ENTRA E MORA

Versão para impressão

ENTRA E MORAO Coração de Pedro é um personagem visível e caracterizado.

Além da função física de um coração, manter a vida pulsando, ele tem que ajudar seu dono a tomar decisões. Incentivar, participar ativamente das escolhas de seu dono.

Surgem personagens, que querem participar da vida Pedro, invadindo, entrando com sutileza ou pedindo a autorização para fazê-lo.

No decorrer do tempo o Coração de Pedro já está dilacerado... É necessário uma intervenção...

 

 

Personagens:
Pedro
Coração do Pedro
Espírito Santo
Jesus
Orgulho
Inveja
Luxuria
Ira
Preguiça
Avareza
Vozes 3
Figurino: um coração partido em seis pedaços.
Cenário: uma porta.
 
(O Coração do Pedro está no centro do palco, cumprimenta a plateia, gesticula com se estivesse pulsando)
CORAÇÃO DE PEDRO: Olá eu sou o Coração do Pedro, eu que me encarrego de incentivá-lo a fazer coisas e o ajudo a tomar decisões, eu não posso parar sabe, a vida dele depende de mim...
(Alguém bate na porta, o Coração do Pedro olha para a porta )
CORAÇÃO DE PEDRO: Com licença vou atender a porta.
(O Coração do Pedro dirige-se a porta e abre-a)
JESUS: Olá eu sou Jesus posso entrar?
CORAÇÃO DE PEDRO: Porque eu deixaria você entrar?
JESUS: Bem, por que eu gostaria de morar com você e cuidar de você.
CORAÇÃO DE PEDRO: Eh... Jesus? Né isso? To muito ocupado agora e não tenho tempo para parar, desculpe, mas só tem espaço pra um aqui.
JESUS: Entendo. Se precisar é só me chamar.
(Jesus vai se afastando da porta e quando o coração vai fechá-la o Orgulho segura a porta e entra.)
ORGULHO: Olá, Eu sou o grande e único Orgulho( da um ênfase no seu nome como se fosse uma grande placa).
CORAÇÃO DE PEDRO: Olá, mas quem deixou você entrar?
(O orgulho olha coração para duvidando da pergunta)
ORGULHO: escute o Pedro está sendo elogiado.
VOZ: Nossa Pedro você é um ótimo Empresário, se não fosse você a empresa não teria chegado onde está.
CORAÇÃO DE PEDRO: Pedro agradeça e diga que você não conseguiu sozinho.
ORGULHO: Deixa de ser besta rapaz, diz isso não Pedro, quem ficou trabalhado até tarde foi você, isso não passa de um mérito seu. Apenas agradeça e concorde.
PEDRO: Ah! Obrigado.
ORGULHO: Tá vendo? Como nós 3 estamos felizes,s isso é ótimo, os holofotes sobre nós.
(O orgulho se dirige ao coração e pega um pedaço da sua veste.)
CORAÇÃO DE PEDRO: Concordo isso é muito bom. (fala olhando admirado para o Orgulho)
ORGULHO: Deixe-me te apresentar uma amiga minha. (grita) INVEJA CHEGA AÍ.
INVEJA: Por que você tem um pedaço dele e eu não eu quero um também, e eu quero maior que o seu.
ORGULHO: Calma aí parceira, (aproxima-se bastante da inveja e fala como se estivesse sussurrando)  Você sabe que tem que conquistar seu espaço né.
INVEJA: Tá certo, mas o meu pedaço vai ser bem grandão. Olha ali coração o carro que aquele cara tem, não é justo, vocês trabalharam tanto e não conseguiram aquele carro, aquele cara não merece.
(O coração vai ficando com raiva do Rapaz.)
CORAÇÃO DE PEDRO: Pedro você tem que fazer alguma coisa, nós merecemos aquele carro.
PEDRO: Vou desviar um pouco de dinheiro para eu e comprar um carro igual aquele. NÃO, comprarei um melhor.
CORAÇÃO DE PEDRO: isso mesmo Pedro.
INVEJA: Tá vendo, como eu dizia o meu pedaço será bem grande. Hahaha.
(A inveja aproxima-se do coração e arranca o maior pedaço da roupa dele.)
VOZ FEMININA: PEDRO! Que carrão! Você sabia que eu sempre fui louquinha por você.
Obs.: A porta permanece semi fechada
(Entra a Luxuria, aproxima-se do coração e diz.)
LUXÚRIA: Caramba que gata cara, olha esses peitos! E essas pernas, você tem pegá-la agora. Uma gata dessas só aparece uma vez na vida.
CORAÇÃO DE PEDRO: Mas nós já namoramos a Camila. Nós somos felizes.
LUXÚRIA: Ah! A Camila num chega nem aos pés dessa aí, e em falar em pés olha que pernas.
CORAÇÃO DE PEDRO: Vai fundo Pedro. Dê-lhe um beijão.
LUXÚRIA: Tá vendo a gata que nós pegamos, valeu a ideia inveja o carro foi um ótimo meio pra atrair essa gata. (enquanto fala vai e toma um pedaço do coração.)
Obs.: Todos ficam brincando com os pedaços e observando o Coração do Pedro sendo envolvido por eles.
INVEJA: Que nada, nós precisamos de um carro como o do Presidente da companhia.
ORGULHO: Depois de todo o nosso impecável e belíssimo trabalho, nada seria mais justo afinal somos o melhor daqui.
VOZ: Você poderia ajudar a nossa Casa Recuperação, pois só contamos com ajuda de pessoal não temos apoio de nenhuma empresa ou poder público.
(O orgulho a inveja e a luxuria começam a fazer barulho para distrair o coração enquanto isso entra a avareza.)
AVAREZA: Não seja tolo coração, depois de todo o esforço para termos alguma coisa, você vai gastar com eles?
Seria um péssimo investimento.
CORAÇÃO DE PEDRO: Diga que não tem Pedro.
PEDRO: Desculpe, mas não tenho como ajudá-lo.
(A avareza arranca outro pedaço do coração.)
VOZ: Jesus te ama!
(Jesus bate na porta.)
CORAÇÃO DE PEDRO: Quem é?
ORGULHO: Deixa que eu atendo, (vai até a porta e quando vê Jesus, diz enfurecido) Ele não precisa de você ele já tem a gente.
JESUS: Eu gostaria de falar com o dono da casa, não com você, chame-o pra mim.
ORGULHO: Coração só quer falar se for com você.
CORAÇÃO DE PEDRO: Diga que eu estou ocupado agora, pede pra ele vir mais tarde.
ORGULHO: Você ouviu.
(Jesus se retira.)
VOZ: Pedro, com licença, eu sei que você é mais experiente que eu, mas o seu ultimo relatório tinha alguns erros, talvez, se você quiser, a a gente pode concertar junto.
(A ira entra correndo enfurecida. Depois entra a preguiça bocejando.)
IRA: Quem ele pensa que é, esse funcionarizinho vem falar com a gente desse jeito, Tá se achando, demite ele e ameaça matá-lo se ele contar isso pra alguém.
CORAÇÃO DE PEDRO: Pedro, demite ele e o ameaça.
PREGUIÇA: Além do que, nós estamos tão cansados, o melhor a fazer é ir pra casa dormir.
CORAÇÃO DE PEDRO: Você tem descansar um pouco também, né?
PEDRO: VOCÊ ESTÁ DEMITIDO. E se você contar isso pra alguém eu te MATO! (diz pedro enfurecido.)
(A ira e a preguiça arrancam pedaços do coração deixando-o apenas com um.)
CORAÇÃO DE PEDRO: Nossa como aqui está cheio, to ficando triste, a Camila, pobre rapazes.
ORGULHO: O que é isso rapaz? Olha o que você conseguiu. Estamos felizes. Se alegre com a gente.
VOZ: Pedro, vamos lá na igreja comigo hoje, vai ser muito bom pode ter certeza.
(Antes que todos dissessem alguma coisa o coração responde:)
CORAÇÃO DE PEDRO: Sim!
PEDRO: Vamos!
(Antes de irem para a igreja)
PREGUIÇA: Coração, nós estamos tão cansados, trabalhamos tanto, vamos ficar em casa, a igreja num vai sair de lá não, e o filme inédito que vai passar, só passa hoje, vamos ficar em casa e descansar.
CORAÇÃO DE PEDRO:  Mas eu falei que ia, se eu não for vai ficar feio.
PREGUIÇA: liga pra ele dizendo que num tá bem, e que não vai poder ir, daí a gente fica aqui e descansa.
CORAÇÃO DE PEDRO: Desculpe preguiça, mas eu já dei a minha palavra e eu não vou faltar com ela. Afinal o filme sempre passa de novo e eu posso alugá-lo.
IRA: Droga! Isso é muito perigoso pra gente (fala pros outros)
ORGULHO: Eu já sei! É claro uma ideia tão brilhante não poderia vir de outro alguém.
INVEJA: (fala para o público) Ele se acha, mas eu não vou concordar por que eu copio e melhoro.
ORGULHO: Coração olha que música massa essa nova.
VOZ: Seja bem vindo, Jesus te ama. Deus tem algo muito especial pra você está noite.
PEDRO: Obrigado.
PREGUIÇA: aumenta o som aí Ira.
IRA: Mas você tá do lado do controle.
PREGUIÇA: eu estou muito cansando.
IRA: eu te odeio preguiça. (aumenta o som)
(Todos as personagens ficam conversando e dançando e distraindo o coração.)
Pausa a cena.
VOZ: Enquanto o culto continuava, os pecados tentavam distrair o coração de todas as formas, mas sempre que era o dito o nome de Jesus o coração se lembrava e queria conhecê-lo, pois foi o único que pediu para entrar e ele não deu importância, sentia-se triste pois só lhe restara uma parte de si próprio com ele. No fim da pregação foi feito o apelo.
ORGULHO: esse momento é crucial não podemos deixar o coração ouvir de forma alguma.
(Todos estão dançando e interagindo uns com outros.)
VOZ: Espírito Santo te peço, que entre em cada coração e faça o tua obra e liberes os corações para te conhecerem e serem salvos por Jesus, e que Ele entre nos corações e fique para sempre.
(Todos ficam estátuas menos o coração.)
CORAÇÃO DE PEDRO: É mesmo... (olha pra todos estatuas) Gente o que houve? Orgulho? (passa a mão no rosto dele e ele permanece estatua) O Espírito Santo entra.
ESPÍRITO SANTO: Olá coração.
(O Coração toma um susto.)
CORAÇÃO DE PEDRO: Olá quem é você e como entrou?
ESPÍRITO SANTO: pode me chamar de Espírito Santo, bem entrei por que alguém me pediu para fazê-lo, nossa! O que houve com você?
Está tão triste e despedaçado, o que eles fizeram com você e porque estão com seus pedaços?
CORAÇÃO DE PEDRO: Bem esses são meus... meus....  não sei porque eles estão com meus pedaços.
ESPÍRITO SANTO: Você sabia que eles só querem sugar sua vida? E que eles não podem viver sem você, por isso eles estão com seus pedaços, estão com sua vida. Você gostaria de ter seus pedaços unidos novamente?
CORAÇÃO DE PEDRO: Você acha que isso vai mesmo me trazer a alegria de volta?
ESPÍRITO SANTO: Lembre-se de quando você tinha todos os pedaços.
CORAÇÃO DE PEDRO: É, eu era mais feliz, e tinha um homem que queria morar comigo, só não lembro o nome dele.
(O Espírito Santo vai tirando os pedaços do coração da mão dos pecados)
ESPÍRITO SANTO: Sabe, todos eles são pecados e quebraram você, lhe fizeram fazer coisas horríveis, entraram aqui sem permissão e arrancaram sua vida,  Esse homem que queria morar com você, é Jesus, ele pode concertar você.
CORAÇÃO DE PEDRO: Pode? Como?
ESPÍRITO SANTO: Lembra que ele disse se precisar era só chamar, chame-o para morar com você, diga ao Pedro que ele deve correr para os pés de Jesus.
CORAÇÃO DE PEDRO: Mas e eles?
ESPÍRITO SANTO: Você se arrepende do que fez?
CORAÇÃO DE PEDRO: Do que?
ESPÍRITO SANTO: Ter desviado dinheiro, ter demitido aquele rapaz, ter traído a Camila e você sabe o que mais.
CORAÇÃO DE PEDRO: Sim, embora só me reste um pedaço, de todo ele me arrependo.
ESPÍRITO SANTO: Pois Bem, quando você chamar Jesus todos ele irão embora. O meu Papel eu já fiz agora é com você Coração grite o nome de Jesus e você verá. (entrega os pedaços para o coração.)
(O Espírito Santo se retira, Todos voltam a se mexer a música volta a tocar, mas na mesma hora o coração corre para a porta e grita.)
CORAÇÃO DE PEDRO: JESUS!!! PEDRO CORRA PARA OS PÉS DE JESUS, ACEITE-O. VÁ.
Os companheiros do coração desesperam-se e na mesma hora Jesus entra pela porá, o coração entrega todos os pedaços para Jesus e ele vai colocando os pedaços de volta no lugar. A medida que os pedaços vão sendo colocados o coração vai ficando mais alegre e os pecados um a um vão saindo.
PEDRO: Jesus , Escreve o meu nome no livro da vida e habite sempre em meu coração.
Fim.

 

 

Diversos: