LIVRES SEM SABER

Versão para impressão
LIVRES SEM SABER

 A peça tem o intuito de mostrar a realidade e da igreja perseguida em diversas nações, especificamente na Coreia do Norte. E despertar a igreja para a liberdade que temos e que não fazemos uso.

Se quiseres assistir o vídeo(antes de montar), veja aqui: Livres sem saber
 

Informações sobre a perseguição ao Cristão no mundo

Mais informações sobre perseguição ao Cristão

Trilha sonora de crianças da Coreia do Norte.

Entram duas crianças em cena brincando com seus brinquedos demonstrando sua liberdade.

Entra o cristão Norte-Coreano observando as crianças brincarem, mas demonstrando amor maior pela sua bíblia.

Finda-se fundo musical das Crianças da Coreia do Norte.

Fundo Musical de suspense/medo.

Todos ficam com medo. As crianças gritam e saem correndo. O cristão começa desesperadamente esconder sua bíblia

Finda-se fundo Musical de Suspense/Medo. Entra o Soldado Norte-Coreano

 

 

SOLDADO: (Irado)Hei! O que você esta fazendo com isso?

(Soldado agride com cassetete o Cristão. A bíblia cai ao chão. Soldado pega o bíblia.)

SOLDADO: (Se aproxima do Cristão)Isso é uma bíblia?

(Soldado puxa pelo braço o Cristão e o joga no chão e o agride com cassetete.)

SOLDADO: Seu idiota! O que você está fazendo com isso? Você sabe muito bem que essa “porcaria”não é aceita em nosso país.

(Soldado joga a bíblia no chão. Cristão se aproxima para pega-la e o soldado pisa em sua mão. E o agride com cassetete.)

SOLDADO: Você sabe muito bem pra onde você vai agora! (Pega a bíblia do chão)Você nunca mais irá ver essa bíblia.

CRISTÃO: (Tenta pegar sua bíblia) Minha bíblia, não!

(Soldado joga a bíblia para o lado e o Cristão tenta pega-la quando o Soldado o agride com cassetete nas costas.)

SOLDADO: Seu idiota! Nojento! O único que deve ser adorado aqui em nosso país é o nosso imperador. O único que merece adoração em nossa nação é o nosso imperador Kim Jong-Woon!

CRISTÃO: Não! É o meu Jesus!

(Soldado irado agride o Cristão com cassetete pelas costas.)

SOLDADO: Você ousa blasfemar contra o nosso imperador? O imperador da Coreia do Norte. Seu idiota!

(Soldado se dirige até o Cristão e o joga ao chão.)

SOLDADO: Mas eu vou lhe dar uma chance. Você tem uma chance de acabar com tudo isso agora! Você só preciso me falar uma coisa. Diga: Eu nego á Jesus!

(Cristão expressa medo, mas ao mesmo tempo está certo de não negar a Jesus)

CRISTÃO: Eu não nego á Jesus!

(Soldado agride com cassete o Cristão)

CRISTÃO: (Chora desesperadamente)

SOLDADO: (Tom sarcástico) Não nega? Vamos ver por quanto tempo você irá aguentar.

(Soldado empurra Cristão que cai ao chão)

SOLDADO: Vamos ver até onde a sua fé te leva. Vamos ver até onde você tem amor por esse Jesus. Vamos ver até onde você diz que serve a esse Jesus!

(Soldado empurra o Cristão com o pé. Pega pela mão do Cristão para furar com uma agulha por baixo da unha. )

CRISTÃO: (Ao ver que sua unha será furada grita desesperadamente)Não! Não! Não! Por favor, não!

(Soldado amputa o dedo do Cristão que grita de dor.)

SOLDADO: Você não ama ao seu Jesus? Não ama? Pois bem, acredito que o seu tempo já acabou. Eu acho que agora chega! Então, vai negar a Jesus ou não vai?

(Soldado começa e desembrulhar um saco de plástico)

CRISTÃO: (Chora desesperado, angustiado)

SOLDADO: Negue a esse Jesus que você diz que ama, que você diz que serve!

CRISTÃO: (Determinado)Eu não nego! Eu não nego!

(Soldado coloca o saco plástico no rosto do Cristão para sufoca-lo. O cristão se debate em total desespero.

Soldado tira saco plástico e o Cristão expressar falta de respiração.

Soldado pega um ferro de passar roupa. Joga o cristão ao chão com os pés.)

SOLDADO: Você não serve a Jesus? Você ainda tem esperanças nesse “seu” Jesus que não faz nada por você? Que não te ama, ou que se quer existi.

CRISTÃO: (Em voz baixa) Existi! Ele me ama, Ele me ama, Ele me ama!

(Soldado o empurra para o chão. Pela na mão do Cristão. )

CRISTÃO: (Vê que o Soldado o irá agredir com o ferro e grita) Não!

(Soldado coloca o ferro na palma da mão do Cristão que grita. O soldado o chuta. Pega por um de seus pés e coloca o ferro na planta do pé. O cristão se debate de dor.)

SOLDADO: Você ainda serve a Jesus? Você ainda serve a Jesus?

CRISTÃO: Sirvo!

(Soldado o agride com cassetete.)

SOLDADO: Vocês são nojentos! (risos)Há!

(Soldado empurra o Cristão com o pé que cai no chão. Pega o dedo do pé do Cristão para amputá-lo.

Cristão demonstra falta de força. )

SOLDADO: Está sem forças?

CRISTÃO: (Expressa um choro de cansaço)

SOLDADO: Já está sem forças?

(Soldado amputa o dedo do Cristão que grita de dor. )

SOLDADO: Seu nojento. Eu acho que agora já chega né? Você já cansou de sofrer, de sentir dor? Então chega! Agora, negue ao seu Jesus , negue a esse Jesus que você diz que serve!

CRISTÃO: Eu não nego! Eu não nego! Eu não nego!

SOLDADO: (Grita de ódio)Ah!

CRISTÃO: (Fica com medo e se afasta)

SOLDADO: Até agora estava muito fácil, não é? É muito simples, muito simples você cuidar da sua própria vida. É muito fácil você se importar só com a sua vida. Mas será que fica como, depois que outras pessoas estão juntas? Tenho certeza que agora você irá mudar de opinião. Você não mora sozinho, não é mesmo?

CRISTÃO: (Olha assustado)

SOLDADO: Você não tem uma filha?

CRISTÃO: (Fica desesperado)Ah! A minha filha! Cade minha filha?

SOLDADO: Ah! Você quer ouvir a voz da sua filha? Ela está aqui!

(Som ao fundo da Filha gritando. O Cristão fica desorientado ao ouvir. Soldado expressa zombaria do Cristão)

CRISTÃO: (Procurando a filha)Cade minha filha?

SOLDADO: A sua filha está aqui! Você quer ir embora agora com a sua filha? Quer?

CRISTÃO: (Faz sinal com o rosto que sim)

SOLDADO: Você quer acabar com todo esse sofrimento? Imagina: Você e a sua filha indo embora agora. Liberdade! Vocês dois: acordando amanhã como se nada tivesse acontecido, como se isso não passasse de um sonho. Não é bom? Não é algo tão maravilhoso? Então, você quer? Eu só quero uma coisa. Uma simples resposta em troca da sua liberdade e da sua filha. Eu só preciso que você me diga algumas palavras. Em troca da sua liberdade, em troca da sua vida, você só precisa dizer: Eu nego a Jesus!

CRISTÃO: (Sente medo)

SOLDADO: Diga! Agora!

CRISTÃO: (Fica Um tempo em Choro)Senhor, a Tua palavra diz que se o Senhor não cuidar, se o Senhor não edificar a cidade em vão vigia o sentinela. Eu não posso cuidar da minha filha, é só o Senhor. (Grita)Ai! Dói! Mas, Jesus eu sei que o Senhor cuida da minha filha. Jesus, eu não te negarei! Eu não te negarei Jesus! Eu não te negarei!

SOLDADO: (Irado)Chega! Soldados! Matem-na!

CRISTÃO: (Grita desesperadamente)Não! Não! Não!

(Som da Filha gritando e logo em seguida um tiro. )

CRISTÃO: (Fica sem reação, desconsolado e grita )Ai! Ai! Ai!

SOLDADO: Esse é o preço que o seu Jesus paga? Esse é o preço que o seu Jesus quer? Você sabe o que você acabou de fazer? (aproxima do Cristão)Você acabou de matar a sua própria filha!

CRISTÃO: (Fica amedrontado)

(Soldado sai de cena. Cristão aos choros se aproxima ao centro do palco.

Cristão canta o trecho da música Mensagem da Cruz)

CRISTÃO: ”Sim eu amo, a mensagem da cruz. Até morrer eu á vou proclamar. Levarei eu também minha cruz. Até por uma coroa Trocar”.

(Entra o Soldado com ferro nas mãos e agride o Cristão com cassetete. )

SOLDADO: Imbecil! Eu já te falei que aqui o único á ser adorado é Kim Jong-Woon, o imperador da Coreia do Norte. Ele merece o nosso louvor.

CRISTÃO: Não!

SOLDADO: Ele merece a nossa adoração!

CRISTÃO: Não! Nunca mereceu. E nunca vai merecer.

SOLDADO: Não existe outro além dele. Ele é que se importa conosco. Ele é único que se importa com as nossas vidas.

CRISTÃO: (Não aceita as imposições ditas pelo Soldado)Mentira!

SOLDADO: Minha Paciência com você está acabando. Você até que está aguentando por muito tempo. Eu admiro vocês cristãos tão nojentos(cuspi no Cristão). Seus nojentos! (Chuta o Cristão com o pé que cai no chão)Adoram a um Deus que não existe. Rendem louvor á um Deus que não os livra. Vocês são todos iguais, uns até negam a fé que tem em Jesus. Me admira! Mas, outros conseguem resistir até a morte. E você está resistindo á bastante tempo. Mas agora minha paciência com você está acabando.

(Soldado puxa pelos cabelos o Cristão. )

SOLDADO: Me diga! Vai negar a Jesus ou não? Negue a Jesus!

(Soldado mostra o ferro para o Cristão que se desespera. )

SOLDADO: Negue!

CRISTÃO: Eu não nego! Eu não nego!

(Soldado se ira e coloca o ferro no rosto do Cristão que grita de dor. Se debate todo e vai para o canto. Soldado o puxa pelas mãos e o jogo no chão ao centro do palco. )

SOLDADO: Até onde vai esse seu amor? A única forma de você sair daqui é morrendo. Se não negar a Jesus, você morre!

CRISTÃO: Eu te perdoo. Te perdoo. por tudo que você fez. Por que eu sei que assim como Paulo: ele perseguia, torturava. Mas a luz de Jesus brilhou. Ah! Jesus brilhou na vida dele. E eu declaro que você encontrará a Jesus . Que você terá um encontro com Jesus.

(Soldado pega uma corda)

CRISTÃO: E Ele vai te mudar. Por que Jesus te ama. Jesus te ama. Jesus te ama!

(Soldado enforca o Cristão. As luzes se apagam. )

FIM!

O autor no Facebook: Rodrigo Sampaio

Autores: 
Estilos: 
Diversos: