A Taça de Lágrimas

Versão para impressão

O desespero de um pai por um filho... A rebeldia e a revolta de um filho contra seu pai, contra a igreja... furtos em casa... O que o pai poderá fazer por este filho?

Personagens: Pai, Mãe, Filho, Amigo 1, Amigo 2, Namorada, Anjo 1, Anjo 2.

Texto:
 
(O pai esta sentado no sofá de sua casa cochilando quando seu filho rebelde acaba de chegar da noitada com seus 2 amigos e sua namorada...o pai acorda com a bagunça)
 
Pai: O Guilherme isso é hora de chegar em casa? E ainda com um monte de gente!! Aonde voce estava??  Eim meu filho??
 
Filho: Ah coroa,  não me enche. Logo de manhã... e se voce ainda não viu, eu estou com meus amigos e minha mina!!! Não são estranhos!!! E eu não te devo satisfações da minha droga de vida!!! Ah! Não me enche a paciência que eu vou só assaltar a geladeira...e sair daqui desse inferno voando!!!
 
Namorada: É meu bem, nós já estamos atrasados...
 
Filho: Calma mina, relaxa!!!
 
Pai: Você me deve satisfações sim!! Se você não se lembra, seu pai sou eu!! E você ainda é de menor, então,  quem manda em voce sou eu!! E aonde você pensa que vai, a umas horas dessas?  Você acabou de chegar!!!
 
Amigo 1: Pó cara, manda esse mala calar a boca!!! Minha cabeça esta doendo de tanto bláblábláá ...
 
Amigo 2: É, vamos comer logo!! E vazar, que já estamos atrasadermos!!!
 
(eles saem de cena deixando o pai sozinho chorando e falando com Deus)
 
Pai: ( chorando)  Senhor... o que foi que eu fiz de errado?? Meu Pai... por que ele não me dá ouvidos?? Eu já tentei de tudo, mas nada funciona...ele não me respeita...vive nas noitadas fazendo... ah, só Deus sabe...meu Deus eu já chorei muito por ele meu pai...faça que essas lagrimas sirvam para algo....eu não agüento mais.
 
( o filho sua namorada e seus amigos saem de cena cantando, bebendo e dançado.O pai tenta falar com seu filho mais o filho não da bola e continua andando)
 
(fecha a cortina)
 
Narração: ( a narração deverá falar que já se passaram alguns dias)
(abre-se a cortina)
 
(o filho está sentado no sofá comendo algo, e o telefone toca é seu amigo 1)
 
Filho: Alô...a é você...fala meu brother qual é a parada...sério??? Vai ter uma festa reiver...Claro que eu vou...É é lógico...O que (risadas) Até parece meu pai não tem que deixar nada...É eu faço da minha vida oque eu bem quiser e entender...é claro...ãh, tem um probleminha??...Tá  fala logo....Ah, você tá sem grana...não ...você não pode deixar de ir só por isso não...Nossa meu eu tive uma idéia daquelas...é... o presta atenção...cala a boca cara, deixa eu falar...então o meu velho tem grana...cê ta loco, eu vou pedir pra ele, até parece ele não me daria nenhum centavu... minha idéia é melhor... é, eu vou roubar ele. Eu sei onde fica o cofre da casa... é, e lembra que eu te contei que eu tinha combinação.... caso fosse uma emergência eu poderia pegar o dinheiro... e isso é uma emergência... falô...depois você me liga pra nos combinarmos a hora pra irmos pra lá...( desliga o telefone)
 
(o pai entra em cena)
 
Pai: Até que em fim te achei em casa!!! Agora eu posso falar com você...
 
(o filho aumenta o som pra não escutar o pai falando)
 
Filho: Tá pai pode falar... Mas eu não vou te ouvir(risadas)
 
(o pai desliga o som)
 
Pai: Guilherme, você  já esta com 17 anos nas costas e não faz nada!!! Só fica nessa porcarias de baladas, festa rave... não vai procurar um emprego... só se mete em roubada... meu filho, porque voce não vai pra igreja?? Vai servir a Jesus... ele é a única salvação( o pai faz um apelo mais o filho não da ouvidos)
 
Filho: Carramba...você já vai começar a falar de igreja dinovo!!! Que merda!!! Eu já falei, eu não vou pra igreja não... mó lugar de loco... eu... não vou trabalhar nada não...você não disse que eu sou de menor?? Então você deve me sustentar!!!  Vem cá desde quando eu pedi pra nascer??  Falando nisso eu não vejo a hora de completar 18 anos pra poder sair dessa maldita casa e ir poder morar sozinho... vai ser a melhor coisa do mundo, não ter que olhar pra essa cara feia, sua, todos os dias... e tchau eu já vou!!!( sai de cena)
 
Pai: (tentando impedir o filho de sair) Meu filho volte aqui...volte aqui Guilherme... Guilherme... Guilherme...(Começa a chorar e a falar com Deus)...
 
(entra em cena a mãe com uma vassoura na mão varrendo a casa)
 
Mãe: Germano...Germano oque que foi?? O que aconteceu?? Voce está chorando??
 
Pai: A meu bem, é o Guilherme...
 
Mãe: O que? O Guilherme? O que foi que aconteceu com ele? Eu sabia, fica saindo as altas horas da madrugada...tinha que dar nisso mesmo...
 
Pai: Não, meu bem...fica calma...não aconteceu nada de grave com nosso filho REBELDE não...
 
Mãe: Mas, então, porque você tá chorando homi?
 
Pai: Ah,  esse menino não me respeita mais...não para mais em casa...não quer nem saber de ouvir falar de igreja... fica andando com essas más companhias...e eu estou suspeitando que ele anda nos roubando....o cofre cada dia vai sumindo mais dinheiro...não sei mais o que fazer...o que foi que eu fiz de errado?? Eu sempre fui um ótimo pai, dei tudo que ele queria... dei amor, carinho, afeto...mas ele agora que cresceu, eu acho que seu maior sonho é que eu morra, pra ele fique livre de mim para sempre....porque?? porqueeeeeeeeeee....
Será que minha vida não vale nada pra ele?...
Meu Deus, os filhos crescem e ficam tão diferentes. Hoje é dia dos pais, mas eu não quero presente, eu preciso apenas de um abraço...
 
Mãe: Ah, meu bem...eu nem ligo mais, e acho  que você tem que fazer o mesmo...esquece que tem filho...se é que da pra chamar aquele muleque de filho... ele não quer nada com nada...a vida dele é só curtir e gastar...e eu ando percebendo, sim, que o cofre está ficando cada dia mais vazio... dou minha cara a tapa que é ele que anda roubando o dinheiro da nossa família...
Eu estou vendo o dia que ele vai chegar aqui em casa, com um monte de policiais, falando que ele esta preso por ter roubado, por estar carregando drogas, por estar andando com foragidos da cadeia... e muito mais...aquele ali não tem mais concerto não...se eu fosse você, eu parava de ficar chorando, porquem não merece...(sai de cena varrendo)
 
Pai: É mesmo...eu tenho que esquecer que tenho um filho....ingrato!!! Eu dei tudo de mim, pra dar uma vida confortável pra ele e é assim que ele me paga.. Eu prometo...eu nunca mais vou derramar uma se quer gota de lagrima... nem uma se quer, esse menino não merece. Ele é muito ingrato mesmo...( começa a coxilar)...
 
(fecha- se a cortina)
 
Narração: ( a narração deve falar que nunca devemos parar de lutar, nunca devemos parar de chorar...por quem agente ama...)_
 
( entra em cena dois anjos )
 
Cenário:
 
Terá que ter uma espécie de mesa com muitas taças de água, uma com muita água, outras com pouca, outras pela metade, umas sem água, mais terá uma que não cabe mais água esta quase trasbordando)
 
( o pai acorda, assustado com os anjos e pensa que ainda esta dormindo)
 
Pai: Meus Deus que criaturas são essas?? Eu devo estar dormindo...só pode...deixar eu voltar a dormir...na hora que eu abrir os olhos eles não estarão mais aqui...( deita no sofá fecha os olhos, rapidamente abre os olho e vê que os anjos ainda continua lá) Meu Deus onde eu estou??Que seres são esses??
 
Anjo 1: Seu Germano...parece estranho...mais voce esta no céu...
 
Pai: O que ??No céu? Eu só posso estar louco??Não é possível eu ainda nem morri...(pensa) Ou será que eu morri? Eu morri? Em eu morri?
 
Anjo 2: Não... voce não morreu...e também não esta louco...
 
Pai: Então como voce explica eu estar no céu falando com dois anjos?
 
Anjo 1: Então o senhor foi enviado aqui para o céu com um único propósito...
 
Pai: Propósito? Que propósito? E afinal o que são e são essa taças cheias d`água?
 
Anjo 2: Finalmente voce percebeu...Voce esta vendo essas taças...então voce percebeu que dentro de cada taça tem um pouco de água?
 
Pai: Sim...tambem estou notando que tem algumas com pouquíssima água, outras cheias...mais tem uma...essa aqui ela parece ser  mais especial que as outras...por que ela esta quase trasbordando...o que significa ??
 
Anjo 1: Então essa sala se chama ´´ A SALA DAS TAÇAS DE LAGRIMAS``.
 
Pai: Lagrimas? Como assim?
 
Anjo 2: Essa sala se chama assim por que na verdade essas taças não estão cheias de água...na verdade elas estão cheias de lagrimas...
 
Anjo 1: É cada vez que uma pessoa derrama uma gota de lagrima...essas taças enchem mais um pouquinho...assim em diante a cada uma gota de lagrima caída dos olhos de uma pessoa...Deus a recolhe e as colocam dentro de sua taça...
 
Pai: Nossa.., mais oque acontece quando a taça trasborda?? Como essa por exemplo se o dono dela derramar mais uma gota de lagrima provavelmente ela vai transbordar...
 
Anjo 2: Quando a taça se enche, trasborda isso significa que a pessoa já chorou o bastante, já lutou por sua benção o bastante...e quando a taça trasborda...junto com as lagrimas que caem da taça também caem as bênçãos, as vitórias...em outras palvras quando a taça trasborda sua benção é alcançada...
 
Pai: Então...tem como voce me mostrar a minha taça?
 
Anjo 1: Claro que sim com todo o prazer( aponta para a taça que esta quase trasbordando) Essa aqui é a sua taça...viu ela esta quase transbordando...
Anjo 2: É mais voce não alcançará a sua benção....não é mesmo?? Por que voce disse que nunca mais iria derramar uma se quer lagrima...não disse então se voce não derramar nenhuma lagrima....a taça nunca irá transbordar...
 
Pai: ( Começa a fazer  oração) Senhor eu sei que o Senhor esta de braços abertos para ajudar a todos nós seus filhos, mais para isso temos que lutar pelos nossos ideais...lutar até o fim... temos que buscar pelas pessoas amadas(enquanto ele ora a cortina começa a se fechar e os anjos sai de cena com as taças e as mesas, mais enquanto tudo isso acontece ele continua orando.............( de repente a cortina a abre e aparece ele orando, quando ele abre os olhos esta na sua casa)( durante a oração ele começa a chorar)
 
(Seu filho entra em cena mancando e todo machucado)
 
Filho: Pai...Pai...Me ajuda!!!
 
Pai: (desesperado) Pai o que... que aconteceu?? Menino? Meu Deus do céu!!!
 
Filho: Eu fui em uma festa reiver , e lá eu fui assaltado, tentei reagir...ia i aqueles locos me bateram até dizer chega...
 
Pai: Nossa meu filho...bem que eu te avisei...mais agora não é hora de dar sermões...é hora de cuidar das suas feridas...Mais meu filho onde esta seus amigos??
 
Filho: Amigos?? Que amigos?? Eu não tenho amigos...aqueles indivíduos e aquele zinha me deixaram lá apanhando e foram embora dançar... 
 
Pai: Tabem filho mais eu sempre te disse que Jesus era seu único amigo...ele nunca vai te abandonar...
 
Filho: Mais  pai se ele fosse mesmo meu amigo ele não teria deixado isso acnotecer comigo...
 
Pai: Na bíblia fala assim ‘’ Faça a tua parte que a minha eu farei’’ Voce estava fazendo a sua parte?
 
Filho: Não pai...
 
Pai: Então filho vamos para o medico, tratar desses seus ferimentos...por que hoje ainda eu tenho que ir no culto na igreja, hoje vai ter uma reunião especial do dias dos pais...  
 
Filho: Esta bem papai...vamos sim...trataremos dos meus ferimentos...depois o senhor vai para a sua igreja...(pensa) Não pensando bem não voce não vai para a igreja...Nós vamos para a igreja...Por que se é mesmo bom ser um amigo de Deus...eu quero... eu quero ser amigo de Deus...
 
Pai: Muito obrigado meu Deus eu sabia, que um dia esse milagre aconteceria em minha vice...muito obrigado mesmo pois agora eu sei o quanto é importante que nós pais lutamos pelos nossos filhos...sei a importância de chorar por nossos filhos...muito obrigado Deus por me dar essa lição de vida!...
 
Filho: A pai ainda tem uma coisa pra te dizer...
 
Pai: o que filho?Fala...
 
Filho: Pai muito obrigado por ter me criado todos esses anos com todo esse carinho...com todo esse amor...com todo esse afeto...essa dedicação...muito abrigado meu pai por ter lutado por mim...por ter chorado por mim...se um dia eu for um  pai quero ser um pai assim idêntico a voce...papai  apartir de hoje eu serei o filho que voce tanto sonhou...aquele filho que sempre irá te obedecer...atender as suas ordens, ouvir e seguir os seus sábios conselhos...Meu Deus eu te agadeço por te me dado um pai com esse o Sr. Germano Gonçalves...Muito...muito obrigado mesmo...A meu pai falta uma coisinha...
 
Pai: (chorando) O que meu filhinho?
 
Filho: (dando um abraço em seu pai...´´FELIZ DIAS DOS PAIS``.
 
Fecha a cortina
Datas: 
Estilos: 
Diversos: