ANO NOVO – VIDA NOVA

ANO NOVO – VIDA NOVA - 2019/2020

Tema:    Os desejos (e suas consequências) do coração humano quando está distante de um relacionamento íntimo com Jesus.
A transformação do coração humano quando em humilde arrependimento acolhe o perdão e a salvação de Jesus.
Sinopse:    A filha relata para sua mãe suas expectativas diante da chegada do Ano Novo.
Ao avançar das cenas, revelam-se acontecimentos importantes que transformam a vida da jovem durante o passar deste novo ano até que o ano chegue ao fim.


Personagens:
Rebeca: uma jovem de aproximadamente 21 anos de idade
Maria: mãe de Rebeca
Jesus: não aparece fisicamente, apenas sua voz
CENA 1 – 31/12/2019
Duas mulheres estão sentadas num banco (de ônibus) com sacolas de compras em seu colo!
Uma placa na lateral do palco mostra a data atual: 31/12/2019
REBECA: (mostra-se ansiosa) Não vejo a hora de chegar 2020!
MARIA: (tranquila, olha para o relógio.) Agora faltam só algumas horas para entrarmos no ano novo!
REBECA: (fala enfaticamente e com autoconfiança.) 2020 vai ser o ano da virada! Enfim, meus sonhos vão se realizar!
MARIA: (olha dentro da sacola de compras que traz no colo) Puxa, parece que eu esqueci de pegar alguns pacotes de sopa!
REBECA: Sopa? (ela fala com desprezo) Eu detesto sopa! (continua com arrogância) Eu estou cansada desta comida de pobre! Eu estou cansada desta vida de pobre!
MARIA: Não fale assim, Rebeca! (ela fala com calma e bondade)
REBECA: Eu quero ser uma mulher de sucesso! Eu acho que tenho todo o direito de ser feliz!
MARIA: Claro que você tem o direito de ser feliz! Mas você está confundindo as coisas! Riqueza
nunca foi sinônimo de felicidade! Você sabe muito bem que muitas pessoas ricas sofrem de depressão!
REBECA: Eu vou ser muito feliz desfilando nas passarelas do sucesso e ganhando muito dinheiro!
Não vejo a hora de ter todos os holofotes voltados para mim.
Eu quero explodir de felicidade quando olhar para a minha foto estampada numa capa de revista!
MARIA: Rebeca, você sabe que eu sempre sonhei com a sua felicidade! Para mim não há felicidade maior do que ver os meus filhos felizes!
REBECA: Então torça para que eu tenha muito sucesso! (ela fala com sorriso largo e confiante)
MARIA: Eu vou torcer para que você seja feliz de verdade! Mas, lembre-se que sucesso e
dinheiro não são nenhuma garantia de felicidade! Você deveria conversar com o seu irmão sobre essa ideia de ser modelo!
REBECA: Qual é, mãe? Eu já sou maior de idade, vacinada, sei me virar muito bem sozinha. Eu sou dona do meu nariz! (ela toca no seu nariz com olhar soberbo)
MARIA: Como eu gostaria que você fosse mais parecida com o seu irmão! Ele nunca deixou de ser humilde e nunca se apegou às riquezas deste mundo!
REBECA: (não se importa com o que mãe acabou de falar. Fala pensativa e entusiasmada mais para si mesma.) Nem parece ser verdade! Na semana que vem estarei indo para São Paulo para fazer o teste para modelo!
Eu vou passar... tenho certeza que vou passar! Em 2020 eu vou voar alto!
MARIA: (olha pela janela do ônibus) Estamos quase chegando; vamos indo para a frente. (puxa a corda e levanta-se, dirigindo-se para a saída do ônibus.)
REBECA: (Levanta-se) Em 2020 eu quero andar no meu próprio carro! Chega de ônibus!
(Fecham-se as cortinas + Música 2 [KEYS TO IMAGINATION] do CD Yanni Live at the Acropolis [0:05 até 4:10])
CENA 2 – 15/06/2020
(Abrem-se as cortinas + Música I’M ALIVE [desde o início da cena 2 até o início da cena 3]  a música toda 0:00 até 3:300)
(Uma placa na lateral do palco mostra a data atual: 15/06/2020)
(Rebeca está desfilando como modelo numa passarela. Recebe muitos aplausos!)
(Fecham-se as cortinas, enquanto a música continua tocando.)
CENA 3 – 20/07/2020
(Desliga-se a música. Depois, abrem-se as cortinas.)
(Uma placa na lateral do palco mostra a data atual: 20/07/2020)
(As duas estão conversando por telefone! Ambas estão com uma revista de moda na mão.)
REBECA: Alô!
MARIA: Oi, Rebeca! Você ficou radiante na capa da Manequim! Parabéns, minha filha!
REBECA: (muito empolgada.) Eu consegui... eu consegui! Esta foi apenas a primeira de muitas outras capas!
Escute só: nessa semana, recebi convite de duas revistas para me entrevistar. Todos estão querendo conhecer a minha receita de sucesso!
MARIA: Rebeca, você tem falado com seu irmão? (ela fala em tom de recomendação materna)
REBECA: É,... às vezes... Eu ando muito ocupada...MARIA: Minha filha, não deixe o sucesso tomar conta de seu coração. Você precisa escutar o
seu irmão.
REBECA: Tá bom, tá bom. Se der, domingo que vem eu falo com ele!(pequena pausa) Já que
você insiste!
MARIA: Não faça isso apenas para me agradar! Você só será feliz de verdade se levar a sério o que seu irmão lhe diz!
REBECA: Preciso te contar uma novidade. (ela volta a falar com muita empolgação) Comprei meu primeiro carro zero quilômetro.
É importado, mãe. É roxo... como eu sempre sonhei!
MARIA: Fico feliz por todas as suas conquistas profissionais e materiais. Mas, ... (ela é logo interrompida por sua filha)
REBECA: Mãe, você pode ter certeza: eu já sou feliz de verdade! E vou continuar fazendo muito sucesso!
MARIA: Você vem para a festa do meu aniversário de 50 anos, não é?
REBECA: Sinto muito, mas não vai dar. Eu tenho muitos compromissos aqui em São Paulo até o final do mês que vem.
MARIA: Mas, já faz mais de três meses que você não vem nos visitar, filha!
REBECA: Eu não posso perder essa chance, mãe. (ela diz com muita insistência) A minha felicidade depende de tudo isso. Espero que você me compreenda.
MARIA: Eu quero o seu bem, minha filha. Mas confesso que não estou contente em te ver tanto tempo longe da sua família. E o que mais me preocupa é perceber que o seu coração está distante do seu irmão.
REBECA: (ela fala sem convicção) Em setembro eu vou dar um jeito de passar por aí. Eu te ligo antes para combinar melhor!
MARIA: (ela fala afetuosamente) Estarei esperando ansiosamente por você!
REBECA: Um beijo, mãe.
MARIA: Eu te amo muito, minha filha. Um beijo.
(Fecham-se as cortinas. Depois, Música 19 [HOUSE FIRE] do CD WHILE I’M WAITING a música toda: de 0:00 até 5:56)
CENA 4 – 30/09/2020
(Desliga-se a música. Depois abrem-se as cortinas.)
(Uma placa na lateral do palco mostra a data atual: 30/09/2020)
(As duas mulheres estão num quarto de hospital. Rebeca está com a perna engessada e o nariz com curativo.)
REBECA: (fala soluçando.) Eu subi tão rápido... e caí mais rápido ainda. (pequena pausa) Isso não é justo!
MARIA: Graças a Deus que você está viva! O acidente foi muito feio, Rebeca. Seu carro teve perda total!
REBECA: Por que ele deixou isso acontecer? Você não vivia dizendo que ele sempre cuidaria de mim?
Olha só o meu estado! [Pausa]
Nunca mais poderei pisar numa passarela! Acabou-se a minha carreira como modelo!
MARIA: Não culpe seu irmão! Você estava alcoolizada no momento do acidente. Você precisa reconhecer que foi sua autossuficiência que causou tudo isso.
Rebeca, há quanto tempo você não falava com seu irmão?
REBECA: Pra ser sincera, desde que ele morreu daquele jeito, nunca mais vi sentido em sequer lembrar que ele existiu...
MARIA: Você ainda duvida que ele ressuscitou? Rebeca, como é que ele poderá cuidar de você, se não houver fé em seu coração! [Pausa]
Jesus está vivo!
Eu mesma o vi subindo ao céu na nuvem, quarenta dias após a sua ressurreição!
Por que você teima em duvidar dele?
REBECA: Eu nunca entendi direito esse negócio de ser irmã do filho de Deus. Pra você era fácil.
Todos os discípulos dele a valorizavam por ser Maria, a mãe do filho de Deus. Mas ninguém sequer percebia a presença de uma menina magrela, a caçulinha da família.
Eu não suportava todo aquele desprezo. Eu queria sentir o gosto de ser o centro das atenções.
MARIA: Você está sendo injusta com Jesus. Ele construiu sozinho uma casinha de bonecas que você tanto queria.
Quando você voltava triste da escola, por terem rido das suas sardas, ele te consolava com muito carinho.
Ele sempre investiu tempo para te ensinar os caminhos de Deus.
REBECA: Lembro muito bem do dia em que a casinha de bonecas ficou pronta. Acho que foi o dia mais feliz da minha vida.
E era muito bom escutar a voz mansa de Jesus me consolando e me ensinando as histórias da bíblia...
MARIA: Ele nunca mudou. Jesus continua disposto a consolar e ensinar todos aqueles que o buscam com um coração humilde.
REBECA: (fala pensativa) Coração humilde!... Isso eu não tenho. Meu coração arde de orgulho.
Como eu posso mudar isso?
MARIA: Nem tente fazer isso sozinha. Com suas próprias forças, você nunca conseguirá mudar seu coração. Simplesmente leve para Jesus todas as suas dificuldades e peça com fé para ele transformar o seu coração.
REBECA: Eu irei pensar nisso...
MARIA: (olha para o relógio) O horário de visitas acabou. Amanhã eu te vejo de novo. Estarei orando por ti, Rebeca. Confie em Jesus.
CENA 5 – 30/09/2020
(Música 16 [I DON’T LOVE YOU] do CD WHILE I’M WAITING de 1:26 até 2:12)
(Rebeca está sozinha no quarto do hospital. Fala consigo mesma.)
REBECA: Todos os meus sonhos viraram pesadelos... Estou no fundo do poço. Não tem mais saída... (chora soluçando).
JESUS: (Ouve-se a voz de Jesus) Venha a mim, Rebeca.
Você está cansada de carregar sozinha suas pesadas cargas.
Eu quero lhe dar descanso.
Eu sou bondoso e tenho um coração humilde.
Você pode aprender comigo a ter um coração humilde também.
Deixe-me dirigir a sua vida.
REBECA: Jesus..., é você... Sua voz continua tão mansa e bondosa!
Eu não mereço sua ajuda. Eu nunca quis deixar que você dirigisse minha vida.
Sempre me achei dona do meu nariz.
Mas, veja só: acabei quebrando o nariz... não só o nariz, quebrei a perna, quebrei a cara... Eu não tenho mais jeito, não.
JESUS: Minha irmã, eu sempre tentei te ensinar que “Deus é contra os orgulhosos, mas ele é bondoso com os humildes.”
Não podemos esquecer as sábias palavras do nosso irmão, o Tiago.
Ele dizia: “Cheguem perto de Deus, e ele chegará perto de vocês... Humilhem-se diante do Senhor, e ele os colocará numa posição de honra.” [Tiago 4:8, 10]
REBECA: Eu estou muita confusa... Não sei como tocar a minha vida depois deste terrível acidente...
JESUS: Rebeca, na bíblia você vai encontrar as respostas que precisa. Na carta do Tiago, ele escreveu: “Se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus, e ele a dará porque é generoso e dá com bondade a todos.
Porém, peçam com fé e não duvidem de modo nenhum.” [1.5-6] E ele também escreveu assim: “Feliz é aquele que nas aflições continua fiel! Porque, depois de sair
aprovado dessas aflições, receberá como prêmio a vida que Deus promete aos que o amam.” [1.12]
REBECA: Eu não sei se algum dia eu já amei a Deus de verdade. Sempre fui egoísta.
Sempre me preocupei em que fosse feita a minha vontade lá no céu assim como na terra.
Meu coração é muito duro e rebelde. Como eu posso esperar que você me ame e cuide de mim, se eu nunca liguei pra você?
JESUS: Eu sempre te amei e sempre te amarei, Rebeca.
Não há nada que você possa fazer de errado, que me leve a te amar menos.
Eu só quero que você confie em mim.
Eu só quero que você reconheça que eu já paguei o preço por todos os seus pecados.
Quero que você busque os tesouros aqui do céu, pois tudo na terra se acaba e não pode dar o verdadeiro sentido da vida.
Olha, eu estou preparando um lugar especial para você aqui no céu.
Minha irmã, eu não posso te garantir uma vida sem lágrimas e dor aí na terra; mas posso te garantir uma eternidade sem lágrimas e dor aqui no céu.
Rebeca, eu não posso te garantir uma vida sem doenças ou morte aí na terra; mas posso te garantir uma eternidade sem doenças ou morte aqui no céu.
Você só precisa fazer uma coisa: precisa deixar de amar as ilusões do mundo terreno e amar a Deus acima de todas as coisas.
(Ouve-se a música [Sonda-me] de Aline Barros.  0:00 até 6:09 Quando estiver próximo de 55’, fechar as cortinas.)
CENA 6 – 31/12/2020
( Desliga-se a música. Depois abrem-se as cortinas.)
(Uma placa na lateral do palco mostra a data atual: 31/12/2020)
(Rebeca e sua mãe estão dentro do ônibus. A mãe tem uma bíblia na mão.)
MARIA: Em algumas horas, o ano de 2020 terá acabado!
REBECA: Quantas coisas surpreendentes aconteceram durante este ano!
MARIA: Como eu estou contente que você se recuperou do acidente, minha filha!
REBECA: Quando 2020 começou, eu não imaginava que passaria por tantas alegrias e tristezas.
Foram tantas vitórias e derrotas! A vida é mesmo uma caixinha de surpresas...
MARIA: Rebeca, qual foi o momento mais importante para você nesse ano?
REBECA: Olha, foi o dia 30 de setembro. Eu estava toda arrebentada na cama do hospital.
Quando a senhora foi embora, escutei uma voz suave conversando comigo...
MARIA: Era Jesus!
REBECA: A partir daquele momento, decidi conversar com ele todos os dias. Paguei muito caro para descobrir que eu não sou dona do meu nariz. Jesus é o verdadeiro dono de todo o meu ser.
Naquela noite decidi deixar que Jesus dirigisse a minha vida. Ele me deu duas coisas que eu jamais conseguiria sozinha: um coração humilde e a verdadeira sabedoria.
MARIA: O que você está planejando para 2021?
REBECA: Tenho conversado com Jesus sobre isso.
Ele tem me orientado a buscar tesouros, não os do mundo passageiro, mas os verdadeiros tesouros que nunca acabam.
Estou disposta a colocar a minha vida como instrumento nas mãos de Deus para ajudar crianças e jovens a conhecerem a bíblia através do teatro.
MARIA: Agora sim vejo felicidade e paz em seu coração, filha!
REBECA: Eu deveria ter levado a sério há mais tempo o que o nosso querido Tiago deixou escrito naquela carta, que hoje faz parte da bíblia.
No capítulo 4, ele escreveu: “Agora escutem, vocês que dizem: ‘Hoje ou amanhã iremos a tal cidade e ali ficaremos um ano fazendo negócios e ganhando muito dinheiro!’ Vocês não sabem como será a sua vida amanhã, pois vocês são como uma neblina passageira, que aparece por algum tempo e logo depois desaparece.
O que vocês deveriam dizer é isto: ‘Se Deus quiser, estaremos vivos e faremos isto ou aquilo.’”
MARIA: Já está na hora de saltarmos. Você me ajuda a fazer uma lasanha para a ceia do réveillon? (elas puxam a campainha e se levantam para sair do ônibus.)
REBECA: Pode contar comigo!
(Elas saem do palco. Continua a música anterior a partir de 4:32’.)

Estilos: 
Diversos: 
nº de personagens: