MÃOS VAZIAS

(O Culto iniciará em alguns minutos) Quando chega o Desviado e senta, mascando Chiclete e com uma cara muito feia. Depois de alguns minutos entra o pastor e  fala com o desviado, diz que não ira aceita-lo dentro da igreja mascando chiclete e desobedecendo a ele e principalmente a Deus ( e lembra o desviado que o fim esta próximo).

Logo Depois inicia o culto e é cantado apenas um Hino da Harpa e ao ser cantado o desviado sempre esta brincando e vai beber água e depois ao banheiro e é dado inicio da Peça Mãos Vazias

(Inicio do Contexto)

A Bíblia nos fala em Mateus 24-29-30-35, o seguinte:

‘‘ Logo depois das tribulações daqueles dias escurecera o sol, e lua não dará sua luz, as estrelas Cairão do céu serão abalados. “Então aparecera no céu o sinal do filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentaram, e verão ver o filho do homem sobre as nuvens dos céus, com poder e grande gloria.” (Som de Vento).

Passará os céus e a terra, mas as minhas palavras jamais passaram.

Ao lermos este texto ficamos desejosos de saber quando Jesus voltará.

Há mais duas versões no site MÃOS VAZIAS III

e MÃOS VAZIAS II 

 

1° Cena

(Olhando para o publico:) Irmãos gostaria de lhes fazer uma pergunta: Como está a sua vida Espiritual? O que você tem feito pra Jesus? Gostaria que refletissem bem a esse respeito; pois a volta de Jesus será num dia e hora que ninguém sabe. (Som de Vento de Fundo)

         “( Agora que tudo se escurece (nesse momento as luzes serão apagadas), (ouvimos vozes dizendo... e Gritos de Pavor)”.

 (3°REMIDA) Oi, oi, oi, oi vem aqui você, você é você mesma!!! (Boa com 1° estância)

 (AMIGA 3°REMIDA) Eu, eu, aaaa... Oi eu não me lembro de você!?! (meio confusa)

 (3°REMIDA) Não lembra de mim? Eu sou a Diana, vc estudou na minha sala lembra??

 (AMIGA 3°REMIDA) Não, perai aaaaa tá, lembrei (olhando pra vestes dela com cara de deboche) pode falar o que vc quer.

 (3°REMIDA) Então, quero convidar pra vc estar indo hoje, comigo na minha igreja, o Culto é daqui alguns minutos, vamos. É uma benção, tem louvores e a palavra do Senhor que é muito importante. O que acha? Vamos? Você vai gostar!!! (Bem convicta)

 (AMIGA 3°REMIDA) Não estou muito afim não, ta muito obrigado, ate porque eu sou muito nova, tenho muito que curtir... (Neste momento a remida tenta convense-la e diz_______ Vamos... e é interrompida) Nem Adianta tentar me convencer. Não, não. Não quero e pronto. Falo Tchau!!! E sai dando risada.

 (2°REMIDA) (Ouvindo o som das trombetas com grande felicidade) Meu Deus eu estou ouvindo, Senhor obrigado pai por tudo, pela minha vida pela minha Saúde o Senhor é o único digno de toda honra e toda gloria... (Chorando e depois de alguns segundos as luzes são apagadas em pouco apouco e entra o próxima a dar a deixa)

 

2° Cena

 (DESESPERADO) Jesus Cristo!!!!!! (com temor e Desespero) ele voltou, Ele voltou, e agora o que faço, estou perdido, pois sei que nunca fui fiel, e agora o que faço? É, ele voltou de verdade. Ele voltou, Jesus voltou, Ele voltou mesmo meu Deus e agora... Por favor, me perdoe, por favor (e continua com o -por favor- e tom baixo) (com voz de Choro)

         (Vozes Glorificando:) gloria Deus, aleluia, aleluia Jesus, glória Deus senhor tu és Fiel.

(MÃE DESESPERADA): (Com voz de Choro e pavor) Meu filho, onde está meu filho? Socorro alguém me ajude, ele estava aqui e agora desapareceu, André, André onde você está. Ele estava aqui na minha frente junto comigo e agora... Desapareceu não vejo o meu filho. Meu Deus me ajude! Meu filinho, André, André onde você esta meu filho, Por Favor, Apareça...

 (DESESPERADA) Meu Deu me ajude eu não quero ficar aqui, sozinha neste mundo presciso de mais uma chance, por favor, senhor agora eu quero te servi quero te conhecer, por favor, me ajude senhor eu te amo não me deixe, por favor... (Chorando diz Senhor eu te amooooo)

(DESVIADO): Meu Deus é verdade a igreja está vazia, Jesus Cristo voltou, (e chora antes de iniciar o contexto) por que eu não dei ouvido quando me disseram que isto ia acontecer, Por que tive que desviar dos caminhos do Senhor? Por favor, meu Deus, tenha misericórdia de mim; o que farei agora? Por que não voltei para Jesus em quanto eu tive tempo? Que aflição estou sentindo, Meu Deus que Aflição, e o pior que eu sei que não tem mais jeito, Jesus já veio e levou os seus.

(FILHO DESESPERADO) (Apenas com grau estático) Pai, Mãe onde estão vocês? Em pai cadê o sehhor mãe..   Já procurei vocês em todos os lugares, mas não os encontros, Mãe... Pai por favor aparesça eu já estou ficando com medo. OH! Papai, Mamãe apareçam por favor ... cadê vocês eu to sozinho... Sem Ninguém.... (e assim lamenta com grande arrependimento)         

(AMIGA REMIDA) Nossa o que houve aqui? Meu Deus estranho, eu em... coisa de loco (dando risada) opsss cadê aquela cafona da minha sala? (Neste momento entra os 5 Figurantes gritando e chorando de pavor e todos eles se ajoelham  dentro da igreja dizendo que aceitava a Jesus) Meu Deus o que é isso o que esta acontecendo, em o que esta acontecendo?

(FIGURANTE) Você Não sabe? Ele voltou... o que faço e agora, Meu Deus eu te amo me perdoa, quero te conhecer...

(AMIGA REMIDA) (Fala com muito medo) erá que ele Voltou? O que faço eu nunca fui a uma igreja, nem ao menos sei orar, como irei pedir perdão a Deus ai meu Deus me ensina eu quero te Servi... (Neste momento ela se ajoelha no chão Chorando e adormece)

3° Cena

         (NARRADOR): Querido amigo, na situação que se encontra o que você teria a apresentar a Jesus se de repente...  Ele surgisse chamando pelo teu nome... Dizendo: (Neste Momento som de Vento e uma musica lírica ao fundo)

(Neste momento Jesus entra com um foco de luz e ao seu lado dois anjos Miguel com coroa e espada).

 (JESUS) Apresente se a mim, mostre me suas maõs. ( Com olhar bem Fixo as pessoas da Plateia)

 

(1°REMIDOª) Mestre amado, aqui estou para minhas mãos mostrar, trabalhei a tempo e a fora de tempo, enfrentei grandes temporais, as ervas daninhas quase sufocaram minhas plantações.

         Mas Lutei muito esperando Senhor, pela recompensa, Pai foi muito dificil teve momentos que pensei em desistir... mais sabia que o senhor estava comigo me carregando no colo, e me guiando te agradesço senhor por tudo e hoje( Neste momento chora) posso dizer que aqui estão as minhas mãos; trago nelas as marcas de tudo o que me deste para ceifar.

         (JESUS) Filha eu sei que o seu trabalho foi arduo, sei que muitas lutas surgiram, Sei quando e quais foram as vezes que vc pensou em desistir pois foram nestes momentos que te carreguei no colo te deitei sobre o meu ombro e sempre tenho recolhido todas as tuas lagrimas nada me foi oculto.

         Vi quantas injustiçãs e afrontas suportaste por amor ao meu nome, mas sempre estive ao teu lado, te amparando, te dando forças para caminhar e vencer. És mui amada filha minha, foste fiel até o fim , aqui está a tua recompensa; Tu és bem vinda no meu reino Seu lugar já esta’ reservado entre no gozo do teu Senhor tú esta Salva. (Neste momento um fundo  musical Diante do trono)

         (JESUS) apresente-se a mim e mostre as suas mãos.

         (2°REMIDA) Oh! Mestre! (Abaixa a cabeça durante alguns segundos e depois levanta com grande sorriso)) que bom ver o seu rosto contemplar a sua face por tudo que sofri, Fui abandonada e traida por segui –lo. Perdi Amigos... Pai, Mae e familiares. Mais mesmo assim não dessiti pois sabia que eu teria uma grande recompensa senhor eu te agradesço por tudo, tudo mesmo, as provas as minhas grandes vitorias, Por isso trago em minhas mãos marcas de tudo que sofri em amor de teu nome.

         (JESUS) “filha”, o seu sofrimento não foi em vão muitos atraves de voce conheceram amim. Aqui não haverá mas dor e Eu limparei de seus olhos todas as lágrimas. Filha minha tão amada. Eu também marquei minhas mãos por amor do teu nome pois a conheço e vi as vezes que chorava por perder amigos familiares, mais nunca desistiu sou mui grato a ti. Apesar de grande sofrimento foste fiel a mim... por isso entre no meu reino e receba o seu galardão Tues muito bem vinda, cante minha filha pois tu esta salva.

(JESUS) Apresente-se a mim mostre- me as sua mãos.

         (3°REMIDA) Jesus eu tenho vergonha de me apresentar a ti, no entanto, sabe Jesus eu poderia Ter feito mais por ti mais fui uma crente comum, me acomodei no banco da igreja e só, mas mesmo assim mestre, eu cantei no conjunto fui na escola Biblica dominical. Mas não fiz mais nada fiz apenas isso, perdão Senhor . sei que poderia ter feito mais por eu trago em minhas mãos o desejo de Ter feito mais , muito mais pelo teu evangelho , pela tua obra pelo teu nome Senhor Obrigado ( e beija as mãos de Jesus)
      

(JESUS) Minha filha, tantos foram iguais a você, por isso retardei a minha volta.

         Muitos não podem entender por que as estrelas brilham, pois nunca desejaram olhar para elas. E você nunca soube o que é uma vida cheia do espirito Santo, pois nunca desejou crescer no Espirito Santo. Mas você creu no meu nome, Sempre foi Fiel, Nunca colocou maldade no seu coração, mais sim, sempre foi muito boa com os seus Proximos. Por  isso entre no meu reino, Tu também esta Salva.

(3°REMIDA) Com um olhar de Grande Felicidade agradesce o senhor chorando e levantando aos poucos.

4° Cena

         (JESUS)  Apresente- se a mim e mostre- me suas mãos .

 

         (4°REMIDA) Jesus estou aqui seu servo que sempre confiou em ti estive nos hospitais para visitar os enfermos, acolhi aos necessitados , dei de comer os que na minha porta batiam anunciei a tua palavra com amor e almas foram ganhas com grandes alegrias quantas foram as vezes que sentei na minha cama e sabe jesus ( uma risada) colocava a minha frente uma cadeira vazia e imagina que o senhor estava a minha frente olhando pra o meu rosto e sempre segurando na minha mão. Querido Jesus apresento – lhe as minhas mãos e te agradesço por me amar.

 

         (JESUS) filho meu. Muito me alegro em ti pois tive fome e deste o que comer , tive sede e me deste de beber, estive nu me vestiste, enfermo e na prisão , me visitaste sempre foi fiel sempre levou mantimento a casa de Deus e sempre obedesceu ao seu pastor.

         (4°REMIDA) Quando fiz tal coisa Senhor?


         (JESUS) Quando fizeste aos meus pequeninos a mim o fizeste, por isso receba o seu galardão, meu reino goze das delicias que eu tenho preparado para ti e seja muito feliz pois agora meu filho voce esta salvo.

         (JESUS)  Apresente-se a mim, mostre –me sua mãos .

 

         (5°REMIDA) Jesus eu tive tantas lutas, assim como os meus irmãos, mas em todas as minhas dificuldades o Senhor era comigo. Quando me senti fraca, o senhor era minha fortaleza, todas as vezes que abri a minha boca par falar de ti , o teu Espirito era comigo , e almas eram ganhas, Sempre lutei contra as maldades do mundo e preguei muito a sua palavra e por isso Jesus, eis as minhas mãos, cheias de alegrias e contentamento.

 

         (JESUS) Filha todo aquele que confia em mim é mais do que vencedor, me alegro por você estar aqui sempre amei  você filha minha e sei o que passou em amor do meu nome e vi quando foi pregar a minha palavra nas casas e vi quantas das vezes foi chamada de louca quanta das vezes entregou um folheto com a minha palavra e viu o mesmo ser rasgada na sua frente filha minha, tu foi muito forte e Fiel Seja bem vinda, entre no meu reino e receba o seu galardão e a sua coroa da Vitoria .

 

5° Cena

         (JESUS). Apresente-se a mim, mostre –me sua mãos . ( procura a com olhar entre a multidão e com uma voz bem firme diz).

 
         (JESUS)  (com autoridade)______________, Quero ver suas mãos? Sera que não sabei que sou o Alfa o Omega Onipotente Unipresente e que sei o nome de cada um que habita nesta terra o conheço a cada estrela desta constelação, Apresente-se venha ________________ Mostre me as suas mãos.

         (PERDIDA):  Do meio da Plateia (grita com desespero) não Jesus , não posso me apresentar a ti por favor.

 
         (JESUS)  Porque se esconde, quero ver suas mãos.

 

         (PERDIDA)  Por favor, Jesus chame outra pessoa, eu não por favor, eu não... Não fui Fiel a ti e sempre fui fraca tentei, mais fracassei chame outra pessoa por favor senhor...

         (JESUS) Aprossime-se , mostre – me agora sua mãos.

 

         (PERDIDA) (vai se aproximando de Jesus devagar) Jesus eu não posso me apresentar a ti o Senhor, veio tão depressa, e eu não pude me preparar.

        

(JESUS) (com Voz triste mais é interrompido) Não se Preparou!!!

 

         (PERDIDA) Perdão Senhor.. (com desespero) perdão mas passei todo o tempo duvidando de que o senhor voltaria ouvi falar do seu nome e um dia até levantei minhas mãos para ti (para e pensa por alguns segundos) mas eu estava tão preocupada comigo mesma, que não pensei que o senhor voltaria realmente eu não acreditei, contrai dúvidas em meu coração quanta das vezes pessos foram ate a minha casa falar de ti e sempre as expulsei, pegava sempre os panfletos que me entregavam mais logo estava no lixo isso quando não rasgava;;; deixei o Senhor de lado mas Jesus eu preciso salvar-me eu preciso Jesus perdão senhor por tudo senhor eu sou fraca fui fraca mais , quero ter a ti por favor me perdoe me perdoe ( dizendo varias vezes perdão com voz de choro e muito triste) .

 

         (JESUS) Quantas vezes te livrei da morte? Quantas vezes te mostrei o caminho certo? E você ______________ não quis seguir...., quantas vezes sorria daqueles que falavam de mim, enganava a si mesma dizendo que Eu não voltaria. E sempre me regeitou desprezava os meu que enviava a te voce para falar da minha palavra sempre os mandava embora Dizia que eles encomodava a você por isso, Eu voltei , voltei para buscar aqueles que são meus , Aqueles que em meio a tuido sempre bem Dizia o meu nomee nunca desitiram e você _____________ não está entre eles (com autoridade) por isso afaste – se de mim por que não te conheço . (Jesus juntamente com os anjos da lhe as costas e sai).

 

         (PERDIDA) (chorando) Jesus eu não quero padecer na eterna escuridão, por favor  por favor salva-me eu estou arrependida nunca mais irei ser assim, eu acredito em ti senhor me perdoe (começa a chorar)  (depois de muito chorar percebe que está só na escuridão nessa hora é ligada uma luz vermelha).

Oh! Que escuridão, meu Deus , estou com tanto medo , pai , mãe Maria , João onde estão vocês? Não tem ninguém meu Deus estou sozinha, apavorada e tambem não tenho nada em minhas mãos. Elas estão vazias . (chora).

6° Cena

(TRÊS ANJOS NEGRO): entram dando gargalhadas, atormentando-a e saem. (ela chora)

 

(1° ANJO NEGRO) (Em volta da perdida) Vc ficou ele tentou te ajuda mais vc negou... ficou ficou Haararararara

 

(2° ANJO NEGRO) não deu ouvido a ele agora... haaaaa

 

(3° ANJO NEGRO) vc e nossa as trevas te espera... haaaa

 

(2° ANJO NEGRO) e vc estara em grande tormenta, vc ficou... haaaa

 

(Um de cada um Girando e dizendo Ficou Ficou Ficou Ficou Ficou Ficou. E depois sai  apontando pra ela e dizendo ficou ficou ficou ficou ficou ficou)

        

(PERDIDA): oh! Meu Deus porque não cuidei melhor de minha vida espiritual? Porque? Porque eu não dei valor a salvação da minha alma (chora)

        

(NARRADOR): “E todo aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo” “Apocalipse. 20: 15”.

 

          (TODOS ANJOS) : entram dando gargalhadas (pegam na pelo braço e a arrastam para o lago de fogo ela sai arrastada)

 

(PERDIDA) não , não , não senhor volte não me deixe aqui nãoooooooooooo

Contexo Final

(E todos se Agrumeram na frente do Pulbito e devagar vai diminuindo o volume da voz e dos gritos ate que o narrador entre com o contexto final e todos que foram salvos estaram de vestes Brancas e cantando aleluia gloria Deus pelas maravilhas dos Ceus)

 

          (NARRADOR):  (Enquanto isso lá no céu  os salvos cantam em voz de fundo) Santo, Santo, Santo Deus  onipotente Junto com os Anjos louvaremos seu amor.     

Neste momento todos no Céus cantando e com muita felicidade dizendo que Deus é Santo e Deus e Maravilhoso!!!!  

FIM

 

Prestar atenção nas Graves colocadas a frente das falas

 

Figurantes que irão estar em movimento no momento da peça e estarão com face desesperada e com muito medo e as vezes chorando e gritando, sempre focar a visão nos Vigentes e produzir medo na plateia com olhares de desespero, introduzir o contexto e fazer viver a fala e a interpretação.

 

Autores: 
Datas: 
Estilos: 
Temas: 
Diversos: 

MÃOS VAZIAS II

A Bíblia nos fala em Mateus 20.25,30,35, sobre a vinda de Jesus Cristo.
Ao lermos este texto, ficamos realmente desejosos de saber quando Jesus voltará.
Mas eu gostaria de lhe fazer um pergunta:
Como está a sua vida? O que você tem feito para Jesus?
Gostaria que refletisse bem a respeito disto, pois a volta de Jesus será num dia e numa hora que ninguém sabe.

Agora, imagine se de repente tudo escurecesse... e você ouvisse uma voz dizendo:

Há mais duas versões no site MÃOS VAZIAS III

Narrador -- A Bíblia nos fala em Mateus 20.25,30,35, sobre a vinda de Jesus Cristo. Ao lermos este texto, ficamos realmente desejosos de saber quando Jesus voltará. Mas eu gostaria de lhe fazer um pergunta: Como está a sua vida? O que você tem feito para Jesus? Gostaria que refletisse bem a respeito disto, pois a volta de Jesus será num dia e numa hora que ninguém sabe. Agora, imagine se de repente tudo escurecesse... e você ouvisse uma voz dizendo:Luzes se apagam de repente.

 Voz -- Jesus está voltando! Jesus está voltando!

 Luzes se acendem e Jesus entra.

 Narrador -- O que você teria a apresentar? O que você faria nesta situação em que se encontra, se Ele surgisse chamando o seu nome e dizendo:

 Jesus -- Sara, apresente-se a Mim, mostre-Me tuas mãos.

 Sara entra.

 Sara -- Mestre amado, aqui estou para minhas mãos Te mostrar. Trago marcas da seara que me deste a ceifar. Eis minhas mãos.

 Jesus -- Filha, Eu sei que teu trabalho foi árduo, sei que lutas surgiram. Mas entra em Meu Reino, foste fiel, teu lugar já está preparado.

 Sara vai para um lugar atrás de Jesus aguardando a sua entrada no Reino.

 Jesus -- Felipe, mostre-Me tuas mãos.

 Felipe entra.

 Felipe -- Oh, Senhor! Que bom ver o Teu rosto, contemplar a Tua face. Por tudo que sofri esta é a maior recompensa. Fui abandonado e traído por Te seguir, perdi minha mãe, amigos e familiares. Trago em minhas mãos as marcas do que sofri.

 Jesus -- Filho meu, teu sofrimento não foi em vão, muitos através de você conheceram a salvação. Aqui não haverá mais dor, Eu limparei de teus olhos toda lágrima. Filho meu, tão amado... Eu também marquei as minhas mãos em nome do amor. Entra em Meu Reino, receba teu galardão.

 Felipe vai para onde está Sara.

 Jesus -- Clara, mostre-Me tuas mãos.

 Clara entra.

 Clara -- Jesus, tenho vergonha de me apresentar. No entanto, sei que vais me aceitar. Sabe, eu poderia ter feito mais, muito mais, mas acabei me acomodando e fiquei limitada ao banco da igreja, quando tanta coisa havia para se fazer. Eis minhas mãos.

 Jesus -- Filha minha, quantos foram iguais a você, por isso retardaram a Minha volta. Muitos não entendem por quê é que as estrelas brilham, porque nunca olharam para o céu. E você não pode saber o que é ter uma vida cheia do Espírito, porque nunca desejou crescer. Mas creste em Meu Nome, por isso, entra em Meu Reino.

 Clara vai para onde estão Sara e Felipe.

 Jesus -- Vitória, apresente-se a Mim, mostre-Me tuas mãos.

 Vitória entra.

 Vitória -- Senhor, Tu és Altíssimo e eu Te louvo. Como é bom poder me apresentar a Ti. Mestre, fui na terra uma luz, Teu Nome foi anunciado por mim. Mas... tropecei Senhor, senti-me fraca na fé, apanhada pelos problemas que surgiram diante de mim. Tu, ó Glorioso Senhor, foste Fiel e não me abandonaste, por isso, eis minhas mãos.

Jesus -- Filha, Eu jamais abandonei os meus. Às vezes, quando tudo está bem, sou deixado de lado, colocado em segundo plano, sou o depois. Mas nunca abandonei os meus filhos. Momentos de fraqueza, todos podem passar, mas abandonados por Mim, jamais! Eu que sofri tanto por vocês, iria bani-los de Mim quando mais precisam? Não. Eu posso entender que tenha se sentido fraca, mas foi na Minha Palavra, a Bíblia, que encontraste forças e, através da oração, pude falar ao teu coração. Entre em Meu Reino, tenho um lugar preparado para você.

 Vitória vai para onde estão Sara, Felipe e Clara.

 Jesus -- Ana, mostre-Me suas mãos.

 Ana não entra, Jesus aguarda um momento e fala novamente.

 Jesus -- Ana, onde você está? Quero ver tuas mãos.

 Ana -- (Fala de onde está) Jesus, Jesus... eu não posso me apresentar.

 Jesus -- Ana, mostre-Me tuas mãos. Por que te escondes?

 Ana vem se aproximando de Jesus devagar, enquanto fala.

 Ana -- Jesus... Jesus... eu não posso me apresentar, voltaste tão depressa e eu não pude me preparar.

 Jesus -- (Com voz triste responde) Ana... (Jesus é interrompido por Ana).

 Ana -- (Em desespero) Perdão Senhor! Perdão... mas eu passei todo o tempo duvidando que voltarias. Ouvi falar do Teu Nome, do Teu amor por nós, e um dia até levantei a mão, mas... mas estava muito preocupada comigo mesma, eu não pensei que voltarias realmente. Jesus, eu acreditei nas pessoas, fui traída e enganada, contraí dívidas, deixei-Te de lado... mas Jesus, eu preciso me salvar! Eu preciso... (Ana é interrompida por Jesus)

 Jesus -- Ana, Ana... quantas vezes Eu te livrei da morte, quantas vezes Eu te mostrei o caminho certo e tu não quiseste seguir. Ana, quantas vezes enganava-te a ti mesma dizendo que eu não voltaria. Ana, Eu voltei! Voltei para buscar aqueles que são Meus. E você Ana... você não está entre eles, por isso afaste-se de Mim, você teve todo o tempo do mundo e não aproveitou. Afaste-se de Mim Ana! Afaste-se de Mim!

 Ana -- (Desesperada, chorando, implora) Jesus! Eu não quero morrer! Eu não quero padecer na escuridão! Por favor Jesus... Jesus me salve! Eu não quero morrer! Minhas mãos... minhas mãos estão vazias... Jesus, Jesus me salve...

 Começa a tocar um fundo musical de terror, enquanto Ana fala com o público, Sara, Felipe, Clara e Vitória ajoelham-se aos pés de Jesus. Jesus sai e Sara, Felipe, Clara e Vitória seguem a Ele, como es estivessem entrando no Reino. Ana tenta entrar mas sente que algo a impede.

 Ana -- (em completo desespero) Onde estão meus pais? Meus amigos? Vocês não falaram que eu podia sempre contar com vocês? Onde estão agora? Eu estou sozinha... estou nas trevas...

 No final, os demônios entram devagar e vão cercando Ana. Ana tenta fugir dos demônios mas não consegue porque eles a cercaram por todos os lados. Ana, gritando, rodeada por demônios perto dela, cai no chão. Os demônios tiram a camisa branca de Ana (que está por cima da camisa preta), suspendem ela bem alto, e levam Ana para fora, que sai gritando em desespero, carregada pelos demônios, como se estivessem indo para o inferno.

 Há uma pausa, então o narrador fala:

 Narrador -- Meu amigo, meu irmão... eu não sei quem você é, nem com está a sua vida. Mas de uma coisa eu sei: Jesus voltará. O dia e a hora, não importa. Pode ser hoje, agora. Mas... o que você iria apresentar a Ele? Pense bem. Desperta agora, enquanto há tempo, pois caso contrário, no dia do Juízo Final, ouvirás Jesus dizendo: Afasta-te de Mim, vá para o fogo eterno!

 Há uma pausa e, em seguida, Jesus dirá em oculto:

 Jesus -- O céu e a terra passarão, mas as Minhas palavras não hão de passar...

 Entra o grupo de louvor e apresenta uma música referente ao texto 

 

 

Estilos: 
Diversos: 

MÃOS VAZIAS III

MÃOS VAZIAS

Mais uma versão da peça MÃOS VAZIAS. Leia compare, escolha

JESUS,  FERNANDAMARCIA,  ALINE MARCELODANIELE, EDSON, SARA, DEMÔNIOS, DIABOANJOS    

Há mais duas versões no site MÃOS VAZIAS

e MÃOS VAZIAS II

 

 

NARRADOR: Vivemos nos últimos dias o prenúncio do fim. Dias de guerra, de fome, de pestes, de terremotos, maremotos e tantas outras tragédias de morte e doenças em todo o mundo.

Eis o que Jesus disse em Marcos: “Cuidado, que ninguém os engane. Muitos virão em meu nome dizendo: “Eu sou o Cristo” E enganarão a muitos. E quando ouvirem falar de guerras e rumores de guerra, não tenham medo, é necessário que tais aconteçam, mas ainda não é o fim. Porque nação se levantará contra nação, e reino contra reino, e haverá terremotos em vários lugares e também fomes. Isso será o princípio das dores.”

Jesus profetizou que os sinais do tempo anunciariam Sua volta. A volta para buscar os que são seus, os remidos que lavaram suas vestes no sangue do cordeiro. Jesus virá num dia em que ninguém o espera.

Em Mateus, Jesus promete que: "Logo depois da aflição daqueles dias, o  sol escurecerá, a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu porque os poderes dos céus serão abalados. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão Filho do homem, sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com grande clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro cantos, de uma à outra extremidade dos céus".

Imaginemos se de repente, tudo escurecesse (imediatamente todas as luzes devem ser apagadas) e ouvíssemos vozes dizendo: (as pessoas escaladas para o grito de pavor). 

(Gritos de pavor)  “Jesus está voltando!”  (3 vezes

(Fundo musical celestial - de repente, um foco de luz se acende na direção de Jesus, onde ele surge ao som de muitos aleluias e glórias). 

Novos gritos em seguida: "aleluia, glória" 

Canção  

NARRADOR: Mas quantos de nós esperamos essa volta? Você está preparado para ela? O que você tem feito? Você está preparado para estar diante de Jesus? O que você tem em suas mãos para apresentar a Jesus? O que você diria a Jesus, se hoje você o ouvisse chamar dizendo: 

(Jesus começa a chamar os remidos que deverão estar sentados entre os da congregação, aguardando Jesus chamá-los pelo nome. Após falarem, recebem a coroa e são conduzidos ao reino, pelo anjo). 

JESUS: Márcia, apresente-se a mim, mostre-me suas mãos. 

(Márcia entra) 

MÁRCIA: Aqui estou sempre Mestre Amado, para minhas mãos mostrar. Mãos que foram lavadas da minha impureza, não somente as mãos, Jesus, mas todo o meu corpo foi lavado pelo Teu sangue. Corpo que eu usei e defraudei, quando não te conhecia. Corpo que vendia quando era garota de programa. Mas eu Te conheci e abandonei o caminho da prostituição, para Te seguir, para Te servir. Encontrei em Ti liberdade, libertação!!! Hoje, trago em meu corpo, em minhas mãos, as marcas da seara que me deste a ceifar. Descobri que os dias em que tribulações passei seriam recompensadas neste dia de glória. Esperei por Ti, Jesus, e agora me sinto tão feliz em poder contemplar Tua face. Eis as minhas mãos, Senhor. 

JESUS: Filha, como me alegrei em vê-la salva! Pois não apenas seu corpo, mas também sua alma foram libertos! Você ouviu aquilo que eu digo a todos: Se a minha palavra vos libertar, verdadeiramente sereis livre. E você, Márcia, saiu do mundo do pecado para o reino do meu amor, porque creu na minha palavra. Depois vi que o seu trabalho foi árduo e sei que lutas surgiram. Mas você foi fiel!! Por isso filha amada, entre em meu Reino, teu lugar já está preparado. 

(Márcia entra no reino / música ao fundo – instrumental - Vem Sobre Mim) 

JESUS: Marcelo, apresente-se a mim, mostre-me suas mãos.  

(Marcelo entra) 

MARCELO: Oh, Senhor! Sempre esperei por este dia de glória, jamais desisti de Ti, por tudo que sofri, esta é a maior recompensa. Fui abandonado e traído por Te seguir, perdi minha mãe, namorada, amigos e familiares, estive doente Senhor, e muitos viraram as costas para mim, porque eu declarava publicamente o meu amor por Ti, fui perseguido Jesus, fui desprezado. Trago em minhas mãos a marca do sofrimento, mas também a marca da promessa de vida eterna que o Senhor me fez. Eis-me aqui Senhor, veja as minhas mãos!  

JESUS: Filho, seu sofrimento não foi em vão. Pois mesmo perseguido você não desistiu de pregar as boas novas, mesmo desprezado você não esqueceu do seu chamado, até mesmo na doença, você levou muitos a conhecerem a salvação. E como eu prometi Marcelo, aqui não haverá mais dor, eu limparei teus olhos de toda a lágrima. Filho meu tão amado, eu também marquei as minhas mãos em nome do amor. Entre em meu reino e receba o seu galardão. 

(Marcelo entra no reino / música ao fundo – instrumental - Marca da Promessa) 

JESUS: Fernanda, apresente-se a mim, mostre-me suas mãos.  

(Fernanda entra

FERNANDA: Quanta alegria eu sinto em ver o teu rosto, Senhor! Apresento-Te minhas mãos, hoje restauradas pelo teu poder. Andei errante, conheci o teu nome, mas me afastei. Andei por desertos, por caminhos tortuosos. Quantas vezes eu fugi de ti. Mas o Senhor, com o Seu profundo amor me acolheu. Mesmo estando distante dos teus caminhos, o Senhor não desistiu de mim. Sou grata a Ti Jesus pelo teu grande amor por mim, por me levantar para lutar no teu exército, e eu por amor a Ti fui até os confins do mundo, buscar aqueles que são teus. Eis minhas mãos. 

Jesus – Fernanda, as minhas ovelhas ouvem a minha voz. Eu sou o bom pastor, o bom pastor que deu a vida por suas ovelhas. Você esteve distante como uma filha pródiga, é verdade. Mas se arrependeu a tempo, voltou para os meus caminhos, buscou cumprir a vontade do Pai, por amor e obediência. Você, Fernanda, foi levantada do vale dos ossos secos, e como guerreira do Meu exército você batalhou, viu que os campos estavam brancos e foi em busca dos perdidos. Por isso, filha amada, entre no meu reino. 

(Fernanda entra no reino / música ao fundo – instrumental - Por Amor a Ti

JESUS: Edson, apresente-se a mim, mostre-me suas mãos.  

(Edson entra) 

EDSON: Senhor, eis as minhas mãos, que trago junto com o meu corpo, alma e espírito, lavados e redimidos pelo teu sangue na cruz do calvário. Sou hoje uma nova criatura, refeita por Ti, Senhor, à Tua imagem e semelhança.  Refeita porque, antes de te conhecer eu profanei o princípio divino da criação de que Deus criou macho e fêmea. E engodado por Satanás, inflamei-me de paixão com outros homens, desvirtuando a Tua palavra. Tu aborreceste o meu pecado, contudo, não aborrecestes a mim, antes me perdoou e me amou com grande misericórdia. Tornei-me um homem de verdade, a ponto de poder casar e construir uma família, conforme o teu divino propósito. Por isso, Senhor, eis minhas mãos. 

JESUS: Meu filho, Satanás veio para matar e roubar. Ele tentou tirar sua vida, sua dignidade, o propósito dele era tornar-lhe um verme, pisado, repudiado pelos homens, jogado na sarjeta. Deus fez o homem e a mulher. Satanás tentou desvirtuar esse propósito, desde o princípio da criação. Mas você foi salvo da ira,  e onde abundou o pecado, superabundou a graça. Por isso, Edson, meu filho, seja bem vindo, há um lugar para você em meu reino. 

(Edson entra no reino / música ao fundo – instrumental - Mais Que Abundante) 

JESUS: Daniele, apresente-se a mim, mostre-me suas mãos.  

(Daniele entra)  

DANIELE: Senhor, me perdoe por ter passado minha vida tão confusa. Muitas vezes questionava suas obras, e ficava triste com o Senhor, porque não acontecia o que eu queria. Porque em Sua infinita misericórdia o Senhor me conduzia à vitória mesmo sem eu merecer. Perdoe-me, Jesus, por não ter tido contigo uma vida de confiança plena. Mas mesmo errando, Te buscava, reconhecia que sem Ti eu era pobre, cega e nua, carente do Teu amor, precisava confiar meus caminhos a Ti. Senhor, eis as minhas mãos. 

JESUS: Filha, você  sempre teve dificuldades em perceber as bênçãos que eu derramei em sua vida, porque a ansiedade e a dúvida a impediam de vê-las. E muitas vezes não recebia a bênção por não descansar em mim. Mas Eu vi seu sofrimento, e com ele o arrependimento quando recorria a Minha palavra, e deixava que Eu falasse com você mostrando o quanto estava errada. Eu via em você o desejo de me agradar como seu Pai e Senhor. E mesmo tropeçando, você jamais saiu dos meus caminhos. Por isso entre em meu Reino, tem um lugar preparado para você.  

(Daniele entra no reino / música ao fundo instrumental - Reina Sobre Mim)

 

JESUS: Aline, apresente-se a mim, mostre-me suas mãos.  

(Aline entra cantando: “Nesta noite feliz, neste santo lugar eu marquei um encontro com Deus, Seu amor é real, Sua paz gozarei, eu marquei um encontro com Deus”).  

ALINE: Senhor Tu és altíssimo e eu te louvo. Como é bom poder me apresentar a Ti Mestre, fui na terra uma luz, teu nome foi anunciado por mim, mas... tropecei Senhor, por varias vezes me senti fraca na fé, abalada pelos problemas que surgiram diante de mim, principalmente quando me faltava dinheiro. Muitas vezes não fui fiel a Ti, não devolvia o dízimo, gastava demais com coisas supérfluas, e não conseguia, não sobrava. Mas Tu, Oh glorioso Jesus, Tu fostes fiel e vistes a sinceridade do meu coração, me ensinaste que se eu Te buscasse em primeiro lugar, todas as outras coisas me seria acrescentadas. Por isso, Jesus, aqui estou, eis as minhas mãos. 

JESUS: Filha, Eu jamais abandono os meus. Às vezes quando tudo está bem, sou deixado de lado, colocado em segundo plano, sou o depois. Mas nunca abandonei os meus filhos. Momentos de fraqueza, todos podem passar, mas, abandonados por mim, jamais. Eu que sofri tanto por você, iria bani-la de mim, quando mais você precisava? Não! Eu posso entender que tenha se sentido fraca, mas foi na Minha palavra, orando e buscando intimidade comigo que você encontrou forças, teve sua fé renovada. Entre em meu Reino, tenho um lugar para você. 

(Aline entra no reino / música ao fundo – instrumental - hino que cantou quando entrou) 

JESUS: Vinde benditos de meu Pai, entrai no Reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. 

(Neste momento começa a tocar a música Agnus Dei, quando Jesus se prepara para entrar, então entra Sara, correndo pelo meio da igreja desesperada) 

SARA: Jesus, Jesus, Jesus..... sou eu Sara, o Senhor não vai me chamar??? 

JESUS: Sara, o que você tem a me apresentar? 

SARA: (Hesitante).... Eu.....eu......eu...... Jesus, nada tenho a apresentar (fala com medo e desespero

JESUS: Sara, o há nas suas mãos. O que você esconde? 

SARA: Jesus, Jesus, eu não escondo.... na verdade, eu nada tenho a apresentar, voltaste tão depressa que eu não pude me preparar. 

JESUS: (com voz triste responde) Sara... (Jesus é interrompido por Sara

SARA: Perdão Senhor! (em desespero) Perdão, passei todo o tempo do mundo achando que o Senhor não voltaria. Ouvi falar do Teu nome, e um dia até levantei a mão, freqüentei a igreja, cantava e dançava nos cultos. Sabe, Jesus, eu fiz caridade, eu doava muito dinheiro para as ONGs e instituições sociais, ajudava aos pobres. Só que eu estava sempre tão preocupada comigo mesma, com meus interesses, meu trabalho, minha carreira, minha vida amorosa. Jesus, eu não pensei que o Senhor voltaria realmente. Jesus eu não acreditei. Fui traída e enganada, fiquei com dúvida, deixei-te de lado... Me deixei seduzir pelo mundo e louca fiquei, atrás de prazer e diversão. Tornei-me indiferente à Tua palavra e mesmo com fama, sucesso profissional, e os amores que tive, não consegui ser feliz. Sentia remorsos por isso, mas nunca mudava de caminho. Meus amigos me viraram as costas, fiquei só, e mesmo assim, eu não quis acreditar que o Senhor voltaria. Achei que daria tempo de reconstruir minha vida, mas Jesus, o Senhor voltou e eu, eu preciso me salvar... Eu preciso... 

(Sara é interrompida

JESUS: Sara, Sara... Quantas vezes te livrei da morte, quantas vezes te mostrei o caminho certo e tu não quiseste seguir? Sara, quantas vezes zombavas daqueles que falavam de mim, quantas vezes enganava-se a si mesma dizendo que eu não voltaria. SARA, EU VOLTEI ! Sara, quantas vezes sua atitude entristeceu meu coração? Quantas vezes me aproximei de você, ao vê-la ferida, machucada e Meu Espírito lhe falou suavemente... Você trocou a minha doce presença em sua vida, pelos prazeres, pela ambição, pelo sucesso, como tantos outros fazem. Esquecendo que a minha bênção é que verdadeiramente enriquece... Nada mais posso fazer, você escolheu enganar-se achando que eu não voltaria. Quantos aqui iguais a você me negam e negam a eficácia do poder do Meu amor... O que fiz foi consumado na cruz do calvário, foi na cruz que morri para salvar o mundo, foi na cruz que morri por você... por vocês... é na cruz do calvário que está a redenção dos pecadores... Eu voltei, voltei para buscar aqueles que são meus. E você Sara, você...você não está entre eles, por isso afasta-te de mim, você teve todo tempo do mundo e não aproveitou. AFASTA-TE DE MIM ! 

(Jesus se retira / ao fundo Agnus Dei) 

(Jesus volta para o céu) 

SARA: (com muito desespero, chorando implora) Jesus, Jesus, eu não quero morrer, eu não quero padecer na escuridão. (imediatamente, todos os focos de luzes se apagam, Sara permanece chorando, no chão) 

SARA: Por favor Jesus, me salve, eu não quero morrer. Minhas mãos! Minhas mãos... (Sara olha para suas mãos) as minhas mãos estão vazias... Jesus, Jesus me salve. 

(Sara se levanta e tenta entrar no reino, mas os anjos a impedem, então se vira, olha para o público e fala de forma desesperada) 

SARA: Onde estão aqueles a quem dei meu tempo e atenção? Onde estão os meus pais, meus amigos, vocês não falavam que eu podia sempre contar com vocês? Onde estão agora? De que valeu a pena negar Jesus? Acreditar naqueles que me disseram que eu precisava aceitar Jesus? Onde estão aqueles que me induziram ao erro? Que me ensinaram a acreditar e praticar valores que enaltecem o material, o corpo, o belo?? Onde tudo é relativo, tudo é natural... (olha ao redor) Eu estou sozinha. Na verdade não foi Ele quem me deixou, eu escolhi ficar. Agora Ele voltou e não me levou. Ele me amou e eu, eu o rejeitei, Ele me chamou e eu dei as costas para Ele. Eu o crucifiquei, eu o crucifiquei...(fala quase gritando) Eu estou nas trevas... (se ajoelha ao centro, chorando)  

(Demônios vão entrando chamando o nome “Sara” / música ao fundo – tenebrosa com string, etc

(Demônios cercam Sara que está desesperada

(Sara tenta fugir, mas o diabo a impede)  

DIABO: Aonde pensas que vai, Sara? Hora do acerto de contas!!!

 

SARA: (desesperada, andando pra trás) Não, você, não...  

DIABO: (interrompe dando uma risada) Saaaraaa, não me reconhece não é, não lembra de mim? (nesse momento tira a capa) Lúcifer o próprio, não sou um estranho pra você e sempre estive ao seu derredor, te ajudando na hora fazer suas escolhas (fala enquanto passa ao redor de Sara). Não era assim toda vez que você tinha que escolher entre ir à igreja ou ir a uma noitada com os amigos que eu providenciei para que não lhe faltassem?... Não é verdade que eu fui seu principal parceiro, na hora de fechar os negócios, na hora de enganar, de fraudar?.... 

SARA: (gritando desesperada) É mentira!! É mentiraaaa!!! Você é um mentiroso!!! (Diabo derruba Sara no chão) 

DIABO: Cala a boca! (grita) (espera um momento e continua) Mentiroooso!!!! (fala abrindo os braços com satisfação) Sou mesmo, sou o pai da mentira e você, Sara, se deleitou em mim com uma vida de mentiras, de farsa, HIPÓCRITA, me serviu muito bem, me engrandeceu perante o Filho do homem. Você foi ótima! Principalmente quando mentia pra Deus (junta as mãos como se estivesse orando, faz voz de menina e continua), Senhor, eu te amo! MENTIRAAA (fala gritando), você ama aquilo que te ofereço, os prazeres que eu te dou, você ama a mim!!!

Se deleitou na vaidade, na sua própria beleza, você é a MINHA imagem e semelhança, adora a futilidade... e tem muito mais, MUITO mais, você se prostituiu, adulterou e chegou até a deitar-se com outras mulheres, muito bom, excelente, eu sempre te saciei, Sara, eu sempre te saciei, e você me servindo, me servindo...

Como era  difícil ir à igreja, hein! Como confessar seus pecados? E a vergonha diante das pessoas se o pecado se escondia dentro você, EU dominava você!!! Teve vergonha não foi, como falar do amor de Cristo com tantos pecados sobre sua vida. Melhor mesmo era esquecer esse negócio de evangelho e curtir, não é, aproveitar!!! Bebida pra afogar as mágoas, muita farra, drogas e toda a imundícia de sentimentos que vêm de mim...

Inveja, tristeza, ciúmes, revolta, vingança, rancor, infidelidade...

Eu sou sutil, silencioso, Sara, mas você abriu a brecha, eu apenas me instalei e tomei conta da sua vida, é assim que faço com todos,  obscureço suas mentes e os levo ao engano.  

(Faz-se uma pausa e com voz enérgica esbraveja) 

DIABO: O mundo está  morto em mim (abre os braços de frente para o público). E eu não trabalho sozinho, há milhares de seguidores que nem sabem que trabalham para mim. A minha corte trabalha todos os dias para evitar que estes venham a se salvar, e como é grande minha alegria quando alguém rejeita a tal palavra de Deus e não cede ao apelo de servirem ao tal Cristo.

 

(Diabo se volta para Sara que estava de joelhos, sendo atormentada pelos demônios) 

DIABO: Sara, você  não é menos que nada para mim. Não foi difícil encontrar seu ponto fraco... todos têm seu ponto fraco.... Evidente que se você não quisesse, eu não poderia fazer nada, porque eu, como Ele, não podemos fazer a escolha por você. Foi você (apontando no rosto de Sara) quem me escolheu. (derruba Sara no chão) Tomei conta da sua vida Sara, agora vou tomar conta da sua morte.... (dá uma risada) Venha Sara, venha.... 

(os demônios seguram Sara, e começam a arrastá-la) 

SARA: (Gritando, desesperado) As minhas mãos...... As minhas mãos estão vazias........ Não Senhor, eu não quero morrer. Jesus, Jesus, Jesus...... Não....... Não..... Não (gritando) eu não quero morrer eu não quero padecer na escuridão..... Jesus salve-me......... Jesus....... Salve-me...... 

(Fecham-se as portas, entra a coreografia, dançando Mãos Vazias – Khorus) 

NARRADOR: Disse Jesus em apocalipse: “O tempo está próximo, continue o injusto a praticar injustiça, continue o imundo na imundícia; continue o justo a praticar justiça; e continue o santo a santificar-se. Eis que venho em breve! A minha recompensa está comigo, e eu retribuirei a um de acordo com o que fez. Eu sou o alfa e o ômega, o primeiro e último, o princípio e o fim. Felizes os que lavam as suas vestes, e assim têm direito à árvore da vida e podem entrar na cidade pelas portas.” 

(Música: Autor da Minha Fé

(Depois da música, o apelo) 

(Depois do apelo, as luzes do céu se acendem e Jesus volta à cena

JESUS: Venho em breve. Retenha o que você tem, para que ninguém tome a sua coroa. Farei do vencedor uma coluna no santuário do Meu Deus, e dali ele jamais sairá. 

(os remidos e os anjos entram, vestidos de branco)

JESUS: Depois disso olhei, e diante  de mim estava uma grande multidão que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé, diante do trono e do cordeiro, com vestes brancas e segurando palmas. E clamavam em alta voz:

(todos com Jesus repetem essa frase)

TODOS: “A salvação pertence ao Nosso Deus, que se assenta no trono e ao cordeiro”

Estilos: 
Diversos: