CLAMOR

Versão para impressão

FAMÍLIA - Teatro CristãoUma família completamente abalada, a mãe é abandonada pelo marido, ela fica sem chão e procura esquecer seus problemas no álcool. Uma filha paralitica que não se conforma por não poder andar, um filho problemático que é dependente químico e outra filha que é fiel a Deus, e esta na casa de dEle, mas esta com sua fé abalada… E o inimigo irá colocar vários obstáculos para que ela desista de ver sua família Edificada!

Personagens:

Carmem “ mãe alcoólatra’’-
Júlia “filha evangélica’’ –
Sarah “ paralitica’’ –
Denize “ amiga da igreja de Júlia”-
Ricardo “ filho viciado em drogas’’-
Jorge “ marido’’-

Vídeo da montagem da peça CLAMOR


Cenário:
A sala de uma casa é onde acontece toda a peça.
Texto-
(esta em cena Carmem e Sarah, Carmem esta se arrumando a casa e Sarah assistindo novela)
CARMEM: Inferno de casa, que bagunça é essa meu Deus, que trabalho de caranguejo que só anda pra traz, eu arrumo e arrumo essa casa e ela vive bagunçada.
SARAH: Ai mãe fica quieta, eu não to conseguindo ouvir a TV, o Carlos Eduardo esta se declarando pra Maria Gabriela, só que ela esta grávida do José Adolfo... Ai e o pior é que os dois são lindos!
CARMEM: Você não tem mais nada pra fazer não? Vida boa heim...
SARAH: Vida boa? Se ta louca mãe? Você se esqueceu que a sua filha não pode se quer mexer as pernas?
CARMEM: A menina para de fazer drama, e onde esta sua a Júlia sua irmã aquele irresponsável?
SARAH: Onde mãe? E a senhora ainda pergunta? Na igreja né, onde mais poderia ser? Aquela la vive na igreja, qualquer dia eu mando ela levar o colchão para ficar de vez la!
CARMEM: Mais como assim ela foi pra igreja? Hoje é sexta feira, ela já não foi ontem de ontem na quarta?
SARAH: Sim, e ontem também teve ensaio sei la do que!
CARMEM: A mais essa menina que me aguarde eu vivo limpando essa casa , você ai nessa televisão e ela la na igreja, o que tanto que ela faz la?
SARAH: Deve ter um caso com o pastor de la, só pode! Ela é tão fanática!
(entra em cena Júlia com a bíblia nas mãos)
JÚLIA: Fanática?Fanática não! Eu sou serva de Deus o grande poderoso.
SARAH: Deus? Todo poderoso? Onde esta a piada? Se ele tivesse poder algum ele me deixaria nessa maldita cadeira sem andar? Acho que não!
JÚLIA: Deus existe e é todo poderoso sim, ele te ama e é o único que pode mudar a sua história, mais você tem que buscar ele, não vai ser ai vendo novelas que você vai ser curada!
CARMEM: Para com isso menina, você pode ir na igreja mais não quero ouvir falar o nome de Deus nessa casa, quando eu mais precisei dEle, Ele não estava pra me ajudar!
JÚLIA: Mãe, para com isso Deus não tem culpa do pai ter abandonado você e a gente não. Seu marido que é um sem vergonha mesmo, mais sabe ele me abandonou quando eu era pequena mais eu não tenho raiva dEle, eu creio que um dia ele vai voltar e nos vamos ser uma família novamente. Eu creio!
SARAH: Vai crendo... (ri)
CARMEM: Para de falar desse traste desse homem, por causa dele eu estou onde estou hoje, (pega a garrafa de cerveja e começa a beber) maldita hora que eu me casei com ele, maldita hora que vocês nasceram.
SARAH: Maldita mesmo!
JÚLIA: Para com isso gente, mãe pelo amor de Deus, para de beber você vai ficar bêbada de novo, para com isso mãe, Deus tem tantas coisas pra te dar, ao invés de ficar ai bebendo vai buscar a Deus!
CARMEM: Cala a boca menina, a única alegria que eu tenho na minha vida é beber, e você quer tirar de mim? Sai daqui me deixa em paz Júlia !
( Júlia sai, Carmem continua a beber, Sarah na TV , entra em cena Ricardo )
RICARDO: Eaí dona Carmem, só na bebida né, ta certa, e Sarah para de ver essa novela mexicanas no final na mocinha casa com o carinha rico e vivem felizes para sempre!
SARAH: Ai cala boca, Ricardo.
CARMEM: Onde você esta menino?
RICARDO: Tava la no parque na juventude com uma galera.
CARMEM: Fazendo o que la? Posso saber?
SARAH: Ai se ela soubesse (ri)
RICARDO: Ah, nada de mais, to indo pro meu quarto.
(entra em cena Júlia com outra roupa e com bíblia nas mãos)
 
 
 
JÚLIA: Mãe você ainda esta bebendo? Para com isso...
CARMEM: (alterada)Para você de me encher a paciência menina... Vai cuidar da sua vida, que da minha deixa que eu cuido!
JÚLIA: Para mãe, não é assim que você vai resolver os seus problemas...
CARMEM: E é como então? Deus? Deus já deixou na mão já! (continua a beber)
JÚLIA: Agora chega, ponto final ( toma a garrafa de cerveja e joga todo o liquido no chão).
CARMEM: O que, que você fez sua idiota? ( da um tapa na cara de Júlia que chora).
SARAH: Ai vamos parar de gritaria e baixaria nessa casa? Eu to tentando ver a novela!
JÚLIA: Sarah você não vê? A mãe esta se acabando no álcool e você preocupada com suas novela, de que planeta você é menina?
SARAH: Do planeta onde cada um cuida da sua vida.

JÚLIA: Meu Deus do Céu, me ajudar Senhor. Mãe to indo pra igreja tchau.

CARMEM: A mais não vai mesmo, ( vai para a frente da porta), você não vai sair dessa casa, você acabo de vir da igreja, se ta pensando o que? Que você entra e sai dessa casa a hora que você quiser? Aqui quem manda sou eu.
JÚLIA: Mais mãe, eu tenho que apresentar hoje na coreografia da igreja, eu preciso ir pra vigília, todos estão contando comigo... Mãe ...
CARMEM: E eu com isso? Você não vai e pronto! Se você sair dessa casa você nunca mais põem os pés aqui dentro! Ouviu bem?
JÚLIA: Mais mãe...
CARMEM: Ouviu bem?
JÚLIA: Ouvi ( senta no sofá).
(entra em cena Ricardo )
RICARDO: Milagre a Júlia esta em casa, pensei que você tava na igreja dando dinheiro pra pastor... Sabe o que é isso? Você ta precisando de divertir um pouco, sair pra namorar, sair pra balada, sair pra se divertir...
JÚLIA: Muito obrigada Ricardo, mais eu não preciso dessas coisas pra me se divertir não.
RICARDO: A mais eu preciso, e muitooo! Bom, to saindo gente, e é melhor não me esperar, hoje a noite promete!
JÚLIA: Como assim você vai sair? ( vai pra frente da porta) Não, se eu não posso ir pra igreja , você também não pode ir pra balada coisa nenhuma, mãe! Você vai deixar ele sair?
CARMEM: Sai da frente do seu irmão Júlia, deixa o menino se divertir, ele vai sair sim, você é que não vai!
JÚLIA: Mais mãe!
RICARDO: Cala a boca menina, tchau. (sai)
(Júlia senta no sofá e começa chorar)
JÚLIA: Mãe , por favor deixa eu ir pra igreja. Eu tenho que apresentar a dança. Pelo amor de Deus!
CARMEM: Não, pensasse nisso antes de querer me enfrentar garota, você não vai! E pode sair desse grupinho de dança também, que eu não vou mais deixar você ir ensaiar.
JÚLIA: O meu Deus do céu, as meninas devem estar morrendo de preocupação comigo, o Senhor me ajuda! ( toca o celular) Alo, oi... ai Denize, minha mãe não quer deixar eu sair de casa pra ir pra igreja, ela ta bêbada, vocês vão ter que dançar sem mim ... Não ela vai deixar... Não, ela ta bêbada... Eu não aguento isso mais Deh, eu oro, oro pra Deus mudar essa situação mais nada acontece... Eu sei que eu não posso perder a fé, mais fica difícil assim né? ... Ta espera ai vou perguntar de novo... Mãe deixa eu ir pra igreja, se eu não for não vai ter como elas dançarem...
( Carmem toma o celular de Júlia)
CARMEM: Alo, quem ta falando aqui é mãe dela, e ela não vai pra canto nenhum, se virem sem ela... Não ela não vai sair... Não vai ( joga o celular no chão)
JÚLIA: Mãe, para com isso, (pega o celular e tenta atender mais ela vê que esta quebrado)
( Carmem sai de cena levando Sarah no colo, Júlia fica sozinha chorando no sofá e acaba pegando no sono, começa tocar o Louvor SE TU QUISERES CRER, ela começa ficar inquieta e começa chorar e clamar a Deus)
JÚLIA: Meu Deus, por favor eu te imploro, salva a minha família, livra minha mãe desse maldito vicio, faça com que ela esqueça as magoas do passado, traz meu pai de volta pra essa casa, cura a minha irmã, meu Deus faça com que ela recupere a fé em Ti, o Senhor amado olhe pelo meu irmão, ele esta se envolvendo com mas companhias, esta se drogando só o Senhor sabe o que mais, Senhor liberta a vida dele. Meu Pai me da forças pra mim continuar a buscar pela minha família, é muito difícil Deus, eu já estou chegando no meu limite, me ajude... me ajude meu Deus!
( Depois de um tempo orando e clamando a Deus ela se deita e dorme)
(entra em cena Ricardo drogado e passando mal, ela acorda e vai ver o que esta acontecendo quando ela chega perto dele ele cai no chão ela o levanta e o põe deitado no sofá, ele começa ter uma overdose, começa a tremer, a virar o olho, ela entra em desespero e começa a orar, ele começa apontar para o vento como se estivesse vendo algo, ele começa a gritar e gemer mais ainda, ela clama ao Senhor, ele da um ultimo suspiro e morre, mais ela não desiste, fica o chamando e orando a Deus, quando de repente ele da um grito e acorda, ele esta bem , ele diz pra ela que esta tudo bem e os dois se abraçam)
FECHAM AS CORTINAS
( começa um barulho de panelas caindo no chão, TV ligada)
(ABREM AS CORTINAS)
(Esta em cena Sarah na TV, Carmem bebendo e arrumando as panelas e Júlia deitada no sofá)
SARAH: (cantando ironicamente) 4002- 8922 novo som do japonês que vai dar Playstation 3... Ai que palhaçada, ninguém merece, por que será que de manha não passa nada que presta na TV?
JÚLIA: (acordando ela se ajoelha e faz a primeira oração do dia silenciosamente) Nossa Sarah são oito da manhã e você já esta vendo TV? Meu Deus do céu. Bom dia mãe.
CARMEM: Não tem nada de bom não, levanta logo daí e vem me ajudar a arrumar essa bagunça aqui!
JÚLIA: Esta bem to indo, mãe a senhora esta bebendo de novo? Para com isso... É por isso que o Ricardo esta do jeito que ele esta, ele não tem exemplo dentro de casa, sabia que nessa madrugada seu filho chegou em casa completamente drogado, ele começou a passar a mal e teve uma overdose na minha frente, graças a Deus ele esta bem!
CARMEM: Eu bebo sim, se você quer achar um culpado pra tudo isso? O culpado é o seu pai aquele cafajeste!
JÚLIA: Eu sei que o pai não foi nenhuma marido ideal e nem um pai exemplar, mais todo esse rancor que você guarda não esta te fazendo bem mãe, eu sei que senhora ama o pai, se a senhora clamar a Deus ele pode voltar aqui pra casa e pra senhora. É só você clamar a Deus, mãe!
CARMEM: Deus? Você sabe muito bem eu sempre fui uma obreira da casa de Deus eu dediquei minha vida inteira pra obra do Senhor, e deu no que deu, meu marido me abandonou, minha filha nasceu paralitica, meu filho é um drogado... Você acha que eu ainda tenho fé para clamar a Deus?
JÚLIA: Por isso mesmo mãe, a Senhora sabe da verdade, o próprio Deus disse que nesse mundo teremos aflições, e Deus não da uma luta maior do que a que agente pode enfrentar...
CARMEM: Ah Júlia, para de me encher logo de manhã...
SARAH: Ai da pra parar de falar ai? To vendo uma reportagem hiper interessante, é sobre a novela, sabia que a Maria Clara vai casar com o Carlos Eduardo, e vai matar ele...Bafão!
( toca a campainha , Carmem vai atender a porta e é Denize)
DENIZE: Oi, bom dia.
CARMEM: O que você quer?Eu não quero comprar nada não!
DENIZE: Não, eu não estou vendendo nada, eu Denize amigada Júlia!
CARMEM: Denize? A da igreja?
DENIZE: Sim, sou eu mesma!
CARMEM: Ela não esta aqui não ! Ainda mais pra esse povo da igreja!
JÚLIA: Para mãe, deixa ela entrar, entra ai Denize...
CARMEM: Ah entra logo ( Carmem sai de cena)
JÚLIA: Ai, Denize me desculpa por não ter ido na vigília, eu queria ir, eu estava pronta pra sair e minha mãe não deixou...
DENIZE: É eu sei, eu liguei ontem esqueceu, ai a ligação caiu...
JÚLIA: Caiu nada, foi minha mãe que tava bêbada ai ela pego o celular e jogou no chão.
DENIZE: Nossa que luta que você passa com essa sua família heim...
JÚLIA: Eu é que digo só Deus sabe o que eu passo nessa casa! Mais iai como vocês conseguiram apresentar?
DENIZE: Ah , foi uma luta, mais conseguimos sim, agente improvisou e deu tudo certo.
JÚLIA: Ai que bom, nossa eu fiquei morrendo de preocupação...Mais e o culto como foi?
DENIZE: O culto foi uma bênção, tremendo eu gravei depois eu te de mostro...
JÚLIA: Ai eu quero ver sim...
DENIZE: Mais iai, me conta mais, ta tudo bem com você?
JÚLIA: Ai amiga, eu não to aguentando mais, minha mãe é uma bêbada, meu irmão drogado, minha irmã é paralitica, sabe é muito difícil lutar para salvar a sua família sozinha... Acho que estou chegando nos meus limites...
DENIZE: Calma, creia em Deus, tudo vai da certo, não desista nunca, eu creio que você ainda vai poder dizer, eu e minha casa servimos a Deus!
JÚLIA: Amem, eu creio...
DENIZE: Ah, lembrei sabe aquela roupa que agente usou pra dançar sonda-me?
JÚLIA: Sei, ela esta aqui...
DENIZE: Serio? Ai que bom me empresta elas,é que hoje agente vai apresentar na igreja no culto de jovens...
JÚLIA: Serio, que legal, vamos la no meu quarto pegar...
DENIZE: Vamos sim, e se a sua mãe deixar você ir, você pode apresentar também, você sabe a dança... ( vão indo para o quarto)
SARAH: Ai se tem uma coisa que eu odeio é quando eu to assistindo TV e vem visita em casa e fica falando... ai ki raiva, eu nem consigo escutar a
TV.
(FECHA AS CORTINAS)
( em off)
JÚLIA: Mãe, hoje a noite vai ter culto de jovens la igreja, deixa eu ir?
CARMEM: Vai menina, mais para de me encher.
(ABRE AS CORTINAS)
JÚLIA: Ai que bom que ela deixou, deixa eu ir pegar minha bíblia... (sai)
(entra em cena Ricardo )
RICARDO: Sarah, a Júlia já foi pra igreja?
SARAH: Ainda não, por que?
RICARDO: Nada não (senta no sofá)
(entra em cena Júlia )
JÚLIA: eh, Ricardo você não aprende heim, ontem quase morreu e já vai sair de novo?
RICARDO: Por isso mesmo, ontem eu quase morri, eu praticamente vi a morte vindo em minha direção, quando eu tava sei la tremendo, eu fiquei sem ar, eu comecei a ver um vulto vindo em minha direção, e quanto mais ele se aproximava mais eu sentia que estava morrendo, mais ai você começou a orar, e eu sei la, eu vi uma clarão e aquele vulto foi embora... eu não tenho duvidas que foi Deus que me salvou, graças a você, por isso eu decidi , hoje eu vou na igreja com você, para agradecer a Deus por ter me dado esse livramento!
( ela o abraça chorando)
JÚLIA: Muito obrigada meu Deus, muito obrigada... Vamos então? Ah hoje eu vou apresentar... você vai gostar hoje é culto de jovens..E você Sarah não quer ir não? Agente te leva...
SARAH: Não muito obrigada, você acha que eu perder a novela pra ir na igreja? Ata!
JÚLIA: Você pode ate não ir, mais eu vou esta na igreja orando por você,e eu creio que em nome de Jesus, Deus vai tocar no seu coração aqui em casa mesmo!
SARAH: Tchau, vocês estão me atrapalhando...
( Júlia e Ricardo saem)
SARAH: Nossa eu acredito no que eu acabei de ver, o Ricardo indo pra igreja... Ele deve esta armando uma, só pode! ( A televisão começa a falhar), Oh mãe,vem aqui A tv ta ruim, vem arrumar a antena... Mãe? Mãe? Onde esta você? Ai ki raiva bem na hora da novela a antena da piti, (ela começa a trocar de canal mais todos os canais estão falhando) Ai, eu não acredito nenhuma canal que presta esta funcionando, só esses canais de crente que funciona,
( ela deixa no canal evangélico e um pastor começa a fazer uma oração para pessoas paraliticas ela começa a sentir Deus tocar em seu coração e começa a chorar, e faz a oração, a mãe dela esta olhando de fundo e começa a se emocionar com a filha, o pastor começa a falar para as pessoas tentarem fazer o que não conseguiam fazer antes, ela teme mais tenta mexer as pernas, ela consegue e começa a chorar emocionada, ela se levanta e começa dar seus primeiros a passos a mãe fica super contente corre abraça filha e as duas começam a agradecer a Deus)
(FECHA AS CORTINAS)
(Pelo corredor da igreja vem Júlia e Ricardo)
JÚLIA: Nossa Ricardo que mico, você viu a hora que eu errei na dança? ( risadas)... A mais foi uma benção mesmo assim não foi?
RICARDO: Foi sim, e você errou eu nem percebi, serio, pensei que era o passo mesmo ...(risadas)
JÚLIA: Ai que bom então, mais o melhor momento do culto foi quando o meu irmãozinho entregou avida pra Jesus, nossa eu orei tanto pra Deus , para isso...
RICARDO: Nossa foi muito bom , eu senti uma paz tão grande...
JÚLIA: Isso foi o amor de Deus... Ao mesmo tempo que eu fico contente por você eu fico triste pela Sarah e pela mãe, elas perderam a fé em Deus... Mas eu não perco a fé e nem a esperança... Deus vai mudar essa história eu ainda vou poder dizer que a minha vitória tem sabor de mel... E que eu e a minha casa servimos a Deus!
RICARDO: Mas agora você não esta sozinha nessa luta, pode contar comigo agora.
(ABRE AS CORTINAS)
JÚLIA: Eh, Sarah ta nessas novelas de novo ...
SARAH: Quem disse que eu to vendo novelas?
RICARDO: Não? Ta vendo o que então?
JÚLIA: eu não acredito, ela esta vendo programa evangélico...
SARAH: Que, que tem?
JÚLIA: Nada não, é que eu nunca te vi vendo esses programas...
SARAH: Mas esta vendo agora, ah e você tem que ver mais uma coisa!
JÚLIA: O que a mãe ta bêbada de novo? Eu não acredito!
SARAH: Não, ela ta no quarto, mais o que eu tinha pra te mostrar é isso ( vai correndo ate ela e a abraça)
JÚLIA: Meu Deus obrigada, muito obrigado, hoje eu sou a pessoa mais feliz do mundo ( os três se abraçam emocionados)
CARMEM: Calma, o dia ainda não acabou, estão vendo essa garrafa de cerveja? Eu prometo eu nunca mais vou beber, nunca mais ( joga a garrafa do lixo), eu te amo minha filha... ( Ela entra no abraço)...
JÚLIA: Gente, vocês tem noção do que aconteceu hoje? Meu irmão foi pra igreja e entregou a vida pra Jesus, minha irmã foi curada, minha mãe acabou de prometer que nunca mais vai beber e ainda disse que me ama...Hoje é o dia mais Feliz da minha vida!
RICARDO: Dia feliz mesmo, mais agora eu vou ir dormir... Boa noite gente ... Ah A Paz do Senhor! ( sai)
JÚLIA: A paz, gente eu to muito feliz, eu vou ir agora postar no meu Orkut, no meu MSN, no twitter, todo mundo vai ficar sabendo dessa vitória! ( sai)
SARAH: Espera ai eu vou junto... (sai)
( Carmem senta no sofá e começa a falar com Deus, na oração ela pede perdão a Deus por ter se afastado dEle quando os problemas vieram, ele se reconcilia com Deus, agradece por sua família, ela diz para Deus que para sua completa felicidade, ele pede pra Deus trazer o seu marido de volta , liberto de todo o mal)
(FECHA AS CORTINAS)
(entra em cena Jorge com um buque de rosas nas mãos ele bate toca a campainha)
(ABRE AS CORTINAS)
JÚLIA: Pai? Gente olha quem ta aqui...
( Ricardo e Sarah entram em cena)
RICARDO: Pai? Você aqui?
SARAH: Pai... que saudades!
JORGE: Sarah? Você esta andando?Gloria a Deus. Onde esta a sua mãe?
JÚLIA: Espera ai eu vou chamar ela... ( sai)
JORGE: mais conta ai filha, quando você começou a andar?
SARAH: Ah, ontem pai...
JORGE: Nossa mais assim do nada?
SARAH: É foi Deus!
(Entra em cena Júlia e Carmem)
CARMEM: Jorge? O que aconteceu? Você aqui?
JORGE: Eu, vim te pedir perdão, eu sei que não fui o marido e nem o pai que vocês mereciam, mais eu estou arrependido, me perdoem, eu te quero de volta meu amor, eu quero meus filhos comigo eu quero minha família!
CARMEM: É lógico que eu te perdoou, eu te amo, você é o homem da minha vida! Eu orei tanto pra Deus te trazer de volta pra mim...
JORGE: Eu te amo ( a abraça) . Gente eu tenho uma novidade para vocês, sabiam que eu me converti, agora eu sou um homem de Deus!
JÚLIA: Gente! Eu estou sonhando? Tudo o que eu pedi pra Deus se realizou eu sou a pessoa mais feliz do mundo! (todos se abraçam) Júlia, hoje eu posso dizer : EU E A MINHA CASA SERVIMOS A DEUS! MINHA LUTA FOI GRANDE MAIS HOJE A MINHA VITÓRIA TE SABOR DE MEL!
Fim *
Diversos: