CRISTO PERDOA

Fantoches - CRISTO PERDOA

Esta é  uma peça de fantoches, onde uma das personagens (Boca braba/RANZINZA) se sente sozinha e sempre quer arrumar confusão.
Pela graça de Deus, ele tem um amigo (Angelito) que o conforta e o ajuda a perceber seus erros, orientando-o a entregar sua vida a Cristo para que perdoe seus pecados.
As crianças vão curtir(não só elas) e é uma boa oportunidade para eles encontrarem Jesus.
Foi preparada originalmente para fantoches, mas é facilmente transformada para personagens humanos.


Personagens: Ranzinza, Angelito e Bento. Tem muito breve participação do professor.
RANZINZA:      (Chorando) Sniff... sniff... sniff
ANGELITO:    Ranzinza, você ainda está resfriado?
RANZINZA:       Sniff... sniff... sniff, me deixa! Sniff... sniff … Daqui a pouco passa.
Não to afim de assunto.
ANGELITO:    Ummm? Mas o que aconteceu?
RANZINZA:       Você não enxerga? Você é cego? Estou chorando!
ANGELITO:    Tá, mas por que isso?
RANZINZA:    É que ninguém me ama!
Todo mundo me abandonou...
ANGELITO:    Não foi todo mundo que te abandonou, eu estou aqui, ao seu lado...
e você tem muitos meninos ao seu redor.
RANZINZA:     Sim, mas o Bento, que senta do meu lado na aula, ficou bravo comigo.
Só porque eu levei para casa sua coletânea de desenhos para colorir.
Peguei escondido dele porque não quis me emprestar!
ANGELITO:    Mas Ranzinza! Isso é roubo!
RANZINZA:     Então, eu tive que brigar com ele...
Eu contei pra ele que peguei mesmo.... (Angelito tenta calá-lo.)
Além disso, dei cinco socos e três chutes nele!
ANGELITO:    Ranzinza, isso é errado!
RANZINZA:     E ainda por cima,  a mãe do Bento contou tudo pra minha mãe.
Quando cheguei em casa a minha mãe me deu uma surra, me obrigou a devolver o material e me proibiu de sair para brincar a semana inteira.
Buah! Buah! Buah!
ANGELITO:    (para os meninos.) Gente, vocês dariam uma salva de palmas ao Ranzinza?
Pessoal: ...................................................
RANZINZA:     Está vendo? Ninguém me ama!
ANGELITO:    Ranzinza, acho que quem não ama ninguém é você.
O que você fez foi muito errado!
RANZINZA:     Tá, é errado... Mas muitos caras também fazem isso.
ANGELITO:    Mesmo muitos fazendo ainda está errado. (Dirigindo-se ao professor.)
Não é verdade, professor?
PROFESSOR:    Sim, é verdade, e o pior é que Deus não gosta que façam essas coisas.
Deus chama estas coisas de pecados e que todo aquele que comete pecado não pode estar perto dEle.
“pois todos pecaram e carecem da glória de Deus” Romanos 3:23 (é ensinado e repetido várias vezes)
ANGELITO:    Espero que você reconsidere Ranzinza, que o que você fez não foi certo.
E lembre-se do que acabamos de aprender, que as coisas ruins que fazemos nos separam de Deus e você fez algo ruim e, portanto, você está longe de Deus.
(Angelito sai de cena. Ranzinza fica sozinho meditando)
RANZINZA:     Sniff! Sniff! Por que isso tem que acontecer comigo?
Se o Bento fosse o culpado por eu ter batido nele, por não ter me emprestado a  sua coletânea de desenhos.
Os socos e chutes que dei nele seriam bem merecidos, é assim que se apagam os sentimentos egoístas.
Se vocês pudessem ver como o rosto dele ficou, ha! Ha!
(É aí que chega Bento …)
BENTO:    Ranzinza! Ranzinza!
RANZINZA:     Ei, quem está me chamando? Quem está aí?
BENTO:    Sou eu Ranzinza, Bento.
RANZINZA:     O que você quer!
Ahh eu sei, você veio em busca de vingança, vamos lá... vamos eu tenho muitos mais socos e chutes para dar em você... vamos lá se você for homem.
BENTO:    Sou homem sim, mas não quero brigar com você.
RANZINZA:     O que que você quer então?
BENTO:    Eu fui um pouco egoísta de não querer te emprestar os meus desenhos.
Por isso trouxe para você todo o meu estojo com lápis de cor, de cera, a coletânea de desenhos, tudo para que você possa desenhar e pintar o que quiser.
RANZINZA:     Mas... mas eu.
BENTO:    Use tudo que você quiser.
Me devolve na segunda-feira que vou precisar para a escola.
RANZINZA:     Como você, mas eu não posso, eu, eu...
BENTO:    Peço desculpas pelo egoísmo, agora tenho que ir ao dentista, por causa dos dentes que você tirou, lembra? Tchau nos vemos.
(Sai Bento)
RANZINZA:     Que idiota eu sou!
Como aceitei seu estojo com todas as suas cores, se não o mereço!
Além disso, não tive coragem de dizer a ele que também estava errado.
Meu rosto cai de vergonha. (Ele abaixa a cabeça e caminha pelo palco.)
(Angelito aparece …)
ANGELITO:    Ranzinza! Ranzinza! Meu amigo! Como vai?
RANZINZA:     Me deixa Angelito, não quero ver ninguém, não mereço nada... nada.
ANGELITO:    Não diga isso Ranzinza, todos nós cometemos erros e agimos bem quando reconhecemos isso e pedimos perdão.
RANZINZA:     Mas não consegui, estava prestes a dizer a Bento que sentia muito e a vergonha me travou.
ANGELITO:    Por que você diz isso?
Bento estava com você?
RANZINZA:     Sim, e não tive coragem de pedir perdão.
E por tudo isso Bento me emprestou seu estojo com todas as suas coisas.
Agora você vê como me sinto?
ANGELITO:    Sinto muito, mas você sabe de uma coisa, meu amigo, Deus que vê tudo sabe como você se comporta e fica muito triste quando você faz coisas ruins.
Lembre-se de que o pecado separa você de Deus.
RANZINZA: O que devo fazer?
ANGELITO: Peça ao Senhor Jesus que o perdoe por todas as coisas ruins que você fez, para limpar seu coração e para te ajudar a não fazê-los mais.
RANZINZA: E como peço perdão ao Senhor Jesus?
ANGELITO:    Simplesmente fazendo esta oração comigo e (para o público) vocês podem fazer também, repitam conosco.
Vamos fechar nossos olhos e inclinamos nossas cabeças.
Oração: Senhor Jesus, quero pedir-lhe que me limpe de todas as coisas ruins que estão em meu coração e me ajude, Senhor, a não fazê-las mais.
Obrigado porque um dia você morreu por cada um de nós na cruz para nos salvar do pecado.
No nome de Jesus. Amém.
RANZINZA:     Como me sinto bem, Angelito!
Há um alívio dentro de mim, como se um fardo tivesse sido tirado de mim!
ANGELITO:    Sabe por quê?
Porque Cristo veio morar em seu coração para nunca sair e limpar todo o pecado que havia em você.
Você ousa Ranzinza pedir desculpas a Bento pelo que você fez com ele?
RANZINZA:     Claro, agora que tenho Jesus, sou capaz de tudo, até pedir desculpas ao cachorro do canto por tê-lo chutado na cara.
ANGELITO:    Olha, você é demais, muito bem então vamos lá.
RANZINZA:     Vamos! Tchau gente!
(Eles saem do palco. Deixe o professor terminar com o texto de Romanos 6:23)
Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor. Romanos 6:23
 
FIM
Fonte WEB MINISTERIO TIEMPO PARA NIÑOS

Temas: 
nº de personagens: