não fazem nada disso. Você pode continuar vivendo mantendo Deus afastado da sua forma de pensar, ou você pode deixar Jesus renovar o seu entendimento. O final da sua história depende de você.

** Quando narrador termina de falar ele é o primeiro a sair. Seguidamente saem os personagens humanos e por último Jesus fecha os braços e sai de cena.

 

FIM

 

Diversos: