DESCONSTRUÇÃO do ator

Versão para impressão

DESCONSTRUÇÃO do ator Família, amigos, ambiente, escola, igreja, música, cultura, hábitos, emoções, trabalho, moda... Tudo isso e muito mais, foram moldando a nossa forma de agir, de andar, de ser.

Nossas atitudes, ações e reações estão impregnadas com a nossa história, algumas coisas refutamos outras dão-nos orgulho.

 

Imaginemos que o nosso grupo de teatro é formado por um rapper americano, uma patricinha e um caipira brasileiro.
 
Simplesmente entregar os figurinos e os textos, pedindo que mostrem a cena de José e Maria chegando na hospedaria, creio que viraria uma comédia(involuntária). A caracterização não faz o personagem.
 
Quando falo em desconstrução falo em tirar a carga pessoal, dando um caminhar, um falar, e um respirar mais neutro.
Faz parte do exercício do ator, e/ou diretor, e/ou dramaturgo, observar.
Respiração:
Observe a respiração de uma pessoa tensa, de uma pessoa apaixonada, de uma pessoa apavorada, de...
Por isso recomendo exercícios respiratórios no início dos encontros, apaga-se o estado anterior à oficina teatral. Estando todos respirando juntos, numa cadência promovida pelo oficineiro , começa a parecer um grupo(Falta muito, mas é um início).
  1. O exercício respiratório promove a desconstrução do clima emocional do ator.
Caminhar:
“Caminhar neutro”, imagine que há uma linha que passa por dentro da coluna, e sai no alto da cabeça, mais duas linhas saem dos ombros, e você está pendurado por estas 3 linhas, sumiu quase todo o peso que havia sobre os pés.
Uma linha imaginária sai da testa, outra do queixo, outra do peito e ainda mais uma do púbis estas 4 linhas te puxam horizontalmente, e as 3 anteriores te sustentam verticalmente.
Este exercício alivia o cansaço, “dá um novo gás na caminhada” , normalmente aumenta a velocidade da caminhada
 
  1. A caminhada direcionada pelo oficineiro promove a desconstrução física do ator.
 
Tira-se do ator cacoetes, posturas... para colocar características do personagem.
Quem quiser entender melhor sobre a desconstrução recomendo: http://va.mu/ThjI