AQUELES PREGOS

Versão para impressão
Prego da crucificação

São 5 pequenos monólogos, que são apresentados em duas parte cada um. 5 relatos sobre a páscoa. Uma mensagem, a páscoa oferecida pelo Salvador

 
Personagens
SAMARITANA; HOMEM; PROFETA; SOLDADO; MULHER

 

AS ROUPAS:
As personagens deverão estar com roupas características de suas respectivas personagens. O uso das roupas fica a critério do grupo, desde que mantendo as principais características.
O CENÁRIO:

Não há cenário pré estabelecido. Pode utilizar-se de uma palco vazio. Uma vez que as personagens ser desenvolvidas utilizando-se da imaginação e da capacidade contracenal de cada um. Evite sobrecarregar o cenário para que as personagens possam trabalhar livremente. Não deixe obstáculos no cenário que podem tirar a atenção ou até mesmo danificar a atuação. Quando uma personagem estiver falando as outras ficam como “estátuas”.
INÍCIO:
SAMARITANA: Quando me contaram o que aconteceu, eu não pensei que fosse tão profundo assim. Tá certo que eu já ouvi falar da fama deste tal de Jesus. Ouvi os comentários das pessoas que seguiam ele por toda a Judeia. Até mesmo um vizinho meu contou as maravilhas que ele estava operando com o povo. Cegos vendo. Surdos ouvindo, mudos falando, endemoniados sendo libertos. Tudo isso eu ouvia com bastante atenção e ficava imaginando. Até que, quando eu estava em casa tomando meu café junto com meus filhos, chegou-nos a notícia da morte dele. Morte de cruz! Só marginal e malfeitor morre assim hoje em dia. Mas foi isso mesmo que eu ouvi, morte de cruz! Mas então ele não era tão bom assim.
 
HOMEM: Novamente a Páscoa! De novo comprar ovos de páscoa, depois ir para aquele culto especial da igreja. Como se o mundo fosse só isso. Mas será que não é mesmo? Afinal o que quer dizer “Páscoa”? Acho que é mais um comercial para todo mundo comer chocolates. Lembro que quando eu era pequeno, sempre ia na igreja com meus pais e falavam de Jesus que estava sendo crucificado, mas era só isso. Talvez páscoa seja mesmo só para lembrar que Jesus foi crucificado e comer ovos de chocolate.

PROFETA: Então disse o Senhor: A meia-noite eu sairei pelo meio do Egito. Todos os primogênitos na terra do Egito morrerão, desde o primogênito do Faraó, que se assenta com ele sobre o seu trono, até o primogênito da escrava que está atrás de mó, e todos os primogênitos dos animais. Haverá grande clamor em toda a terra do Egito, como nunca houve, nem jamais haverá. Mas aos filhos de Israel, mande que peguem um cordeiro sem mancha nem defeito e matem. Com o seu sangue passem sobre a verga da porta e sobre os umbrais porque naquela noite passarei e ferirei o Egito, mas nada acontecerá com Israel meu povo.

SOLDADO: Eu acompanhei todo o caminhar dele. Aquela cruz pesada rasgava a sua pele já sofrida pelas chibatadas. Mas o que eu podia fazer? Era o meu trabalho. Eu não podia mudar isso. Não gostei quando os outros pegaram aquela coroa de espinhos e colocaram na sua cabeça, eles até fizeram piada fazendo reverência para aquele condenado.. Não aprovei isso. Eu ouvi falar dos milagres que ele fazia, para ser sincero, eu não achei que ele estava fazendo nada de errado. Ele estava apenas ajudando o povo, estava se dando e não cobrava nada por isso. Para mim, ele era inocente, é um inocente.

MULHER: Deus disse que seria assim. “Desprezado, o mais indigno dos homens, homem de dores, era desprezado. Verdadeiramente tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si, ele foi ferido pelas nossas iniquidades, o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.. Andávamos como ovelha desgarradas que não tem pastor, mas Deus fez cair sobre ele a iniquidade de todos, ele foi como uma ovelha muda perante os seus tosquiadores, ele não abriu sua boca.
 

SAMARITANA: Depois que tudo isso aconteceu, eu comecei a ouvi rumores sobre o sumiço do corpo. Muitos falavam que os soldados que ficaram de prontidão adormeceram, e os seguidores de Jesus foram lá e roubaram o corpo. É bem possível que eles tenham mesmo feito isso. Mas então eu comecei a ouvir pessoas falando que tinham visto ele andando e falando novamente pela cidade e região. Seria isso verdade mesmo? Eu não acreditei, mas então o meu marido estava vindo pelo caminho de Emaús e me contou a maravilha que aconteceu lá. Ele havia ouvido sobre Jesus e assim como eu, estava curioso em saber mais sobre ele. Então ele teve um encontro com o próprio Jesus! Como eu não posso acreditar se o meu marido viu? Jesus Vive!

HOMEM: Sabe o que me aconteceu nesta páscoa. Quando eu fui entregar o ovo de chocolate para meu filho ele me disse: “Pai, hoje eu aprendi que Páscoa não é ovo de chocolate, lá na escola da igreja, eles me disseram o verdadeiro significado da Páscoa.” E eu perguntei: “Aé? Qual é o significado?” E ele sorrindo me respondeu: “Foi que Jesus morreu para que nós pudéssemos ser felizes! Ele teve que morrer para Deus perdoar agente.” Nem preciso dizer que meus olhos se encheram de lágrimas. Abracei meu filho e juntos fizemos uma oração. A lembrança de tudo o que aprendi sobre Páscoa, coelhos, ovos de chocolate veio a tona e compreendi estava andando pelo caminho do mundo. E resolvi mudar, agora, eu digo para todos o que realmente significa a Páscoa. Significa Vitória!

PROFETA: Então o Senhor disse à todo o Israel: O Senhor teu Deus irá levantar um homem, será o leão da Tribo de Judá. Ouçam a tudo o que ele disser, quem ouvir será salvo, mas quem não ouvir, será condenado.

SOLDADO: Isso está me incomodando muito! Eu não posso mentir mais. Não adianta todo este dinheiro que César me deu. Não posso mais dizer que estava dormindo, porque eu não estava. Eu vi o Anjo! Eu vi quando ele abriu a sepultura e Jesus saiu de lá brilhando como a luz do Sol. Deus meu! Deus meu! Eu te peço perdão! Perdoa os meus pecados, pois agora eu sei que Jesus é o seu filho! Ele é o Senhor! Jesus seja o meu senhor! Eu acredito em você!
 
MULHER: Levantai vossas cabeças ó portais eternos! Pois eis que vem o Rei da Glória! Digno é o cordeiro que morreu! E ressuscitou para honra e Glória do Pai. Digno é o cordeiro que foi morto, e levou sobre si todas as nossas iniquidades. Digno é ele de abrir o livro e contar a multidão dos que foram lavados em seu sangue e purificados de suas iniquidades! A Páscoa do povo de Israel também aconteceu no mundo espiritual. O sangue do cordeiro na cruz do calvário passou sobre nossos umbrais e portas e o anjo vingador não pode mais nos ferir. O cordeiro que tira o pecado do mundo morreu para que se cumprisse a palavra de Deus. Mas ele disse que no terceiro dia ele iria ressuscitar e ressuscitou!

(Inicia uma música escolhida pelo grupo)
FIM

 

Datas: 
Temas: 
Diversos: